Saúde

Insônia: especialistas dão dicas para melhorar a qualidade do sono

Em tempos de pandemia, ter uma boa noite de sono e relaxar a mente parece ser uma tarefa impossível. Assim como se adaptar a um isolamento social e construir uma nova rotina pode ser tão exaustivo quanto o dia a dia fora de casa. Devido à situação que hoje a população enfrenta, a luta para vencer o cansaço e finalmente dormir tranquilamente tem sido a realidade de boa parte dos cariocas.

Segundo dados da IQVIA, consultoria americana especializada no setor farmacêutico e saúde, a venda de ansiolíticos teve uma alta de 15% no Rio de Janeiro durante o mês de maio. Mas apesar do aumento no uso dessas medicações, existem outras formas para melhorar a qualidade do sono. 

É o que diz Beta Gamboa (49), Medical Coach, especialista no desenvolvimento de resiliência física, mental e emocional diante de desafios com a saúde, estresses, luto e fases de transição. Ela explica que uma das formas de prevenir a insônia é encontrar maneiras de liberar a tensão, o estresse, o medo, a tristeza, a ansiedade e outras emoções desarmônicas e pensamentos invasivos armazenados no corpo. Para isso, a Medical Coach tem conduzido meditações e usado uma técnica chamada tapping meditation, que utiliza “toquinhos gentis” em pontos do rosto e corpo associado à falas ou mentalizações.

“Essa técnica libera pensamentos e emoções presas no nosso corpo. O princípio do Tapping é reconhecer primeiro o incômodo ou o problema para depois liberá-lo”, diz a Medical Coach.

Ela reflete sobre como o ser humano, de repente, passou a viver todas as áreas da sua vida dentro de casa, seja convivendo com a família, dividindo espaços ou em total isolamento e comenta como essa “prisão” pode ser estressante e desencadear uma série de incômodos.

Beta Gamboa é Medical Coach e recomenda uma meditação chamada Tapping para a insônia. Foto: Reprodução Redes Sociais

“Estamos todos fora da nossa zona de conforto. Esses incômodos contribuem para um sono intranquilo. É importante manter relações afetivas com quem ama, mesmo que pelo aplicativo Zoom. O amor e o afeto são curativos”, diz.

Diante de situações como essas em que o isolamento social, as incertezas, as dúvidas e os questionamentos imperam, pode-se perceber que estes são os fatores que mais interferem na qualidade do sono. Além disso, a mudança de rotina também influencia no modo de vivenciar os períodos diurnos nesse novo cotidiano, é o que diz a psicóloga Gabriele Marculino (30).

Ela comenta também que neste momento a propagação de informações e notícias têm sido constante e, portanto, recebê-las a todo momento sem fazer um filtro pode contribuir para diversas alterações no equilíbrio do organismo e consequentemente na qualidade do sono. “É na hora de dormir que as informações absorvidas durante o dia são organizadas”, explica.  

Mas para melhorar a qualidade do sono durante a noite, a psicóloga destaca que  estabelecer uma rotina é fundamental e dessa forma será possível determinar os horários de dormir e acordar. “Levantar e perceber o que precisa de organização  transmite um comando para mente de que o dia está começando. É durante o dia que as coisas podem ser realizadas, ao invés da noite”.

Gabriele Marculino enumera algumas dicas para evitar a insônia durante o isolamento social:

1- Organizar um ambiente para dormir que seja tranquilo e sem estímulos. 

2- Usar o ambiente do quarto, ou mais especificamente, a cama, apenas para o momento de sono ou descanso, pois é um importante que fique estabelecido que aquele espaço é reservado para esses momentos.

3- Evitar longos horários de sono ao decorrer do dia.

4- Ficar atento com o uso de aparelho celular e aparelhos eletrônicos no horário da noite é fundamental, pois a luz que esses aparelhos transmitem e a quantidade de informações recebidas podem ser estimulantes.

LEIA TAMBÉM: Meditação é boa estratégia para enfrentar o isolamento social
LEIA TAMBÉM: Coronavírus: supermercado adota regras de prevenção ao contágio

Nathalia Caroline, 6º período

6 comentários em “Insônia: especialistas dão dicas para melhorar a qualidade do sono

  1. Pingback: Volta aos treinos na Gávea é uma atitude correta? Veja comentários de torcedores | Agência UVA

  2. Pingback: Cariocas descobrem novas formas de celebrar virtualmente durante a pandemia | Agência UVA

  3. Pingback: Brasil registra 645.771 casos de coronavírus | Agência UVA

  4. Pingback: Após polêmicas, Ministério da Saúde volta a atualizar dados do Covid-19 | Agência UVA

  5. Pingback: Jogos do Playstation 5 serão revelados nesta quinta durante transmissão online | Agência UVA

  6. Pingback: Isolamento social: veja como retomada das atividades pode aumentar a propagação do Covid-19 | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s