Esporte

Jogo de futebol termina com 174 pessoas mortas na Indonésia

Após a partida, torcedores invadiram o campo e deram início a um tumulto generalizado

Ao menos 174 pessoas morreram após o jogo entre Arema FC e Persebaya Surayaba acabar em confusão na cidade de Malang, na Indonésia. Válida pela primeira divisão da liga no país, a partida aconteceu no sábado (1) e terminou em tragédia após torcedores invadirem o campo ao final do duelo. 

Irritados com a derrota do time no clássico, a torcida do Arema esperou somente o apito final do juiz para começar seu protesto. Já dentro do gramado, os torcedores se dirigiram até os jogadores e funcionários do clube a fim de contestar a atuação da equipe durante a partida. Visando conter os ânimos do público, as forças policiais usaram gás lacrimogêneo para tentar convencer as pessoas a voltaram às arquibancadas. O ato levou a multidão a correr desnorteada.

Sem conseguir respirar corretamente devido ao gás, dezenas de pessoas desmaiaram e acabaram sendo mortas pisoteadas. A torcida ainda cometeu diversos atos de vandalismo dentro e fora do estádio Kanjuruhan. De acordo com as informações das autoridades locais, até o momento foram confirmadas 174 mortes (sendo dois policiais), além de mais de 300 feridos.

Depois da tragédia, a liga nacional decidiu suspender os jogos da competição por uma semana. A Associação de Futebol do país afirmou que irá instaurar uma investigação sobre o que aconteceu na partida.

Dentre os jogadores presentes no clássico indonésio, quatro eram brasileiros: o goleiro Maringá, do Arema, e os atletas Higor Vidal, Léo Lelis e Sílvio Júnior, do Persebaya.

Em comunicado oficial, o presidente do Arema FC, Gilang Widya Pramana, pediu desculpas às famílias das vítimas e prometeu que a diretoria irá estabelecer um posto de informações para receber relatórios a respeito das pessoas hospitalizadas e, assim, ajudar no tratamento daquelas que estejam doentes.

“Como presidente do Arema FC, peço desculpas a todos os moradores de Malang que foram afetados por este incidente. Estou muito preocupado e condeno veementemente os distúrbios no estádio Kanjuruhan que resultaram em mais de cem mortes”, disse Pranama.

Devido aos números de mortes e feridos, o ocorrido em Malang entra para história como um dos episódios mais tristes do mundo do futebol.

Foto de Capa: Reprodução/Pixabay

Reportagem Anne Rocha, com edição de texto de Victoria Muzi

LEIA TAMBÉM: Roger Federer dá adeus às quadras após carreira brilhante

LEIA TAMBÉM: Copa do Catar: saiba onde assistir aos jogos

4 comentários em “Jogo de futebol termina com 174 pessoas mortas na Indonésia

  1. Pingback: Ex-técnico de ginástica é condenado a 109 anos de prisão por abuso sexual | Agência UVA

  2. Pingback: NBA: pré-temporada movimenta a liga | Agência UVA

  3. Pingback: Entenda os boicotes de Dinamarca e França à copa do mundo | Agência UVA

  4. Pingback: Violência no esporte: casos de agressão têm acontecido frequentemente | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s