Saúde

Covid-19: especialistas comentam novas medidas restritivas e recorde de mortes

Novas medidas de segurança entram em vigor para frear números da Covid-19 no Rio

O Brasil registrou na última quarta-feira (3) 1.910 novas mortes em efeito à Covid-19. Essa nova marca supera o recorde anterior que chegou a registrar 1.641 mortes, no dia anterior. Especialistas comentam sobre as novas medidas que a população deve seguir para não correr mais riscos.

O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes impôs, na última quinta-feira (4), novas medidas restritivas no combate à Covid-19. Neste novo pacote de ações, a Prefeitura da cidade inclui limitação de horário para bares e fechamentos de comércios na praia.

“Nosso objetivo é nos antecipar, para que possamos manter os números baixos. A gente não quer decretar uma medida sem razão de ser. Não é achismo do prefeito, busco me consultar com os especialistas para evitar que a gente tenha que tomar medidas muito mais duras, como outras cidades no Brasil estão tomando, fechando o comércio. Se a gente conseguir estancar esse processo de contaminação, a gente evita mortes. Tomara que essas medidas durem só uma semana”, frisou Paes, em comunicado à imprensa.

Leandro Victor, 22 anos, jornalista político e editor do podcast “Debatendo”, expressa que as medidas feitas por Eduardo Paes são importantes, mas vê a situação afetando o comércio.

“O fechamento de bares e restaurantes já vai causar um prejuízo, porque o movimento é maior à noite, agora proibir o comércio ambulante na praia, onde o trabalhador informal só tem uma única fonte de renda daquilo, é algo bastante complicado”, opina.

Conforme os números do Ministério da Saúde, Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo Coronavírus, com 893.645 casos, mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados, somando 33.362 mortes.

Praias do Rio de Janeiro têm ficado cheias durante a Pandemia. Foto: Licenças Creative Commons

Paulo Roberto Ferreira Machado, enfermeiro aposentando pela Prefeitura Rio e professor Adjunto da Universidade Veiga de Almeida (UVA), diz que a população tem que respeitar mais os protocolos.

“O maior desafio enfrentado na pandemia é conscientizar à população sobre a importância de respeitar os protocolos”, diz Paulo, que leciona a disciplina de Saúde Pública na universidade.

O professor de Enfermagem critica ainda a baixa adesão aos protocolos de prevenção e manifesta que novas medidas precisam ser mais rígidas.

“Com baixa adesão aos protocolos de prevenção, o crescente número de novas variantes do vírus e possivelmente mais contágios, além da “lentidão” na campanha de vacinação, faz-se necessário tomar medidas mais rígidas de forma a inibir a circulação do vírus”, pondera.

As novas medidas para combater o avanço da Covid-19 feitas pelo prefeito Eduardo Paes começam a partir desta quinta-feira (4).

Confira as principais medidas de restrição e possíveis sanções

PASSAM A SER PROIBIDOS 

– Permanência de pessoas em vias, áreas e praças públicas das 23h às 5h;
– Atividades comerciais na orla: quiosques, comércio ambulante fixo e itinerante. Não há vedação à presença de pessoas nas praias;
– Eventos e festas em áreas públicas e particulares, incluindo as rodas de samba;
– Funcionamento de boates e casas de espetáculo;
– Feiras especiais, feiras de ambulantes e feirartes. Não há proibição ao funcionamento das feiras livres.

SANÇÕES PREVISTAS
Valor máximo da multa individual passa de R$ 112,48 para R$ 562,42. Exemplos: pessoas sem máscaras, aglomerações, etc;
Apreensão de mercadorias, produtos, bens, equipamentos, instrumentos musicais, entre outros;
Interdição do estabelecimento.
Observação: Estabelecimentos não citados no decreto devem seguir as medidas de proteção à vida relativas ao nível de classificação: risco alto.

Aqui a íntegra do decreto, publicado no Diário Oficial.

LEIA TAMBÉM: A solidariedade contra o coronavírus
LEIA TAMBÉM: Morador do Borel lança plataforma de comunicação para monitorar casos suspeitos de coronavírus

Mateus Almeida Marinho- 8 período

1 comentário em “Covid-19: especialistas comentam novas medidas restritivas e recorde de mortes

  1. Pingback: Governo Bolsonaro tem maior reprovação durante a Pandemia, segundo Datafolha | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s