Comportamento

Copa de hambúrgueres: os melhores e os piores sanduíches comemorativos do McDonald’s

Hambúrgueres temáticos da Copa do Mundo dividem opiniões

Em época de Copa do Mundo, é tradição que a rede de fast-food McDonald’s lance sanduíches temáticos de países participantes do Mundial, e esse ano não foi diferente. Oito países foram representados por meio de seus ingredientes culinários tradicionais, incorporados no cardápio do McDonald’s.

A Agência UVA teve a missão de provar todos os hambúrgueres lançados especialmente para a Copa do Catar de 2022, e abaixo você pode conferir o veredito de cada um.

McBrasil – Composto por ingredientes tradicionais e que formam a essência da culinária brasileira, como carne bovina e queijo coalho, o McBrasil consegue destacar todos os sabores presentes. A textura do pão ajuda a manter um bom equilíbrio da estrutura.

McBrasil tem hambúrguer de carne bovina, queijo coalho e é o representante da culinária brasileira. (Foto: Agência UVA)

McCatar – O sanduíche dedicado ao país sede da Copa parece mais com um lanche comum do McDonald’s, somente com uma pitada de ingredientes tradicionais do Catar. O hambúrguer leva tomate e molho árabe, e talvez esse seja o mais perto que vai se chegar do sabor tradicional do país. A carne tem o gosto habitual de todas as outras da rede, o que faz com que se lembre de outros sanduíches do McDonald’s ao comer, sem conseguir imergir na experiência do sabor tradicional catariano. É uma versão gourmet de outros já disponíveis no cardápio.

McCatar leva tomate e molho árabe, além dos ingredientes do tradicional hambúrguer da cadeia de fast food. (Foto: Agência UVA)

McEUA – Com ingredientes bastante consumidos no país que o inspira, o McEUA consegue fazer o consumidor sentir um pouco da cultura local dos Estados Unidos pelo paladar. O frango frito, bacon, cheddar e molho barbecue o deixam extremamente saboroso e diferente de qualquer outro hambúrguer oferecido pela rede. Entretanto, o sabor do picles, que faz parte do sanduíche, passa batido no meio de tantos outros. O frango frito, muito consumido nos Estados Unidos, é super saboroso.

McEUA tem frango frito, bacon, cheddar e molho barbecue. O picles, apesar de presente, não sobressai muito. (Foto: Agência UVA)

McArgentina – Levando em consideração que nossos “hermanos” são referência pela qualidade e sabor de suas carnes, se tinha uma expectativa de que o MCArgentina fosse mais ousado e utilizasse carnes bovinas essencialmente argentinas, mas ao provar, é possível constatar que o mais do mesmo. A maionese de chimichurri nada tem a ver com com um chimichurri de verdade. Basicamente, fizeram um catado de outros molhos já servidos na rede e transformaram em uma versão “indie” de uma espécie de vinagrete. O sanduíche é decepcionante.

McArgentina tem a promessa de carne Argentina, além de molho chimichurri . (Foto: Agência UVA)

McMéxico – Se o McArgentina decepcionou em transmitir a essência da culinária local, o McMéxico foi certeiro, e soube comunicar a vibração apimentada e quente do país através da excelente maionese de pimenta jalapeño. Houve cuidado em preparar o molho. O frango empanado é muito bem temperado, e o queijo cheddar soube conquistar seu espaço na medida certa, o que fez com que todos os ingredientes conseguissem ter seu momento de evidência.

McMéxico foi um dos favoritos de nossa seleção. O sanduíche tem maionese de pimenta jalapeño. (Foto: Agência UVA)

McFrança – O sanduíche é uma versão “à francesa” de outros hambúrgueres já servidos pela rede. É o mais blasé em quesito de essência de sabores. Nenhum ingrediente consegue um destaque genuíno, nem mesmo o molho de sabor queijo Brie, tradicional da culinária francesa, o que torna a tentativa esquecível.

No McFrança, o destaque fica por conta do queijo Brie, tradicional da culinária do país. (Foto: Agência UVA)

McAlemanha – Consegue destacar de forma fria e inteligente cada sabor, principalmente o queijo processado com sabor Emental, muito bem cozido. O salame com bordas de pimenta também torna o hambúrguer diferenciado. As cebolas frescas ajudam a trazer um charme para o produto.

McAlemanha tem cebolas frescas, salame apimentado e queijo Emental. (Foto: Agência UVA)

McEspanha – Com ingredientes semelhantes ao McAlemanha, como o queijo sabor Emental e carne bovina, o sanduíche espanhol também demonstra personalidade própria. Ele conta com copa fatiada (corte feito a partir de uma parte do porco denominada sobrepaleta) condimentada com sal, pimenta e cravo. O molho, por sua vez, é emulsionado (criado através da mistura de dois ingredientes que não se combinam), e consegue reproduzir fielmente o que é consumido na Espanha.

No sanduíche espanhol, queijo Emental, copa, pimenta e cravo fazem parte dos sabores. (Foto: Agência UVA)

Programação
Um sanduíche especial da Copa é servido a cada dia da semana na rede de fast food McDonald’s. A exceção é o McBrasil, que é disponibilizado diariamente. Confira a programação diária de hambúrgueres comemorativos, enquanto durar o Mundial do Catar:

Segunda-feira: McCatar
Terça-feira: McMéxico
Quarta-feira: McFrança
Quinta-feira: McAlemanha
Sexta-feira: McEspanha
Sábado: McArgentina
Domingo: McEUA

Foto de capa: Divulgação/McDonald’s

LEIA TAMBÉM: Copa do Catar: quem são os mais gatos em campo?
LEIA TAMBÉM: McDonald’s muda o nome da fachada de lojas

Maria Eduarda Duarte e Larissa Teixeira, com edição de texto de Gabriel Folena

1 comentário em “Copa de hambúrgueres: os melhores e os piores sanduíches comemorativos do McDonald’s

  1. Pingback: Copa do Catar: Argentina é campeã ao derrotar a França por 4 a 2 | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s