Cinema Cultura

Uma baita presença: como Isabela Boscov conquistou a internet

Usuários do Twitter contam como ajudaram a "viralizar" a crítica de cinema

Um jogo eletrônico de RPG. Um reality show de drag queens. Telenovelas brasileiras dos anos 80 aos 2000. O que tudo isso tem em comum? A resposta seria pouquíssima coisa, ou nada, não fosse por uma crítica de cinema que falou sobre todos, mas sem nunca ter falado. A jornalista Isabela Boscov, “palpiteira profissional” como se define em seu Twitter, já acumula mais de 900 mil visualizações em vídeos na plataforma, comentando diversas mídias, programas, séries e filmes. O curioso? A maioria desses vídeos sequer foram feitos por ela.

No Twitter, Isabela conta com mais de 41 mil seguidores
(Foto: Reprodução/Twitter)

Isabela, sozinha, não vai mal com os números. Com mais de 230 mil inscritos no YouTube, onde publica críticas originais de cinema e TV, a colaboradora da revista Veja já garantiu seu público. Entretanto, o que recentemente tem chamado atenção para o trabalho de Boscov são as reproduções de trechos de seus vídeos em contextos extremamente diferentes.

No Twitter, usuários recortam e editam passagens da crítica para comentar programas e produções que nem todo mundo é capaz de entender. Isabela agora dá opiniões certeiras sobre tudo, desde série estadunidense “RuPaul’s Drag Race” à novelas nacionais como Avenida Brasil e Tieta.

Riso viral

Como definido pelo laboratório de pesquisa Museu de Memes, da Universidade Federal Fluminense (UFF), em seu site, um “meme” é uma linguagem própria do ambiente digital, que assume a forma de um vídeo viral (muito compartilhado), uma animação extravagante ou um bordão engraçado. Além disso, como citada na página do Museu, a pesquisadora israelense Limor Shifman traz ainda uma definição que parece acertar em cheio sobre o que se trata o fenômeno Boscov:

“memes não são apenas compartilhados, mas reapropriados pelo usuário, de modo que seu conteúdo é parodiado, recombinado ou remixado antes de ser passado adiante”.

Foi esse o caso para os criadores que adaptaram falas prévias de Isabela. Entre eles, está o designer gráfico Matt Silva (21), que trouxe as opiniões sinceras de Boscov para o mundo fictício de “Genshin Impact”, jogo eletrônico de RPG. O usuário do Twitter, que publica conteúdos relacionados ao jogo e produzidos por ele, diz que a ideia de usar Isabela veio após se deparar com outra popular interpretação. “Vi um vídeo dela, já editado, sobre novelas. Fiquei pensando ‘por que não criar um direcionado a Genshin?’”, se perguntou.

O vídeo de Matt já contabiliza mais de 22 mil visualizações na rede social, além de quase 500 compartilhamentos. Nas imagens, o designer associa trechos de Isabela a personagens variados do jogo, e o sucesso da publicação é reflexo do que o próprio artista percebeu: os admiradores do jogo reconheceram, assim como Matt, a inesperada semelhança entre as opiniões de Boscov e as características dos personagens: “O que acho legal é que, às vezes, cai como uma luva. Parece que ela realmente está falando sobre o jogo e tem total conhecimento sobre as personalidades”.

A aleatoriedade que acaba não sendo tão aleatória assim também trouxe sucesso para a reinterpretação de Victor Muniz (30), que já totaliza mais de 50 mil visualizações. Nesta, a crítica elogia, critica e ironiza as competidoras do reality show “RuPaul’s Drag Race”. O criador de conteúdo, que produz outros materiais relacionados ao reality, se deparou com Isabela na comoção recente, sem nunca antes tê-la visto pela internet, apenas no Twitter. “Para esse meme específico, aproveitei uma versão sobre atrizes brasileiras que já tinha viralizado e fui substituindo por drag queens que se encaixavam em cada comentário dela”, explica Victor. 

Entre as estranhas coincidências presentes no vídeo, está a da drag queen Pearl, que atualmente mantém um canal no YouTube onde mostra sua vida nômade e minimalista, sempre passando por reservas naturais e parques ecológicos. Nem Victor nem Isabela deixaram barato, e a competidora recebeu um desses trechos que, parece, foram feitos para o encaixe perfeito: “É uma mulher que, por alguma razão, decide largar tudo e ir morar no meio do nada”, comenta Boscov na reedição de Victor.

Assim como a pesquisadora israelense que refletiu sobre a qualidade replicante do meme, Victor não apenas nota o mesmo processo, como é parte ativa dele.

“É sempre um exercício legal tentar fazer humor, principalmente em algo que já foi feito. Você precisa reinventar a piada. É assim que os memes duram. A galera reinventa em contextos diferentes e a risada é renovada”, admira o criador.

Um museu de trechos

Para quem reproduz, é possível aproveitar edições já feitas, como Victor e Matt, mas há quem ofereça o material bruto direto da fonte. O Acervo Boscov no Twitter, ou simplesmente Pedro (um vislumbre da identidade secreta desse super-herói sem uniforme), se encarrega de publicar na plataforma trechos e mais trechos de vídeos novos e antigos de Isabela. Para quem assiste, edita, ou faz ambos, o perfil é um prato cheio.

No Acervo Boscov no Twitter, foram compilados vídeos e imagens brincando com as críticas de Isabela a determinadas atrizes

“Mesmo a conhecendo há tempos, eu reparei que ela não era uma figura popular para a minha geração. Sempre a achei muito divertida e com pontos de vista bacanas. Num momento muito peculiar, começaram a descobrir certos vídeos e críticas dela pelo YouTube e isso começou a se popularizar muito rápido e com muito sucesso. Então, achei legal ajudar e facilitar para o pessoal essa popularização. Pensei que, como já era familiarizado com o trabalho dela, seria mais fácil”, conta o cinéfilo de 22 anos, que lembra de folhear a sessão de cinema da revista Veja quando criança.

Pedro explica que a maior parte do conteúdo presente do acervo vem da própria Isabela, com raras exceções quando ele mesmo reproduz trechos da crítica em outros contextos. Manter o acervo atualizado pode ser considerada uma jornada de trabalho cibernética, a partir do que explica o criador do perfil: “Eu assisto uns 10 vídeos, ou mais, durante uns 40 minutos de uma maratona eventual, vejo o que acho que será mais proveitoso para o pessoal e faço os cortes. É muito divertido e sempre me pego rindo em vários momentos”.

“É inovador e revolucionário? Sim!”

De réplica em réplica, a radialista por formação se tornou até garota propaganda da Avon. A marca, em seu TikTok, divulgou um vídeo no qual Isabela discorre sobre o produto passando por todas as suas já memoráveis frases, como “é inovador e revolucionário”, “virou a queridinha da academia” e “é uma experiência fascinante”. Juntos, os vídeos publicitários já acumulam mais de 81 milhões de reproduções na rede social.

Na internet, Isabela acabou conquistando uma baita presença, como diria a própria. Para Pedro, o “curador” do Acervo, as palavras da cinéfila também servem para defini-la.

“É claro, diva não é diva por acaso. A mulher tem um carisma, enche a tela, e tem aquele vozerão também. A Isa foi muito sincera e carinhosa desde o momento em que seu trabalho começou a se popularizar nas redes sociais para essa nova geração e isso ajudou muito a conquistar o pessoal”, reflete o admirador.

Você pode acompanhar o trabalho de Isabela Boscov em seu canal no YouTube e em seu blog, onde publica críticas em texto. A jornalista mantém também um perfil no Twitter, onde é possível segui-la.

Foto de capa: Reprodução/YouTube

Gabriel Folena (5º período), com Revisão de Leonardo Minardi (7º período)

LEIA TAMBÉM: Festival 3i: internet e novos nichos são responsáveis pela transformação do jornalismo cultural

LEIA TAMBÉM: O Twitter como ambiente de radicalização

0 comentário em “Uma baita presença: como Isabela Boscov conquistou a internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s