Economia

Bancários da Caixa entram em greve solicitando vacinação

Especialista comenta a greve. Assessoria do banco diz que paralisação não causará prejuízo para programas sociais

Na manhã desta terça-feira, 27 de abril, as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) amanheceram com faixas sinalizando a greve de seus funcionários que protestaram contra as ações do governo na condução do banco estatal. O estado de greve foi determinado na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, mas deverá ser aderido em todo território nacional.

De acordo com o sindicato, as exigências que motivaram a paralisação são as seguintes:

  • A inclusão dos empregados que atuam nas agências – que são consideradas atividade essencial – no grupo prioritário da vacina;
  • O pagamento integral da PLR social (Participação nos Lucros e Resultados);
  • A contratação dos aprovados no concurso de 2014;
  • Contra a privatização e o fatiamento do maior banco público do país.

Nas redes sociais, a entidade também se manifestou divulgando imagens de agências que foram fechadas e levantando a hashtag #BrasilSeguroÉCaixaPública.

Bancários da Caixa mobilizam-se na frente de uma das agências de Piracicaba, em SP. Foto: Divulgação/Sindban Piracicaba

A grande repercussão do assunto nas redes sociais também se deve ao fato de a Caixa Econômica exercer uma considerável função no país, especialmente em tempos de crise, como conta o economista Durval Meirelles, que é Doutor em Ciências Sociais e professor do curso de Administração da Universidade Veiga de Almeida (UVA).

“A Caixa tem um papel social muito importante como, por exemplo, agora na pandemia foi um órgão chave para o auxílio emergencial para comunidades de baixa renda e toda a população que vive da economia informal. Ela é super importante também por sua capilaridade: pode ser encontrada em todas as cidades e regiões do País”, explica

O economista ainda destaca que, por conta desse serviço, o banco deve permanecer sendo estatal.

Como ficará o funcionamento durante a greve
Segundo foi informado pela assessoria de imprensa da Caixa, o número de agências que foram fechadas não causará prejuízo para os programas sociais, como Bolsa Família e Auxílio Emergencial – cujo calendário de saques irá começar na próxima sexta-feira (30).

Além disso, a mobilização respeitará a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que, por meio de uma liminar, determinou que a Caixa mantivesse 60% dos bancários em atividade, de forma remota ou presencial, a partir da zero hora desta terça e durante todo o período da greve.

Portanto, o atendimento à população também seguirá funcionando regularmente.

LEIA TAMBÉM: Urgência de projeto que visa a privatização dos Correios é aprovada pela Câmara
LEIA TAMBÉM: Banco Central autoriza pagamento pelo WhatsApp
LEIA TAMBÉM: Auxílio Emergencial: especialista e populares a favor do benefício
LEIA TAMBÉM: Auxílios negados e redução do benefício impactam a população

Lucas Pires – 7º período

2 comentários em “Bancários da Caixa entram em greve solicitando vacinação

  1. Pingback: Casos recentes de violência contra crianças reascendem alerta na população | Agência UVA

  2. Pingback: Covid-19: Prefeitura do Rio divulga novo calendário de vacinação e cariocas dividem opiniões | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s