Esporte

Copa do Catar: Brasil dá adeus ao sonho do hexa em disputa nos pênaltis

Seleção perdeu por 4 a 2 para a Croácia, após empate sem gols no tempo normal e 1 a 1 na prorrogação

A bola rolou para o Brasil pela última vez na Copa do Catar. A partida foi contra a Croácia no estádio Education City, em Doha, nesta sexta-feira (9) e exibida às 12h no horário de Brasília. Com uma derrota por 4 a 2, nos pênaltis, depois de um empate em 1 a 1 na prorrogação, a seleção brasileira deu adeus ao sonho do hexacampeonato.

Com Neymar, Richarlison, Lucas Paquetá, Vini Jr. e Casemiro em campo, nomes que vinham trazendo ótimos resultados para a seleção brasileira, o time verde e amarelo enfrentou a equipe de Luka Modric, de 37 anos, jogador croata de destaque com 20 títulos conquistados durante sua estadia no Real Madrid.

A primeira tentativa de gol do Brasil veio cedo, pela chuteira de Vini Jr., mas a bola não balançou a rede. O goleiro Dominik Livakovik interceptou essa e mais três tentativas de gols brasileiros durante o primeiro tempo, que chegou ao fim no zero a zero. Apesar da insistência brasileira por ambos os lados do campo, as finalizações não foram bem sucedidas. Erros de passe da equipe, como cruzamentos para espaços vazios do campo, juntos à boa marcação croata, impediram o sucesso dos jogadores de Tite.

Vini Jr. foi responsável pela primeira investida do Brasil na partida contra a Croácia (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Além de Vini Jr., os responsáveis pelas investidas brasileiras, todas defendidas pelo goleiro da Croácia, foram Casemiro e Neymar, o último tendo tentado duas vezes — com um chute a gol na finalização de uma jogada, e na cobrança de uma falta para o time do Brasil. A posse de bola e a marcação acirrada do time croata, unidas ao desempenho de Livakovik defendendo a rede, tornaram a seleção europeia um adversário difícil.

O segundo tempo do jogo começou intenso, com investidas brasileiras mais ousadas desde os primeiros minutos. Pedro passou a integrar o time do Brasil em campo, e a equipe adversária seguiu consistente. Com ambas as torcidas animadas, novas defesas de Livakovik embalaram comemorações e frustrações nas arquibancadas. Entre elas, a intercepção de um escanteio brasileiro.

Neymar emplacou seu 77º gol pela seleção brasileira, quando fez o primeiro gol da partida, no fim da prorrogação. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Na prorrogação

Sob tensão, a partida seguiu para a prorrogação com dois tempos de 15 minutos, onde, no primeiro tempo, Neymar garantiu o primeiro e único gol do Brasil contra a Croácia. O acerto, entretanto, não deixou de fazer história. Sendo o 77º gol de Neymar com a camisa do Brasil, o atacante agora se iguala a Pelé, pela contagem da Fifa, como maior artilheiro da história da seleção brasileira com 77 gols. Para a CBF, que conta 95 gols de Pelé, o recorde do “Rei” ainda não foi alcançado pelo atual camisa 10 do time de Tite.

No segundo tempo da prorrogação, Fred substituiu Paquetá na escalação brasileira em campo e a Croácia marcou seu primeiro gol. O autor foi Petkovic, e esse não seria o único ponto garantido contra o Brasil pelo time croata.

Com o fim da prorrogação em empate, a partida seguiu para os pênaltis. Nesta etapa, a Croácia marcou 4 dos possíveis 5 gols. Com 2 gols e 2 erros do Brasil, o time estava eliminado antes mesmo do fim dos pênaltis. Os acertos da equipe verde e amarela foram garantidos por Casemiro e Pedro. Marquinhos acertou um chute na trave, o que selou a derrota do time. A seleção brasileira volta para a casa eliminada nas quartas de final.

A equipe croata volta ao campo no Catar na terça-feira (13), contra o vencedor da partida entre Holanda e Argentina, que acontece nesta sexta (9), às 16h.

As seleções da partida

Brasil: Alisson; Militão, Thiago Silva, Marquinhos e Danilo; Lucas Paquetá e Casemiro; Raphinha, Neymar e Vinícius Jr; Richarlison

Técnico: Tite

Croácia: Livakovic; Juranovic, Lovren, Gvardiol e Sosa; Brozovic, Modric e Kovacic; Pasalic, Kramaric e Perisic.

Técnico: Zlatko Dalic

Foto de capa: Lucas Figueiredo/CBF

Reportagem Gabriel Folena, com edição de texto de Daniela Oliveira

LEIA TAMBÉM: Copa do Catar: com chuva de gols, Brasil goleia Coréia do Sul e segue adiante
LEIA TAMBÉM: Pelé faz 80 anos: relembre sua carreira histórica

1 comentário em “Copa do Catar: Brasil dá adeus ao sonho do hexa em disputa nos pênaltis

  1. Pingback: “Mozões da Copa” mobilizam torcida interessada no time de gatos do Mundial | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s