Cidade Saúde

Praias do Rio voltam a registrar aglomerações

Um grande volume de banhistas ocupou as faixas de areia das praias, apesar das recomendações contrárias.

Algo que vem ocorrendo com bastante frequência no período da pandemia são os casos de pessoas desrespeitando as recomendações de isolamento social e se amontoando em locais onde a estadia é proibida, estando sujeitos a multa. Inclusive, pelo prolongamento do fim de semana com o feriado da Proclamação da República, o que houve foi um grande amontoado de pessoas nas praias e bares, sem o uso de máscaras e descumprindo as regras de distanciamento – fatores cruciais para evitar a propagação do vírus.

Durante o feriadão, normas de combate ao coronavírus não foram cumpridas. (Foto: Tania Rêgo / Agência Brasil)

Os avisos e ações tomadas pelos governantes para evitar que o vírus se prolifere em grande escala não foram suficientes para que uma parte da população se conscientizasse e evitassem ir em grande volume nas praias, bares e até pontos turísticos.

“Falta de educação sanitária. Deveriam os meios de comunicação de massa se empenharem em fornecer ao público as informações que demonstram quão errôneo é este comportamento, mostrando com fatos da vida real as consequências”, afirma o especialista clínico Ebenézer Soares Ferreira Jr.

O médico clinico ainda diz que esse tipo de atitude pode resultar em um aumento dos casos no período de 7 a 14 dias. E que o sistema de aplicação de multas não é eficiente, pois acaba gerando revolta e é facilmente utilizado para se acusar de forma arbitrária as autoridades que as impõem. Além de achar impraticável, já que seria difícil multar a todos. Dessa maneira, seria injusto, pois apenas alguns seriam penalizados. “A maior penalização já existe, que é a morte ou grave adoecimento”, conclui.

Esses casos só tendem a aumentar cada vez mais, devido às normas de prevenção ao vírus Covid-19 estarem sendo descumpridas. O melhor a se fazer agora é esperar as autoridades e especialistas tomarem partido e a população fazer a sua parte no combate ao Coronavírus.

LEIA TAMBÉM:

https://agenciauva.net/2020/09/03/acoes-sociais-que-fazem-a-diferenca-durante-pandemia-de-coronavirus/

https://agenciauva.net/2020/09/10/situacao-da-vacina-de-oxford-e-acompanhada-pelo-governo-e-por-populares/

Rafael Barreto – 8º período

3 comentários em “Praias do Rio voltam a registrar aglomerações

  1. Pingback: Com atividades liberadas, academias voltam a se recuperar financeiramente | Agência UVA

  2. Pingback: A Libertadores está de volta após ficar 6 meses sem jogos | Agência UVA

  3. Pingback: Flamengo: sete jogadores são afastados após testar positivo para o Covid-19 | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s