Cultura

Documentário sobre a vida do humorista Bussunda estreia em junho na Globo Play

"Meu Amigo Bussunda" conta sobre a vida do humorista, falecido há 15 anos atrás, durante a copa de 2006, na Alemanha.

Entre as novidades do catálogo da Globo Play em junho, estreará “Meu Amigo Bussunda”, uma série documental realizada com quatro episódios que mostrará a história, com muitos detalhes, sobre um dos maiores humoristas de sua época, Cláudio Besserman Viana, o Bussunda, e que ainda é lembrado até os dias atuais. Serão abordados temas desde sua infância até seu falecimento em junho de 2006, quando ocorria a cobertura da Copa do Mundo, na Alemanha. Não foi informada, no entanto a data exata da exibição.

Em vida, Cláudio Besserman Vianna, o “Bussunda”, criou diversos personagens quando atuava no Programa Casseta e Planeta com seus colegas de trabalho: Hélio De La Peña, Marcelo Madureira, Beto Silva, Cláudio Manoel, Hubert Aranha, Reinaldo Figueiredo e Maria Paula Fidalgo. Em seu trabalho, ele juntava jornalismo, entretenimento e comédia, numa receita de grande sucesso junto com seus outros companheiros, desde os anos 1980. Entre os personagens mais famosos ficaram marcados Vera Fisher, Ronaldo Fenômeno, Montanha e Marrentinho Carioca.

O grupo Casseta e Planeta fez e continua fazendo parte da história do humor brasileiro. (Foto:Multishow)

O documentário que terá 4 episódios no total, será dirigido pelo colega e amigo pessoal que atuou diversas vezes com Bussunda em “Casseta e Planeta”, Claudio Manoel e pelo diretor Micael Langer nos três primeiros episódios. Enquanto no episódio final ficará a cargo também de Claudio e da filha do artista, Júlia Vianna, que na época do falecimento de seu pai, em 2006, tinha apenas 12 anos de idade.

A série contará cronologicamente em seus primeiros capítulos a trajetória da atividade de Bussunda na comédia. Serão usadas no documentários imagens de arquivo e entrevistas feitas com familiares, amigos próximos e quem trabalhou com ele durante o Casseta e Planeta. Já foi confirmado que estarão presentes no documentário a atriz Vera Fischer, o ex-jogador Zico e a atriz Débora Bloch, que quando o artista era criança, frequentaram a mesma colônia de férias. O programa também contará com imagens inéditas, nunca mostradas antes.

Gustavo Lacerda, CEO da Luzes Produtora, comenta sobre a linguagem que normalmente é usada para contar história nos documentários. Para ele sempre haverá visões diferentes sobre algum tema e isso que faz este estilo audiovisual ser tão aclamado.

“A linguagem em um documentário é muito interessante em termos de comunicação, porque ela permite a visualidade dela sobre o mundo. Quando a gente revisita os documentários biográficos, por exemplo, e agente revisita essas memórias dessas pessoas públicas como o Bussunda é como se voltássemos ao passado e refletisse sobre a importância dessas próprias personalidades para a cultura nacional de uma forma geral. Sempre, obviamente, a partir do ponto de vista de um determinado autor, diretor, roteirista. Nesse sentido se torna um exercício reflexivo crítico, mas ao mesmo tempo do ponto de vista autoral sempre”

Cláudio Besserman Vianna veio a falecer em junho de 2006, com 43 anos, quando estava em Parsdorf, cidade perto de Munique, enquanto fazia a gravação para o Casseta e Planeta. Ele sofreu um ataque do coração quando retornava para seu hotel, depois de uma partida de futebol que havia organizado com seus amigos, depois do fim da gravação do programa.

Bussunda além do humor também era apaixonado pelo futebol. (Foto: Divulgação/ Acervo Casseta & Planeta)

Trabalhando com seus colegas de Casseta e Planeta, Bussunda conseguiu escrever onze livros, participou de uma peça de teatro e ainda foi protagonista de um filme: A Taça do Mundo é Nossa. Na parte cinematográfica, o ator ainda atuou com sua participação especial no longa-metragem Como ser Solteiro. Ele também participou do mercado de dublagem dando vida ao protagonista de Shrek nos dois primeiros filmes.

Leia Também: “Protocolo de Auschwitz” conta a história real de dois judeus que fugiram do campo de concentração

Leia Também: Obra cinematográfica da Disney assume protagonismo da vilania com recorde de bilheteria

Rafael Barreto – 8º período

0 comentário em “Documentário sobre a vida do humorista Bussunda estreia em junho na Globo Play

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s