Cultura Música

Coachella: artistas brasileiros dominam transmissões e festival segue até domingo (24)

O festival norte-americano teve grandes nomes no line-up, incluindo Anitta e Pabllo Vittar, que foram destaques na imprensa internacional

Após dois anos em pausa devido à pandemia da Covid-19, o festival americano Coachella, um dos principais eventos de música do mundo, retomou as atividades neste final de semana (15 a 17). Situado em Los Angeles, o evento continuará de 22 a 24 de abril, seguindo o mesmo cronograma de apresentações. Com um line-up extenso e mais de 100 atrações ao longo dos três primeiros dias, incluindo grandes nomes da música global, o festival conta com mais de 125 mil ingressos esgotados.

As atrações principais contam com Harry Styles, Billie Eilish, Swedish House Mafia e The Weeknd, além das brasileiras Anitta e Pabllo Vittar
(Foto: Reprodução/Coachella)

Neste primeiro fim de semana, os shows foram transmitidos por completo no YouTube. Para a transmissão, o canal do Coachella na plataforma preparou três canais de vídeo ao vivo que apresentaram o line-up do festival. As transmissões começaram às 20h de cada dia e se estenderam pela madrugada. Já no segundo fim de semana, as transmissões farão parte do Coachella Curated, que será uma transmissão selecionada para apresentar ao público artistas em destaque no mundo todo.

O primeiro dia de festival foi marcado pela presença de Anitta. A cantora carioca tomou controle do palco principal do evento com um show histórico e diversas referências culturais ao Brasil, incluindo bate-bolas no palco e no meio da multidão, e uma favela cenográfica. A apresentação da artista, que teve participação dos rappers Snoop Dogg, Saweetie, e do DJ Diplo, marca a primeira apresentação de uma artista brasileira no festival.

Seu set foi consagrado como o melhor do primeiro dia de Coachella, fazendo o público questionar porque a cantora não foi a apresentação principal. O show de Anitta ofuscou o próprio headliner, Harry Styles, e quase o superou nas transmissões online. De acordo com informações divulgadas pelo próprio festival, a apresentação da cantora foi a segunda mais assistida no YouTube, com 160 mil espectadores ao vivo, atrás apenas de Harry Styles, com 180 mil.

O show da carioca não bombou apenas no canal oficial do festival, sendo um dos assuntos mais comentados no Twitter

Apesar do sucesso, a apresentação de Anitta gerou polêmica nas redes sociais. Seu figurino inicial era colorido nas cores da bandeira brasileira, que tem sido muito atrelada ao governo Bolsonaro. Em sua página oficial, a cantora demonstrou insatisfação com a conexão, dizendo que a bandeira pertence aos brasileiros e não a algum partido político.

A escolha do figurino à brasileira fez com que Anitta viesse a público, eliminando quaisquer conexões políticas

Mas as atrações brasileiras não terminaram ali. No dia seguinte, Pabllo Vittar fez história como a primeira drag queen a se apresentar no festival, além de ser o segundo ato brasileiro no line-up. A cantora tomou conta das transmissões e desviou o foco dos canais principais para seu show, que teve a participação especial de Rina Sawayama. No fim da performance, a cantora foi às lágrimas ao ser ovacionada pelo público.

A apresentação do grupo de hip-hop BROCKHAMPTON no sábado marcou a última performance da banda em conjunto por tempo indeterminado. O comunicado veio através do grupo em postagem no Instagram, onde também cancelaram todos os shows marcados de sua turnê. Mesmo sem uma explicação sobre o hiato, o grupo agradeceu o apoio dos fãs em sua jornada de oito anos. No fim do show, eles anunciaram que seu álbum de encerramento será lançado ainda este ano. Entre os membros do grupo, está o rapper Kevin Abstract.

BROCKHAMPTON se apresentou no palco principal do festival no último sábado
(Foto: Reprodução/Instagram)

Quanto aos headliners, Harry Styles esbanjou carisma na noite de sexta, animando o público com suas principais músicas, incluindo a mais recente “As It Was”. O cantor apresentou ainda duas músicas inéditas que devem fazer parte de seu próximo álbum, “Harry’s House”, com lançamento marcado para 20 de maio. O show contou também com a participação de Shania Twain para cantar seus sucessos “Man! I Feel Like a Woman” e “You’re Still The One”.

Harry cantou desde seus hits solo, como Watermelon Sugar, à sucessos da One Direction, como What Makes You Beautiful
(Foto: Youtube/Coachella)

No sábado, o fenômeno Billie Eilish tomou conta do palco com sua estética sombria, e cantou seus sucessos premiados para uma multidão imersa em seu universo. Com um corpo de dançarinos composto apenas por mulheres e seu irmão Finneas a acompanhando na guitarra, Billie se tornou a headliner mais jovem da história do festival, com apenas 20 anos. Tal posto era ocupado por Ariana Grande, na edição de 2019, quando tinha 25 anos.

O headliner do último dia do fim de semana seria originalmente o rapper norte-americano Kanye West, que desistiu de sua apresentação na semana passada. Segundo a revista Variety, as razões do cancelamento são desconhecidas, mas não são surpreendentes, visto o comportamento que o artista vem exibindo nas redes sociais. Ele tem atacado a ex-esposa Kim Kardashian e seu novo namorado, o comediante Pete Davidson, publicamente, em meio à uma discussão judicial pelo divórcio e guarda dos filhos do casal.

Como alternativa, o festival escalou o multi artista canadense The Weeknd e o trio de DJs suecos Swedish House Mafia. Ambos já colaboraram na faixa “Moth To a Flame”, e na produção do álbum mais recente do cantor, “Dawn FM”. Em sua apresentação, The Weeknd fez uma mudança na letra de “Party Monster” para referenciar Anitta.

The Weeknd apresentou seus sucessos “Blinding Lights” e “Save Your Tears” (Foto: Reprodução/Instagram)

O segundo fim de semana do Coachella contará com as mesmas apresentações que o primeiro, e pode trazer ainda mais surpresas dos artistas em suas apresentações. As transmissões ocorrem no canal do YouTube do festival e se iniciam às 20h de cada dia, continuando durante a madrugada.

Foto de capa: Reprodução Youtube/Coachella

João Pedro Agner (2º período), com revisão de Leonardo Minardi (7º período)

LEIA TAMBÉM: “Envolver” e “o passo de Anitta”: como a cantora chegou à canção mais ouvida no mundo

LEIA TAMBÉM: Vencedoras de RuPaul’s Drag Race retornam para competir em nova temporada

0 comentário em “Coachella: artistas brasileiros dominam transmissões e festival segue até domingo (24)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s