Cultura Música

“Envolver” e “o passo de Anitta”: como a cantora chegou à canção mais ouvida no mundo

Entenda como o uso da coreografia faz a música conquistar uma marca histórica nos streamings.

Lançada em novembro de 2021, a canção “Envolver” da cantora carioca Anitta, começou a viralizar nas redes sociais em torno do Carnaval deste ano. Cantada inteiramente em espanhol, a barreira da linguagem foi quebrada por um fator comum em todo o mundo: a dança.

O videoclipe é uma produção de baixo orçamento e conta com direção da própria cantora, sendo focado inteiramente na coreografia do casal composto pela artista e o modelo marroquino Ayoub, em um salão iluminado por luzes neón. A coreografia foi composta em conjunto pela artista e a coreógrafa norte-americana Aliya Janell Brinson, e foca na sensualidade e química do casal. O momento viral da coreografia é quando Anitta se impulsiona para a frente e apoia o corpo como posição de flexão, com a cintura para o alto, e desce rebolando até o chão.

Após as performances da cantora em shows viralizarem no Twitter, surgiu a urgência dos fãs de levarem a música para a plataforma de vídeos TikTok e reproduzirem sua versão da coreografia. A iniciativa dos brasileiros acabou se espalhando mundo afora.

Internautas espanhóis nomearam parte da coreografia de “el paso de Anitta” (“o passo de Anitta”), e assim, a dança se espalhou como um “challenge”. Diversos vídeos de mulheres aprendendo os movimentos na academia ou pessoas reproduzindo a dança em locais e situações inusitadas começaram a fazer um estrondo no TikTok, influenciando no sucesso digital da canção.

Foram mais de 73 milhões de visualizações no Youtube e 6 milhões de reproduções no Spotify. Na quarta-feira (9), a canção se tornou a 93ª mais reproduzida globalmente no serviço. No sábado (19), entrou no Top 10 na nona posição, com seus principais ouvintes espalhados pela América Latina, Portugal e Espanha, além ser a quinta canção mais ouvida na Bolívia. Hoje (25), a canção é a mais ouvida no mundo, além de se encontrar no Top 50 de todos os países da América Latina na plataforma, quebrando seu próprio recorde e sendo a maior canção brasileira a ter esse feito.

LEIA TAMBÉM: Anitta se consagra como primeira cantora brasileira a se apresentar no VMA

Anitta desenvolveu a coreografia junto da norte-americana Aliya Janell Brinson. (Reprodução: Instagram)

Um dos responsáveis pelo estrondo da música é o carioca David Silva (23), que é fã da cantora há mais de sete anos e possui uma conta no TikTok onde posta vídeos gravados por ele nos shows da artista. Foi seu vídeo, gravado no Ensaio do Bloco da Anitta, em março (1), que inflou o sucesso da música na plataforma. Hoje (24), o vídeo conta com mais 21 milhões de visualizações e 17.6 mil curtidas.

“Sempre fui aos shows dela, e começaram a postar meus vídeos na plataforma, então decidi começar a postar por conta própria. Tinha apenas 20 seguidores e depois do vídeo de “Envolver”, tudo aconteceu.”, relata o fã, que contabiliza 266 mil seguidores.

Para o carioca, o fato do desafio ser um sucesso se divide em dois fatores: Anitta ser uma artista que está sempre em alta e trazendo algo novo, e a sensualidade na coreografia, que chama atenção do público.

O trecho gravado por David foi pivô da trend que dominou o TikTok.

Gabriella Bromold, 20, é bailarina e já participou de clipes virais da MC Rebecca, além de dançar ao lado de Iza e Gabily. Para a dançarina, transformar a coreografia original em uma trend da plataforma foi um passo inteligente e a elevou a um novo patamar.

“Grande parte dos challenges são produzidos por coreógrafos profissionais, e os artistas estão cada vez mais utilizando a dança como estratégia de marketing, por uma demanda do público e pelo fenômeno do TikTok, que inicialmente era uma plataforma de dança.” conta.

Para Gabriella, o ponto que fez com que a dança viralizasse foi o nível de dificuldade. “O que atraiu o público foi o fato do movimento de se jogar e ir até o chão ser de fato um desafio. Grande parte da coreografia são momentos em dupla, e esse é o ponto solo da música, o que favoreceu”, assinala a bailarina.

Ela ainda ressalta o poder da plataforma de alavancar e viralizar canções de anos atrás: “A dança é muito além de apenas a coreografia. Ela eleva a canção em diversos níveis e abre muito mais portas do que abriria caso não fosse acompanhada dos movimentos. Ela quebra as barreiras de língua.”

“Envolver” deve fazer parte da tracklist do próximo álbum de estúdio de Anitta, com lançamento previsto para o próximo mês, quando a cantora será atração no palco principal do Coachella, um dos maiores festivais de música do mundo, sediado em Los Angeles.

Foto de capa: Marco Ovando

João Pedro Agner (2º Período), com revisão de Leonardo Minardi (7º período)

LEIA TAMBÉM: Após ser adiado por conta da pandemia, Lollapalooza retorna ao Brasil em 2022

LEIA TAMBÉM: Britney Spears: entenda como movimento #FreeBritney foi crucial na liberação da tutela da cantora

3 comentários em ““Envolver” e “o passo de Anitta”: como a cantora chegou à canção mais ouvida no mundo

  1. Pingback: Coachella: artistas brasileiros dominam transmissões, entre outros destaques | Agência UVA

  2. Pingback: Ludmilla e Anitta são destaques nos lançamentos musicais da semana | Agência UVA

  3. Pingback: VMA: Anitta e Blackpink fazem história na edição deste ano | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s