Esporte

Flamengo: sete jogadores são afastados após testar positivo para o Covid-19

Equipe rubro-negra não vai contar com nomes importantes para partida da próxima terça-feira

Após a derrota apática para o Independiente del Valle na última quinta-feira (17), sete jogadores do Flamengo foram diagnosticados com Covid-19 e devem ficar afastados das próximas partidas da equipe por tempo indeterminado. De acordo com o clube, Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego Ribas, Bruno Henrique, Michael e Vitinho estão assintomáticos e em isolamento na concentração. Desfalques no elenco são motivos de preocupações da comissão técnica para o próximo jogo decisivo da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil, nesta terça-feira (22).

Quem acredita que o flamengo agiu bem ao isolar e monitorar os jogadores diagnosticados com o vírus é Rosilea Rosa, de 41 anos. A enfermeira, no entanto, aponta que as consequências podem ser de uma possível contaminação em massa, dada a aglomeração que já ocorreu e por se tratar de um esporte que requer contato físico.

Ela ainda afirma que o esporte não deveria ter voltado e que um clube de grande estrutura esportiva que é o flamengo, deveria estar preparado para uma situação como essa. “Não acho que o cancelamento da partida seja a melhor opção, somente após uma avaliação médica e que se avalie o risco e o custo para os profissionais tanto do time brasileiro quanto do time adversário”, diz a enfermeira.

Por outro lado, a profissional da área de Saúde, Juliana de Oliveira, afirma que seria melhor adiar a partida, para isolar as pessoas que tiveram contato com os jogadores que positivaram para o vírus. A jovem de 25 anos, acredita que os jogadores podem ter contaminado outras pessoas e mesmo que não haja nenhuma manifestação clínica grave ou branda, é algo preocupante. “É possível detectar o vírus ativo pelo exame do PCR, geralmente por 15 dias, então é provável que outras pessoas possam ter sido contaminadas. É um esporte muito difícil de evitar o contato e durante as partidas os jogadores não usam máscaras, fazendo com que atletas de outras equipes possam ser contaminados”, declara Juliana.

Apesar da atuação apática na última partida, a altitude do Equador não foi o único motivo para o fraco desempenho dos atletas rubro-negros. Cinco dos sete jogadores diagnosticados com o vírus estiveram em campo e mostraram um baixo rendimento físico.

A professora de educação física, Marcela Fernandes, de 37 anos, afirma que os sintomas do coronavírus afetam a performance dos atletas em campo. “O vírus diminui a oxigenação nos pulmões, e com isso as valências físicas desses jogadores ficam diretamente comprometidas”, diz Marcela.

O camisa dez do Flamengo, Diego Ribas, fez um pronunciamento em seu canal no youtube para comentar que sente dores na garganta e no corpo, mas que está bem na medida do possível. O meia também diz que é necessário encontrar uma solução para seguir em frente nos momentos difíceis como esse. “É uma situação bem desagradável. O mais difícil com certeza é ter que ficar nos bastidores num momento tão importante”, diz Diego.

VEJA MAIS: Instituições debatem sobre a volta das torcidas aos estádios

Momento decisivo para o técnico espanhol

Depois da derrota por 5×0 para o Independiente del Valle, o técnico Domènec Torrent entra pressionado para a partida da próxima terça-feira (22) contra o Barcelona de Guayaquil. Em apenas onze jogos como técnico rubro-negro, Dome perdeu quatro vezes, o mesmo número que Jorge Jesus teve na sua passagem pelo Flamengo, em um total de 57 partidas.

Além dos atletas diagnosticados com coronavírus, o Flamengo tem as baixas de Gabriel Barbosa, Diego Alves e Pedro Rocha para esta partida por conta de lesões. O zagueiro Gustavo Henrique, expulso no último jogo, também é desfalque.

Com diversas lacunas na equipe, o técnico Domènec precisou convocar atletas da base para completar o elenco do Flamengo, no Equador. Além do zagueiro Natan e os atacantes Guilherme Bala e Rodrigo Muniz, o lateral João Lucas também foi chamado para a partida.

O técnico Domènec está pressionado no Flamengo
(Foto: Alexandre Vital/Flamengo)

Com uma chegada de grande repercussão e status por ter sido auxiliar técnico de Pep Guardiola, o Catalão Dome ainda não mostrou toda a capacidade que foi posta sobre ele. Entre rodízios de jogadores e diferentes formações táticas, Domènec Torrent terá a missão de comprovar a sua vinda para o Flamengo, mais uma vez, com um bom futebol em campo contra o Barcelona pela quarta rodada da Libertadores da América.

VEJA MAIS: Praias do Rio voltam a registrar aglomerações

João Henrique Reis – 4° período

0 comentário em “Flamengo: sete jogadores são afastados após testar positivo para o Covid-19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s