Tecnologia

Exigência do governo apela para que Apple e Samsung disponibilizem carregadores nos novos celulares

Especialistas da área e também consumidores das duas marcas comentam sobre esta decisão em não fornecer mais carregadores junto de determinados celulares.

Com uma decisão de não incluir mais carregadores junto aos seus celulares, que já dura um tempo considerável, as empresas Apple e Samsung foram duramente criticadas pelo governo através da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) que é vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. A organização afirma que nenhuma das empresas conseguiu provar precisamente a preocupação ambiental que os levou à tomada dessa iniciativa.

O fim da inclusão de carregadores pela Apple e Samsung com seus celulares é defendido como uma medida ambiental. (Foto: Pixabay)

A instituição afirma que as empresas que continuarem adotando a prática de não disponibilizar os carregadores na compra dos smartphones obterão um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), visando definir as responsabilidades destas para com os consumidores. Se não houver uma resolução entre ambas as partes, as desenvolvedoras podem sofrer prejuízos de até 10 milhões de reais com multas.

A Secretaria compreende que apenas proibir a inclusão do acessório na caixa do celular impossibilita o procedimento quanto ao aperfeiçoamento e entendimento da sociedade em geral, sem nenhuma precaução quanto à redução do lixo eletrônico. Se ainda assim as empresas não tomarem uma atitude, o tema será levado ao departamento de Sanções. Até agora as medidas tomadas se referem a vultosas multas.

Carlos Eduardo Soares, Coordenador dos Núcleos de Negócios e de Sustentabilidade da Pós-Graduação da Universidade Veiga de Almeida , comenta sobre os impactos ambientais que este produto pode causar, afirmando que não vê fundamentos para essa atitude das empresas.

“Há muitas formas de se preservar o meio ambiente. Não acredito que a ação proposta seja a mais correta e a mais efetiva em termos ambientais. Entendo que estas grandes empresas poderiam buscar neutralizar carbono em seu processo produtivo, zerar produção de resíduos em suas fábricas, apoiar projetos de inovação em sustentabilidade, desenvolver tecnologia de carregamento de celular via células fotovoltaicas, investir em P&D para a mudança de materiais e processos, desenvolver fluxos de logística reversa (utilizando as suas lojas como ponto de descarte) ou financiar sistemas públicos de gestão de resíduos. Logo, existem muitas alternativas sustentáveis e não me parece que a adotada se justifica apenas pelas questões ambientais. Certamente houve um estudo de viabilidade econômica para tal e que, certamente, apontou para esta ação como mais rentável e criou-se uma justificativa sustentável absolutamente questionável e que acaba por lesar o consumidor e obrigar o mesmo a adquirir um equipamento adicional”, diz Carlos Eduardo.

Quanto ao TAC, a Apple afirma que não irá se pronunciar neste momento, enquanto a Samsung afirma não ter recebido esta intimação, porém enfatiza que desde 10 de fevereiro deste ano oferece adaptadores de tomada para todos os clientes que comprarem qualquer aparelho da série Galaxy S21 , vendidos no Brasil, segundo as determinações que sempre são comunicadas diretamente. Este processo que tem data para expirar no dia 30 deste mês, tem como principal objetivo trazer uma opção gratuita para os consumidores destes produtos.

Nicolas Eller, consultor de segurança da informação e sócio da empresa Netbras Tecnologia comenta sobre esta decisão tomada por empresas como Apple e Samsung de não disponibilizar mais os carregadores junto aos celulares vendidos.

“Acho uma excelente decisão não disponibilizar mais carregadores. Eles são considerados uma espécie de lixo hoje. Atualmente temos diversos tipos de carregadores de qualidade que as pessoas compram e um mesmo carregador consegue carregar dois, três celulares. As pessoas também tem um carregador em casa com os cabos dos celulares e vai conseguir carregar dois, três aparelhos, visto que cada celular que é comprado já vem com carregador incluso, às vezes as pessoas até continuam usando o último que já está na tomada e não veem a necessidade de trocar. Acho desnecessário continuar incluindo os carregadores no pacote”, enfatiza Nicolas.

De acordo com ambas as empresas, esta medida foi decidida tendo em vista problemas ambientais. Por parte da Apple o fim da disponibilidade de carregadores aconteceu a partir da confirmação do Iphone 12, explicando que o intuito da empresa com isso é de que se consiga diminuir o número de lixo eletrônico que se encontra na natureza. No mês passado, a empresa já havia sido processada pelo Procon-SP por 10 milhões de reais pela falta do carregador, defendendo que a Apple estava enganando seus clientes e inclusive por sujeitar os próprios consumidores à clausulas absurdas.

iPhone 12 Pro (Imagem: Apple)
O Iphone 12 foi o primeiro modelo da Apple a parar de fornecer carregadores. (Foto: Apple)

Dorval de Lima, usuário da marca Apple conta o que acha dessa medida por parte da empresa de não mais disponibilizar carregadores na venda de celulares. Para este consumidor é um descaso o que a empresa está fazendo com seus clientes.

“Meu celular atual é o iPhone 11. Não tenho grandes reclamações, pra falar a verdade eu sou um cara atrás do meu tempo. Apesar de o produto ser um dos mais novos, eu sou antiquado com as questões de tecnologia. Então, a simplicidade já é o suficiente em muitos casos. Acho um absurdo tirarem os carregadores, principalmente pela questão do preço que é cobrado no produto. Um iPhone novo tá custando muito caro, nós ainda teremos que pagar por fora pelo carregador e fone de ouvido agora. Sem o carregador, no mínimo o produto deveria ser mais barato. É absurdo como as empresas tratam os consumidores”, afirma Dorval

Agora, por parte da Samsung, esta decidiu descontinuar os adaptadores que antes eram inclusos em seus aparelhos celulares a partir do anúncio do Galaxy S21. Porém a empresa em busca de resolver este impasse, já firmou um compromisso com a organização responsável pela defesa do consumidor, o Procon, concedendo este equipamento sem fins lucrativos para os clientes que fizerem a compra na pré-venda.

O Galaxy S21 será o novo modelo a ser lançado pela Samsung. (Foto: Divulgação/Samsung)

Davi Ramos, consumidor da Samsung, que já está em seu terceiro aparelho da marca, comenta sobre as diferenças que o fizeram escolher entre a Samsung e a Apple. Ele também se mostra contra esta prática de não oferecer mais carregadores na compra de seus celulares, afirmando ser prejudicial aos consumidores.

“Eu já tive três celulares da Samsung: Galaxy S3, Galaxy S7 e atualmente possuo o Galazy Note 8.Eu prefiro a Samsung em relação à Apple por uma questão econômica. Ele é mais barato e possui recursos a mais do que é encontrado no iphone. Como a questão da caneta no modelo Note, acesso a apps, recursos diferentes que não há na Apple. Ele me satisfaz mas poderia manter um diferencial como quando a Apple decidiu parar de fornecer carregadores, poderiam ter ido contra essa prática, o que acabaria agradando mais os consumidores, Como consumidor da Samsung, eu particularmente não gosto de ter que pagar a mais por um acessório que é essencial para o uso do aparelho. Acredito ter sido uma estratégia de lucro da empresa. E apesar de falarem que foi uma medida ambiental vejo mais como uma medida lucrativa e que pode acabar prejudicando os consumidores da marca”, explica Davi Ramos.

Ainda não se sabe se esta medida de empresas de celulares a fim de não mais disponibilizar carregadores possa virar uma demanda deste mercado tecnológico, fazendo com que todas as empresas deste ramo tomem esta atitude em busca de conseguir diminuir o acúmulo de lixo eletrônico no meio ambiente. Mais recentemente, uma outra empresa que também anunciou o fim de carregadores na venda de celulares foi a Nokia com seu novo celular Nokia X20, também com a alegação de preocupação com a sustentabilidade.

Leia Também: Samsung anuncia seu novo modelo S20, com preço mais acessível

Apple Glass terá tecnologia contra acidentes e impactos

Rafael Barreto – 8º período

2 comentários em “Exigência do governo apela para que Apple e Samsung disponibilizem carregadores nos novos celulares

  1. Pingback: Oscar 2021 tem cineasta chinesa como um dos destaques da noite | Agência UVA

  2. Pingback: Apple sofre acusações por parte da UE por práticas não competitivas na App Store | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s