Bolsonaro suspende radares em rodovias federais

O presidente Jair Bolsonaro decretou a suspensão do uso de radares de fiscalização de velocidade em rodovias federais. A ordem foi publicada no “Diário Oficial da União”, nesta quinta-feira (15), e encaminhada ao Ministério da Justiça, responsável pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A suspensão se aplica aos seguintes tipos de radares: Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte; Móvel: instalado em veículo em movimento; Portátil: direcionado manualmente para os veículos.

Leia também: https://agenciauva.net/2019/06/14/bolsonaro-demite-general-santos-cruz-da-secretaria-de-governo/

Bolsonaro cumprimenta cidadãos e fala à imprensa no Alvorada, na manhã desta quinta-feira (15). (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A decisão presidencial não especifica quando a medida deve entrar em vigor, mas Bolsonaro disse na manhã desta quinta-feira que a suspensão passa a valer a partir de segunda-feira (19).

O advogado, ex assessor jurídico do Detran RJ e professor de Direito Penal da UVA, Marcelo Nogueira, de 48 anos, acredita que a medida seja um retrocesso absoluto. “A fiscalização e eventual punição são essenciais para educar e mudar o comportamento do motorista infrator”, afirma Marcelo.

Segundo ele ainda, as multas promovem um importante trabalho de conscientização e mudança. “Quando dói no bolso , as pessoas entendem o recado”, acrescenta o professor.

Trânsito congestionado em Rodovia em SP. (Foto: Agência Brasil)

O Ministério da Infraestrutura, que será o responsável pela revisão das normas, afirmou em nota que não há prazo definido para que a reavaliação do uso de radares seja realizada e eles voltem a ser utilizados. A PRF, por sua vez, ainda não se manisfestou sobre o caso.

Na segunda-feira, Bolsonaro havia afirmado que pretendia acabar com os radares móveis no país já na semana que vem, e que era “só determinar à Polícia Rodoviária Federal que não use mais”. O presidente, no entanto, afirmou que poderia voltar atrás se alguém “provar que esse trabalho é bom”.

Leia Também: https://agenciauva.net/2019/05/10/ministra-rosa-weber-da-cinco-dias-para-bolsonaro-explicar-decreto-sobre-as-armas/

Radar móvel utilizado pela Polícia Rodoviária Federal (Foto: Divulgação/PRF Tocantins)

Matheus Marques – 8° período

Casa da Comunicação da UVA abre cursos de extensão na área

A Casa da Comunicação da Universidade Veiga de Almeida (UVA) preparou para o início desse semestre um portfólio com diversos cursos de extensão na área da comunicação. Contando com a presença de renomados profissionais do Jornalismo e da Publicidade, os cursos também serão abertos a alunos de outras instituições.

Comunicação Corporativa 4.0 é um dos cursos de extensão abertos neste período. (Foto: Divulgação)

As escolhas dos cursos oferecidos foram feitas pelo corpo docente da universidade, pensando nas necessidades dos alunos e em como os diferentes conteúdos poderiam agregar conhecimento aos estudantes. A professora, e uma das idealizadoras desse projeto, Cecília Seabra, conta como se deu esse processo: ”A gente optou por trazer profissionais de destaque nas suas áreas de atuação, para poder trazer exatamente o dia dia deles, e enriquecer a visão que o aluno já tem em sala”.

A área de comunicação está em constante mudança. Diante disso, a professora ressalta a importância que esse tipo de especialização tem no mercado de trabalho e garante que estudar e se atualizar profissionalmente são uma necessidade constante, principalmente, no contexto da comunicação, que se transforma o tempo todo.

Com carga horária de 10 horas por curso e aulas aos sábados, as primeiras turmas do projeto terão o início de suas atividades no dia 10 de agosto. De acordo com a professora Cecília, a Casa da Comunicação da Veiga de Almeida espera criar a cultura da oferta de cursos de atualização profissional e complementação de formação, oferecendo cada vez mais essas experiências para o aluno.

Lista de cursos oferecidos:

●    Produção Cultural, com Cláudia Val, Mestre em Desenvolvimento Local – 17/08/2019

●     Lei de Acesso à Informação e Jornalismo Investigativo, com Carolina Heringer, repórter do Jornal Extra – Aguardando confirmação da data.

●    Comunicação Corporativa 4.0, com Renata Busch Pontes, Jornalista e Especialista em Comunicação Corporativa – 24/08/2019           

●    Como fazer um Podcast, com Júlio Lubianco, Mestre em Jornalismo, ex-CBN e mentor do BRIO – 14/09/2019

●    Locução e Apresentação, com Nayara Alves, radialista e locutora da rádio Antena 1 – 14/09/2019

●    Estética Vocal para Comunicação, com João Lopes, Doutor em Fonoaudiologia e professor da Universidade Veiga de Almeida e da Faculdade CAL de Artes Cênicas – 28/09/2019

●    Como Proteger sua Ideia – Marcas, Produtos e Campanhas, com Paulo César Ramos, Mestre em Desenvolvimento Local – 28/09/2019 

●    Cobertura Jornalística de Cidade – Educação e Saúde, com Bruno Alfano, repórter do jornal Extra – Aguardando confirmação da data 

●    Marketing Pessoal, com Fabíola Palo, Mestre em Marketing e Gestão Empresarial – 30/11/2019

  • Desvendando conteúdos relevantes, com Aline Ponzi, sócia fundadora e CCO da Agência Wink Mídia – 16/09/2019

Felipe Pereira – 8ºPeríodo

Bandai Namco anuncia lançamento de estúdio para desenvolvimento de jogos mobile

A Bandai Namco Entertainment anunciou que irá abrir um estúdio direcionado para o desenvolvimento de jogos mobile. O estúdio, chamado de Bandai Namco Mobile, será estabelecido em Barcelona, na Espanha, com o objetivo de criar, desenvolver e distribuir jogos para dispositivos móveis para mercados além do asiático.

O Diretor de Operações da Bandai, Tatsuya Kubota, comentou sobre a nova empreitada da companhia: “A escolha de se estabelecer em Barcelona não foi difícil. A cidade não é apenas uma das mais bonitas no mundo, mas também é um pólo para desenvolvimento de videogames internacionais e lar para o melhor talento que a indústria mobile pode oferecer.”

A Bandai Namco é uma desenvolvedora japonesa fundada em 2006. (Foto: Bandai Namco/Divulgação)

Dentre as propriedades intelectuais de posse da Bandai Namco estão títulos como: Naruto, One Piece e Dragon Ball. A expectativa é que essas marcas ganhem jogos pelo estúdio, que deve ser inaugurado em 2020, após importantes contratações.

Breno Silva – 7° período

ENEM será totalmente digital a partir de 2026

Ministério da Educação anuncia que mudança total só vai ocorrer em 2026, mas que, a partir de 2020, uma parcela dos inscritos já fará a prova em computadores

Na última quarta-feira (3) o Ministério da Educação comunicou uma modificação gradual na forma de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Segundo o governo, um dos objetivos da alteração é possibilitar que mais alunos consigam se inscrever, disponibilizando mais provas ao longo ano.

Pronunciamento oficial do Ministério da Educação sobre o ENEM digital (Vídeo: reprodução/Facebook)

Os primeiros a testarem o novo modelo serão 50 mil candidatos de 15 capitais, o que representa 1% do total de inscritos. Apesar de a prova ser feita no computador, ela vai continuar sendo presencial e o candidato precisará ir até o local designado.

Para o estudante Lucas Cabral, 19, que pretende cursar Educação Física, não faz tanta diferença se a prova é no papel ou no computador, já que as questões são múltipla escolha. Mas, com relação à redação, não parece ser tão vantajoso assim. “Eu acho que não daria certo por causa da redação. Quando eu escrevo à mão, eu exercito mais do que pelo computador”, conta.

O governo acredita nos benefícios do ENEM em formato digital. Será possível reduzir o custo na logística da prova e disponibilizá-la em mais regiões. Além disso, poderão ser utilizados vídeos, gráficos e animações na apresentação das questões, tornando-as mais interativas.

Por outro lado, a implantação do modelo apresenta alguns desafios. Será preciso, por exemplo, garantir que os computadores cheguem às regiões mais isoladas e que alunos sem acesso à informatização não sejam prejudicados.

A estudante Sara Fariña, 19, que decide sobre o vestibular para medicina ou biomedicina, acredita que o formato digital vai diminuir o custo da prova e, por isso, vai ajudar muitos alunos que não têm condições de pagar para se inscrever no exame. Habituada a utilizar o computador, Sarah garante que não teria dificuldades para realizar a prova toda no formato digital.

Vale lembrar que as mudanças começam a acontecer a partir de 2020 e que, portanto, as novas regras não impactam o exame de 2019, que será feito integralmente em papel.


Thatiana Cordeiro – 6º período

Dia de emoção: Casa Ronald McDonald promove evento para comemorar seus 25 anos

Evento reuniu representantes da Instituição e influenciadores digitais em diversas palestras ao longo do dia

Na quarta-feira (26), o Centro de Convenções SulAmérica foi palco da comemoração dos 25 anos da Casa Ronald. O dia contou com a presença dos fundadores da Casa no Rio de Janeiro, Francisco Neves e Sônia Neves, além dos influenciadores digitais Peter, do Canal Ei Nerd; Leo Stronda e Papito, do BBB. Cosplays e o cão surfista Bono foram outras atrações.

 

Evento

Abertura do evento (Foto: Thatiana Cordeiro/Agência UVA)

O superintendente do Instituto Casa Ronald, Francisco Neves, e a presidente voluntária da Casa, Sônia Neves, têm motivos de sobra para comemorar. O trabalho, que começou em 24 de outubro de 1994, com a difícil história desse casal, atingiu um patamar que nem eles imaginavam. Segundo dados do próprio Instituto, a Casa é a primeira da América Latina e já recebeu mais de 3 mil crianças portadoras de câncer.

Casal

Sônia e Francisco Neves, o casal que começou a Casa Ronald há 25 anos. Foto (Thatiana Cordeiro/Agência UVA)

A história do casal é tão bonita quanto difícil. Quem não conhece a trajetória deles nem imagina que já sentiram na pele a dor de cada família que chega à Casa Ronald. Sônia e Francisco lutaram, mas perderam um filho ainda criança na guerra contra o câncer. “Eu precisava dividir o amor que transbordava em mim”, conta emocionada. Eles são a prova de que é possível recomeçar.

Chamada de “A Casa que o amor construiu”, a Instituição vem cumprindo a missão de “dar atenção integral às crianças e adolescentes portadores de câncer e às suas famílias”. Atualmente, 57 hóspedes são atendidos por meio de hospedagem, alimentação, transporte para os hospitais e atendimento psicológico, por exemplo.

Além da Instituição, muitas outras famílias também têm motivos para festejar, e uma delas é a do Eduardo Passos, o Dudu, que conheceu a Casa em um momento delicado da sua vida, quando lutava contra o câncer. Com medo do futuro e sem ter onde ficar no Rio de Janeiro, onde passavam férias, a mãe, Erika Passos, e seu filho, foram acolhidos pela Casa e hoje comemoram a vitória no tratamento.

“Onde eu vou, eu falo da Casa Ronald e digo para todo mundo que o câncer tem cura”, conta a mãe.

Mãe e filho
Mãe e filho foram hóspedes da Casa Ronald (Foto: Thatiana Cordeiro/Agência UVA)

O local não acolhe apenas crianças e adolescentes. Erika passou vários meses com o filho e admite que, sem o apoio que recebeu lá dentro, teria sido muito mais difícil. Além do acompanhamento psicológico, podia fazer as unhas e ir ao cabeleireiro, e garante que estar bonita era uma forma de mostrar ao filho que tudo ia dar certo.

“Quando estamos desarrumadas e acabadas, nossos filhos também acham que está tudo acabado”, afirma Erika.

A Casa Ronald, que tem como objetivo ser “uma casa longe de casa”, definitivamente, não é um lugar triste. Apesar de receber histórias difíceis, de famílias sem esperança e de crianças com medo de morrer, de maneira surpreendente, a Casa respira vida. O voluntário e mediador da cerimônia, Maiko Castro, fala com convicção sobre isso: “eu vejo pequenos milagres todos os dias. Quando eu entro na Casa, eu só penso em viver”.

Francisco e Sônia têm uma história de vitória. “Nós perdemos um filho, mas ganhamos muitos outros, e damos a eles o que gostaríamos de dar aos nossos filhos”, conta Sônia. Agora, Francisco, mais conhecido como Chico, só tem uma pergunta: “Quanto vale a vida de alguém que você não conhece”?

Depois de descobrir a história da Casa Ronald, não restam dúvidas: ela foi realmente construída pelo amor.

 


Gabriel Murillo – 7° período

Thatiana Cordeiro – 6º período

Fotógrafa denuncia crise migratória na fronteira entre México e Estados Unidos

A imagem registrada na última segunda-feira (24) por Julia Le Duc revela o dia a dia de muitas famílias que tentam atravessar a fronteira

A fotógrafa Julia Le Duc registrou pai e filha mortos durante travessia no Rio Grande, entre os Estados Unidos e o México. Óscar Ramírez, sua esposa, Tânia Valdés Ávalos, e a filha, Angie Valeria, aguardavam há mais de dois meses na fila para pedir liberação para entrar no Estado americano.

A busca por uma vida melhor não teve o fim esperado. Vencidos pelo cansaço de aguardar sem previsão, pai e filha atravessaram o rio. Enquanto ele voltava para buscar a mãe da criança, a menina de um ano e onze meses teria pulado de volta na água. Ao tentar salvar a filha, os dois foram arrastados pela correnteza e morreram afogados.

A natureza costuma surpreender. De acordo com o mestre em Geografia Vitor Moura, o Rio Grande, também conhecido como Río Bravo del Norte, não é um local seguro para ser atravessado. Apesar disso, ele é constantemente utilizado pelos imigrantes.

Ele é um corpo hídrico profundo, que passa por um grande desfiladeiro. Além disso, os fluxos dos rios variam muito durante o ano, em virtude da estação, seca ou chuvosa. Essa configuração faz com que as águas se movimentem bastante e tornem a travessia perigosa”, afirma.

Pai e filha encontrados mortos e abraçados  (Foto: reprodução/Twitter)

Além do estado caótico dos acampamentos de migrantes, o endurecimento das normas para conseguir asilo nos Estados Unidos vem aumentando a crise migratória na região. Diante da burocracia e da demora, muitas famílias se arriscam todos os dias e tentam atravessar a fronteira de formas perigosas, o que ainda parece ser mais seguro do que continuar em seus países de origem.

“Há muitas famílias que ficam desesperadas, sob calor extremo, famintas, sedentas, que continuam dormindo a céu aberto, em condições desumanas; não são criminosos, são migrantes em trânsito”, conta Le Duc.

A presença de crianças é frequente durante as travessias rumo aos Estados Unidos (Foto: reprodução/Twitter)

Para a mestranda em Relações Internacionais Beatriz Pontes, o endurecimento da política migratória do governo Trump impactou muito pouco no desejo dos imigrantes de buscar por melhores condições de vida. Ou seja, na prática, as pessoas continuam tentando entrar nos Estados Unidos de várias formas.

Em um contexto de fome, de falta de assistência básica e de ausência de dignidade humana de forma geral, tanto faz a rigidez da política. Para quem já sofre no próprio país, tentar a sorte na travessia para chegar aos Estados Unidos não tem tanta diferença”, explica.

A foto que chocou o mundo retrata a tentativa desesperada de ter uma vida melhor e mais segura. Quando se expor ao perigo parece ser a única a chance de salvação para uma pessoa, algo precisa mudar.


Thatiana Cordeiro – 5º período

Dirigir e falar ao telefone pode ser uma combinação perigosa

Uso do celular no trânsito aumenta em 400% a chance de acidentes, diz pesquisa do Departamento Nacional de Trânsito

Acidentes de trânsito são a segunda maior causa de morte sem considerar as doenças, perdendo apenas para os homicídios por arma de fogo. Entre as principais infrações estão o excesso de velocidade, o consumo de álcool e o manuseio do celular.

Segundo pesquisa do Ministério da Saúde, um em cada cinco brasileiros admite usar o celular enquanto dirige. Desses, 25% tem entre 25 e 34 anos de idade e  26,1% tem nível de escolaridade de 12 ou mais anos de estudo.

Com o passar dos anos e o avanço da tecnologia, o celular deixou de ser artigo de luxo. Hoje, ele faz parte da rotina dos brasileiros e se tornou uma preocupação quando o assunto é a combinação direção x celular.

Com as mudanças na sociedade, o Código de Trânsito também precisou ser atualizado. Desde 2016, dirigir e usar o celular é infração gravíssima, e a multa é de quase 300 reais e 7 pontos na carteira. Vale ressaltar que utilizar os fones de ouvido é considerado infração média.

celular

(Foto: reprodução/twitter)

Segundo o Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI), os motoristas chegam a ficar entre 4 e 5 segundos sem olhar para a via enquanto manuseiam o celular. O que parece pouco tempo tem sido o suficiente para causar acidentes de trânsito todos os dias.


Thatiana Cordeiro – 5º período

 

Liam Gallagher ex-vocalista do Oasis anuncia novo álbum

Sem novidades desde 2017, o ex-membro do Oasis anuncia seu segundo álbum solo

A carreira de Liam Gallagher é cada vez mais independente, mas ainda com a fórmula do antigo Oasis. Gallagher anuncia seu novo álbum, chamado “Why me? Why not” e, como divulgação, lançou a música “Shockwave” no último sábado (15).

O sucessor de “As You Were”, lançado em 2017, parece ser mais pesado, mas ainda tem cara de um hit saído dos anos 90. A fórmula já conhecida pelos fãs no Oasis está de volta com as guitarras agudas e as batidas marcadas.  O som já característico da banda se estende para a carreira solo do vocalista.

liam-gallagher-shockwave
Lian Gallagher anuncia lançamento do novo álbum “Shockwave” (Foto: Divulgação/Liam Gallagher)

Como “As You Were” tinha um clima bem diferente, alguns fãs estranharam a volta ao britpop que o fez conhecido. O baixista e admirador da banda, Felipe Vieira, fala sobre o novo álbum do artista: “Ouvi ‘Shockwave’ e gostei bastante. Deu até uma nostalgia, porque parece muito com as músicas que o Oasis já fazia, o toque britânico é bem forte. Imagino que o álbum tenha esse mesmo clima”.

Daniel Fernandes – 7° Período

Ex-presidente do Egito Mohamed Mursi morre durante seu julgamento

Político foi eleito para o cargo após queda do ditador Hosni Mubarak em 2011 e derrubado pelos militares em 2013

O ex-presidente egípcio Mohamed Mursi morreu nesta segunda-feira após uma audiência em um tribunal no Cairo. De acordo com a TV estatal, Mursi se sentiu mal e desmaiou durante seu julgamento. O ex-presidente cumpria uma sentença de 20 anos de prisão, acusado de incitar a execução de manifestantes em 2012 e outra de 25 anos por espionar o Qatar.

Mohamed Mursi cumpria pena de 45 anos de prisão (Foto: Reprodução/Google)

Mursi era uma dos principais nomes da Irmandade Muçulmana, foi destituído pelas forças armadas em 2013, chefiado pelo general e atual presidente Abdel Fattah al-Sisi. O ex-presidente havia sido eleito, após a saída do ditador Hosni Mubarak.

Além de ter sido condenado pelos crimes citados acima, Mursi estava sendo julgado em outros dois processos após a anulação de dois veredictos contra ele: uma sentença de morte e uma à prisão perpétua.


Breno Silva – 6° período

Divisão de games da Amazon dispensa dezenas de funcionários

Empresa tentará, primeiramente, realocar seus empregados dentro de sua própria organização.

Na última quinta-feira (13), a Amazon dispensou dezenas de funcionários do seu departamento de games, segundo a Kotaku. Ao ser procurada pelo veículo, a empresa confirmou as demissões, mas não divulgou um número exato. A Amazon apenas afirmou que está trabalhando em uma solução para tentar realocá-los em outras divisões da companhia.

Os funcionários terão um prazo de 60 dias para achar uma nova área, e se não encontrarem, vão receber uma compensação financeira pela sua demissão, disse a fonte da Kotaku. Ela também afirmou que alguns jogos que a Amazon estava produzindo foram cancelados.

Movimentação foi confirmada pela empresa Foto: Reprodução / Amazon

Sabe-se que dois jogos estavam sendo desenvolvidos pela empresa: New World e Crucible. A produção de ambos continua, assim como outros projetos que a Amazon está “animada para revelar no futuro”, de acordo com o pronunciamento oficial.

A divisão de games da Amazon foi fundada em 2014 e ainda não conseguiu mostrar todo o seu potencial. O primeiro jogo da companhia, Breakway, foi cancelado em 2017, eSeu único game lançado foi o The Grand Tour Game, inspirada em uma série automotiva com o mesmo nome que também é produzida pela Amazon.

Breno Silva – 6° período