Meio Ambiente

Relatório do IPCC reafirma: temperatura da Terra está subindo

Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas ressalta urgência de olhar para aquecimento global

O documento aborda novamente a meta sugerida pelo IPCC de limitar o aquecimento da Terra em até 1,5°C e discute itens como sustentabilidade, crescimento populacional, desmatamento e hábitos alimentares. Há ênfase para a importância das florestas e para a redução da prática agropecuária.

Considerada a maior floresta tropical do mundo, a Floresta Amazônica foi destaque no documento. Segundo o IPCC, a meta de não passar de 1,5°C só será possível com a “ajuda” de florestas como a Amazônica, as quais são capazes de realizar o chamado sequestro de carbono: capturar esse gás e lançar oxigênio na atmosfera. O relatório ainda afirma que se o desmatamento da Amazônia atingir 40%, ele se tornaria irreversível.

As florestas tropicais exercem importante papel na regulação da temperatura do planeta. (Foto: reprodução)

Além da já conhecida relação entre desmatamento e aquecimento global, especialistas em clima defendem que para salvar o planeta também é necessário mudar os hábitos alimentares. Este, talvez, seja um dos aspectos mais modernos, com relação ao meio ambiente, com os quais o ser humano precisa se preocupar.

Nesse sentido, a pecuária e o cultivo de arroz são duas questões que merecem atenção. Os bovinos produzem metano, gás que contribui para o aquecimento global, e o liberam em grande quantidade; e a inundação para irrigação das plantações de arroz cria ambiente ideal para bactérias que também produzem metano. Assim, esses dois elementos juntos são responsáveis por cerca de metade das emissões de CO2 na atmosfera.

Campo de arroz no Vietnã. (Foto: reprodução)

A forma como o ser humano se alimenta tem afetado substancialmente o meio ambiente e precisa ser colocada em questão. Para a nutricionista Julia Rabelo, a alimentação não é só uma necessidade biológica dos seres, mas também é um ato político, econômico e social.

“Cada vez mais, a sociedade está percebendo que consumir produtos de origem animal não é ético, sob o ponto de vista dos Direitos Animais, e não é sustentável, já que a pecuária é a principal causadora dos maiores impactos ambientais, afetando negativamente, solo, água e ar”, afirma Julia.

Os estudos apontam para a necessidade de mudanças nos hábitos alimentares. A nutricionista garante que dietas vegetarianas bem planejadas são adequadas do ponto de vista nutricional e podem ser adotadas em todos os ciclos da vida. Inclusive, essa alimentação tem sido utilizada para tratamentos ou prevenção de diversas doenças crônicas.

“A dieta vegetariana é a solução para melhorar a saúde da população e contribui para a redução da exploração animal e dos problemas ambientais”, explica.

A pecuária é a atividade econômica que mais contribui para o aquecimento global. (Foto: reprodução)

Diante disso, partidos da Alemanha discutem a possibilidade de aumentar os impostos sobre a carne, na tentativa de desestimular o consumo deste item. Alguns políticos alemães afirmam que, segundo pesquisas, a quantidade de gases oriundos do setor pecuário pode ser comparada a quantidade gerada pelos meios de transporte.

O relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas recomenda a diminuição do consumo de carne; o uso sustentável da terra, evitando a expansão das fronteiras agrícolas e, principalmente, o desmatamento. Além disso, é preciso cessar a queima de combustíveis fósseis, que representam a maior parte do lançamento de CO2 no planeta. No entanto, quanto maior a demora para tomar atitudes, menor é a chance de reverter ou, ao menos, amenizar as consequências do desequilíbrio ambiental.

Thatiana Cordeiro – 6° período

1 comentário em “Relatório do IPCC reafirma: temperatura da Terra está subindo

  1. Pingback: Avanço do mar e calor extremo em Mato Grosso alertam para a urgência climática | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s