Moda

Brazil Aesthetic: o Brasil virou tendência?

As cores da seleção brasileira ganharam destaque nas redes sociais

Tem trend nova no pedaço. O “Brazilcore”, ou “Brazilian Aesthetic”, consiste na estética inspirada por camisas da seleção brasileira e as cores da bandeira do Brasil, junto de uma vibe esportiva dos anos 2000. Influenciadores internacionais estavam flertando com as combinações de cores em suas produções nas redes sociais, e isso motivou influenciadores nacionais a movimentarem a moda também. No meio da tendência, nasce um debate: o Brasil já traz traços desse estilo nas periferias, então, poderia a “alta moda” estar apropriando movimentos periféricos?

(Foto: Reprodução/Instagram/@rubylyn_)

O “Brazilcore” está vinculado a outros termos virais na plataforma TikTok, onde normalmente, os modismos costumam receber o sufixo “core”. Mesmo sendo uma nova trend identificável, ela está vinculada a vários fatores, o que torna difícil definir um motivo específico para o seu surgimento. A professora de Design de Moda, Márcia Mesquita, explica que alguns destaques internacionais do país, como a cantora Anitta, e as cores das próximas estações podem ter contribuído, mas acredita que não foi algo para evidenciar o país. 

“A anitta ter aparecido dessa forma em algumas ocasiões pode ter contribuído, assim como empresas como a Pantone já terem sinalizado que verde e azul serão cores em alta nas próximas estações. Entretanto, não me parece algo criado propositalmente para enaltecer o Brasil”, observa Márcia.

Essa “estética brasileira” é algo comum no país, principalmente em grupos marginalizados da população. Por isso, gerou curiosidade que, na gringa, tenha se proliferado a tendência como referência de moda. A designer de moda pontua que o movimento de apropriação de referências periféricas não é algo novo ou exclusivo do “brazilian aesthetic”. Esse é um movimento comum ao longo da história da moda, principalmente nos últimos anos.

“O streetwear como um todo nasceu de movimentos periféricos, como o hip hop, e foi sendo apropriado pelo o que chamamos de “alta moda”. No Brasil, é muito comum esse movimento de inspiração nas culturas populares”, exemplifica Márcia. 

Campanha feita pela Nike em colaboração com Vários Corre na Copa América de 2019, em Capão Redondo, São Paulo (Foto: Amanda Adász)

Um dos looks usados pela cantora Ludmilla em sua apresentação no Rock in Rio é outro exemplo recente da tendência, e além disso, ela também trouxe referências dos movimentos periféricos, como o óculos “Juliet”, por exemplo, e o cordão de ouro no pescoço.

Cantora Ludmilla no Rock in Rio (Foto: Multishow/Reprodução)

Além da ressignificação feita pelos adeptos da moda, as camisas da seleção brasileira também tem sido associada a um tipo de nacionalismo e corrente política específicos, que voltaram a evidência devido às eleições presidenciais deste ano. Entretanto, essa não parece uma pauta do “Brazilcore” , e as maiores referências da trend no Brasil aparecem associadas à Copa do Mundo, que começa em novembro.

Mesquita acredita que o “Brazilian Aesthetic” será só mais um modismo passageiro.

“Na Copa, em dia de jogo, quem gosta de futebol sempre usa as cores. Passada a Copa, logo virá um novo “core” do TikTok para tomar espaço”, prevê a designer de moda.

Foto de capa: Reprodução/@pina.loja

Repórter Isabella Caneschi com edição de texto de Gabriel Folena

LEIA TAMBÉM: ‘Não se Preocupe, Querida’: polêmica nos bastidores e reflexões sociais

LEIA TAMBÉM: HBO lidera vitórias do Emmy com Zendaya alcançando feito inédito

1 comentário em “Brazil Aesthetic: o Brasil virou tendência?

  1. Parabéns pela matéria! Muito importante retratar a questão da apropriação periférica e também ressaltar que as periferias ditam moda. Além disso, é importante retomarmos o uso da camisa da seleção sem estarmos vinculados a movimentos políticos conservadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s