Geral

OMS decreta pandemia pelo novo coronavírus

Entidade internacional fez pronunciamento durante coletiva de imprensa nesta tarde

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, nesta quarta-feira (11), o coronavírus como uma pandemia (enfermidade epidêmica amplamente disseminada). O comunicado foi realizado por meio de uma coletiva de imprensa, realizada no início da tarde, pelo órgão e também transmitida pelo Twitter.

“Pandemia não é uma palavra para usar de forma leve ou descuidada. É uma palavra que, se mal utilizada, pode causar medo irracional ou aceitação injustificada de que a luta acabou, levando a sofrimento e morte desnecessários. Descrever a situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS sobre a ameaça representada pelo coronavírus. Não altera o que a OMS está fazendo e nem o que os países devem fazer”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS e acadêmico e autoridade de saúde pública.

A coletiva de imprensa foi conduzida pelo Diretor Geral da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus (foto). Foto: EBC/Denis Balibouse

“Todos os países devem encontrar um bom equilíbrio entre proteger a saúde, minimizar as perturbações econômicas e sociais e respeitar os direitos humanos”, disse ele, durante a entrevista coletiva.

A doença já deixou mais de 4 mil mortos e cerca de 120 mil infectados.
LEIA TAMBÉM: Brasil tem 25 casos de coronavírus

Segundo a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), na Câmara dos Deputados, o ministro da Saúde brasileiro, Luiz Henrique Mandetta, disse que a declaração de pandemia não muda as medidas no Brasil. “O país continua com o monitoramento das áreas atingidas e com as iniciativas e protocolos já anunciados. Hoje, o titular da pasta vai participar de comissão geral na casa, onde irá apresentar a deputados informações sobre as ações do governo acerca do problema”, disse.

Veja abaixo a postagem original da Organização Mundial de Saúde (OMS):

Na coletiva da OMS, Dr. Tedros também falou de como os países podem mudar os resultados globais da doença: “No total, 81 países não relataram nenhum caso do Covid-19 e 57 países relataram dez casos ou menos. Não podemos dizer isso em voz alta o suficiente, ou com clareza suficiente: todos os países ainda podem mudar o curso dessa pandemia”, reforçou. “Se os países detectam, testam, tratam, isolam, rastreiam e mobilizam seu povo na resposta, aqueles com alguns casos do coronavírus podem impedir que esses casos se tornem aglomerados e esses aglomerados se tornem transmissão da comunidade”.

LEIA TAMBÉM: Brasil tem 25 casos do coronavírus

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

1 comentário em “OMS decreta pandemia pelo novo coronavírus

  1. Pingback: Maior feira de videogames do mundo é cancelada por causa do coronavírus | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s