Entretenimento Geral

Coronavírus: com transmissões ao vivo, artistas oferecem shows gratuitos para fãs

Por meio de "lives", cantores e bandas levam música ao público durante quarentena

Devido ao isolamento social para contenção do vírus Covid-19, torna-se cada vez mais difícil encontrar meios para relaxar e se divertir dentro de casa, principalmente, para os que não possuem muito espaço. Pensando nisso e também em uma forma de serem úteis neste momento, artistas começaram a fazer lives cantando para seus seguidores. O que ninguém imaginava é que se tornaria uma febre e alcançaria tamanha visibilidade. 

A ideia surgiu com alguns famosos globais fazendo transmissões sozinhos de suas casas, pedindo doações e a colaboração da população, tudo bem simples. Em pouco tempo virou “febre” entre os famosos e muitos passaram a dedicar um pouco de seu tempo para alegrar os fãs na quarentena. 

Contudo, alguns artistas ressignificaram a ideia da live e fugiram do propósito que era manter todos isolados. Gusttavo Lima foi o primeiro cantor a descumprir as medidas sugeridas. Devido à grande produção que a live demandou, foi necessário que a equipe se reunisse na casa do artista para organizá-la.

live “Buteco em Casa”, que aconteceu no dia 28 de março, reuniu mais de 700 mil espectadores simultâneos no YouTube e 160 mil no Instagram. Foram cinco horas em que o artista cantou, conversou com o público, pediu doações e fez propagandas. A próxima já tem data marcada: dia 11 de abril.  

Gusttavo Lima interage com o público durante 5 horas em transmissão ao vivo.(Foto: Reprodução/Youtube)

O número altíssimo de espectadores foi impressionante. Com a transmissão via YouTube, Gusttavo Lima foi o primeiro brasileiro a bater o recorde mundial de acessos simultâneos na fase de quarentena. Ele arrecadou mais de R$ 100 mil e toneladas de suprimentos para entidades de caridade.

Outros famosos entraram na onda 

Após o sucesso da live do Gusttavo Lima, outros cantores optaram pelo mesmo modelo. Jorge e Mateus fizeram a maior live de música e somaram 3 milhões de espectadores simultâneos durante a transmissão, mas também reuniram uma equipe numerosa na organização. De acordo com a assessoria da dupla, 18 pessoas foram envolvidas. Mais uma vez, em imagens dos bastidores, havia garçons e equipe técnica. Durante o vídeo, Jorge disse que a equipe era a mínima necessária, mas ainda assim havia acúmulo de pessoas.  

Live de Jorge e Mateus reúne cerca de 3 milhões de espectadores.
(Foto: Reprodução/Youtube)

Um diferencial na live da dupla foram os intervalos em que entravam mensagens do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nas quais pedia para que as pessoas não se aglomerassem para assistir seus ídolos.  

“É importante que a música chegue, mas que a gente não aglutine, que a gente não coloque as pessoas no mesmo lugar. Os show são feitos de casa. O show não pode parar, mas a aglutinação tem que parar. A gente precisa agora proteger um ao outro e o sistema de saúde se preparar para, no momento certo, a gente poder se abraçar”, disse o Ministro.

Uma forma segura e divertida de curtir as lives é fazer como esse grupo de amigas que entraram em uma vídeo chamada enquanto cada uma assistia de sua casa. Completamente fãs da dupla e muito próximas, elas disseram que foi a forma que encontraram de matar um pouco da saudade de saírem juntas.

Heloísa Schmidt e Bruna Rocha, ambas na lateral direita (foto abaixo), são amigas há anos e já foram à três shows da dupla juntas. Inclusive tinham um show marcado para o próximo mês, que foi cancelado por causa do isolamento. “Eu amo sertanejo e essa ainda é a minha dupla preferida. Quando soube que teria live, mobilizei todas as minhas amigas para assistirem comigo. Foi super divertido”, afirma Heloísa.

“Somos muito fãs! Esse foi o melhor momento da quarentena até agora, conta Heloísa.

Já Bruna, teve uma reação um pouco diferente: “Claro que foi legal, mas fiquei muito nostálgica e triste por tudo que estamos vivendo. Sinto uma falta imensa das minhas amigas, somos muito próximas, nos encontramos quase todos os fins de semana. Sem dúvidas está sendo um dos momentos mais difíceis da minha vida. Espero que passe logo”, desabafa.

Neste momento, é importante que a população encontre meios de diversão e distração, mas sempre prezando pela saúde. A recomendação é para que as pessoas não se unam para assistir, façam como as amigas e se reúnam virtualmente. No momento, a preocupação com a sociedade precisa ser maior que o entretenimento. 

Acompanhe as próximas lives 

  • Quarta-feira (08/04), 20h – Marília Mendonça 
  • Quinta-feira (09/04), 20h – Péricles 
  • Quinta-feira (09/04), 21h – Bruno & Marrone 
  • Sábado (11/04), horário não confirmado – Gusttavo Lima 
  • Domingo (12/04), 18h – Zé Neto e Cristiano 
  • Sábado (18/04), 20h – Wesley Safadão 
  • Domingo (19/04), 18h – Henrique e Juliano 
  • Domingo (26/04), 18h – Luan Santana 

LEIA TAMBÉM: Com teatros temporariamente fechados, rede social vira palco para artistas

LEIA TAMBÉM: Coronavírus: psicóloga dá dicas de como lidar com home office e solidão na quarentena

Marina Figorelli – 7º Período

1 comentário em “Coronavírus: com transmissões ao vivo, artistas oferecem shows gratuitos para fãs

  1. Pingback: Arte e cultura se reinventam durante o isolamento | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s