Esporte

Racismo no futebol: Neymar sofre insultos racistas em clássico

Atacante brasileiro se indigna com ofensas racistas durante partida e leva discussão para redes sociais.

Alegando ter sido alvo de insultos racistas, o jogador brasileiro Neymar Jr. foi protagonista de uma grande polêmica no último domingo, 13, em partida válida pelo campeonato francês. De acordo com o atacante da equipe do Paris Saint-Germain, o zagueiro da equipe do Olympique de Marselha, Álvaro González, direcionou ofensas racistas a ele durante a partida. Perto do final do jogo, houve outra discussão entre os atletas, que culminou com a expulsão de craque brasileiro.

Neymar não aceitou as ofensas e confrontou o zagueiro –
Foto: Reprodução/Téléfoot

Após a saída do craque, o mesmo confessou que agrediu o zagueiro espanhol. A repercussão da cena ocorrida no clássico logo ganhou os holofotes e ficou entre os assuntos mais falados nas redes sociais, com bastante apoio dos fãs brasileiros ao Neymar. Em sua própria conta, o brasileiro lamenta não ter batido no rosto do adversário e logo depois desabafou mais sobre o episódio.

“Árbitro de vídeo pegar a minha ‘agressão’ é mole… agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de ‘Mono hijo de ****’ (macaco filha da **** em frânces)… isso eu quero ver!”

Comentário de Neymar sobre o caso nas redes sociais

Em sua conta oficial do Twitter, o zagueiro Álvaro González não entrou em detalhes sobre o fato, mas fez uma postagem na qual diz que não há espaço para racismo no futebol, postando foto abraçado com outros jogadores negros. Enalteceu a vitória de sua equipe e ainda alfinetou Neymar dizendo que às vezes precisa aprender a perder e ir a campo.

Indignado com a publicação feita por Álvaro, o craque brasileiro respondeu diretamente acusando o zagueiro espanhol de não ter coragem para admitir suas atitudes racistas. Confira abaixo a discussão na íntegra.

Nesta segunda-feira, 14, através de sua conta no Instagram, Neymar deu mais detalhes do ocorrido num post em seus “stories” (ferramenta do Instagram onde postam fotos com períodos de duração de 24 horas), onde fala dos insultos durante o jogo nas duas discussões até a sua expulsão. O atleta diz que aceita a punição desde que Álvaro González também seja punido.

Desabafo de Neymar nas redes sociais –
Foto: Reprodução/Instagram

O clube de Neymar, o Paris Saint-Germain também se pronunciou sobre o ocorrido e através de nota oficial no site do clube manifestou apoio total a Neymar e contra o racismo no futebol. Leia o texto na íntegra:

O Paris Saint-Germain apoia fortemente Neymar Jr, que disse ter sido vítima de insultos racistas de um jogador adversário. O Clube lembra que não há espaço para o racismo na sociedade, no futebol ou em nossas vidas e conclama todos a se elevarem contra todas as suas manifestações pelo mundo. Há mais de 15 anos, o Clube está fortemente empenhado na luta contra todas as formas de discriminação ao lado dos seus parceiros como SOS Racisme, Licra ou Sportitude. O Paris Saint-Germain conta com a Comissão Disciplinar da LFP para investigar e lançar luz sobre estes fatos. O Clube está à sua disposição para colaborar no andamento das investigações.”

Quase instantaneamente a repercussão causou comoção principalmente entre os brasileiros. Perfis de influencers, jogadores e fãs de Neymar logo se pronunciaram sobre o ocorrido. Um deles é o perfil conhecido nas redes por expôr casos de racismos no meio do futebol brasileiro, o “Observatório Racismo”, que se pronunciou no twitter a favor do brasileiro e falando sobre o crime que ainda persiste nos campos de futebol.

Outro veículo da internet que se posicionou ao lado do brasileiro foi o canal de notícias “Mídia Ninja” que divulgou a carta aberta a Neymar do Advogado e Mestre em Hermenêutica Filosófica, Djeff Amadeus, que em trecho fala sobre a vida dele em uma introdução sobre se achar branco até um dia sofrer e entender que era algo de racismo.

Portanto, não proponho a você, com esta carta, o início de uma guerra racial. Proponho-te, ao contrário, que se junte à luta iniciada por nossos ancestrais, primeiramente contra o fim da escravidão, e depois continuada contra o racismo estrutural“, trecho da carta aberta de Djeff Amadeus.

Segundo informações dos portais de notícias, a rádio “RMC” da França informou que a “Ligue 1” abriu investigações sobre o ocorrido. Neymar corre o risco de pegar 7 jogos de suspensão, enquanto o espanhol pode cumprir até 10 jogos pelos atos racistas. A empresa responsável pela transmissão da partida informou que já entregou o material em vídeo do momento em questão para que o caso seja o investigado pelo tribunal do esporte na França.

Hudson Lisboa, 7° período

2 comentários em “Racismo no futebol: Neymar sofre insultos racistas em clássico

  1. Pingback: Copa do Mundo 2022: calendário das eliminatórias é mantido | Agência UVA

  2. Pingback: Ensino de artes marciais luta para sobreviver durante pandemia | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s