Esporte

Atletas mostram apoio a Lewis Hamilton após falas racistas de Nelson Piquet

Em entrevista gravada em novembro do ano passado, ex-piloto brasileiro usa termo racista para se referir a Hamilton

Para os amantes do esporte, sobretudo os da Fórmula 1, a semana foi um tanto quanto chocante. Nos últimos dias, o brasileiro Nelson Piquet causou espanto e revolta nas redes ao se referir a Lewis Hamilton por um termo racista durante uma entrevista concedida em novembro do ano passado. Depois de as falas preconceituosas do ex-piloto saírem a público, Hamilton ganhou bastante apoio de outras personalidades do mundo do esporte.

Logo após tomar conhecimento do que aconteceu, o heptacampeão usou sua conta oficial no Twitter para rebater Piquet. Em um primeiro tweet, o britânico escreveu em português sobre a necessidade de mudar esse tipo de mentalidade.

Lewis continuou seu posicionamento numa segunda postagem, agora em inglês, na qual compartilhou ter sido alvo desse tipo de comportamento por toda sua vida, e afirmou que é hora de tomar uma atitude. 

Fora da Fórmula 1, atletas de diversos outros esportes republicaram os tweets de Hamilton e mostraram indignação com as falas ditas por Nelson Piquet. A tenista japonesa Naomi Osaka reforçou que já houve muito tempo suficiente para que as pessoas aprendessem a agir de forma diferente.

Já o francês Raphaël Varane, jogador do Manchester United, ressaltou em sua postagem que não há justificativa para racismo em qualquer ambiente ou carreira. 

Quem também prestou apoio ao piloto na rede social foi Nuno Tavares, futebolista português do Arsenal.

No mundo das pistas, o companheiro de Hamilton na Mercedes, George Russell, também veio a público para se manifestar. Em sua publicação, Russell apontou que não há nenhum outro piloto que fizesse tanto para o esporte quanto Lewis e que esse tipo de comportamento não pode mais ser tolerado. Além dele, outras equipes da Fórmula 1 também demonstraram apoio ao Inglês.

A equipe de Lewis Hamilton postou um manifesto repudiando as falas de Piquet

Vale ressaltar que ontem (30) foi vazado outro trecho da entrevista em que Piquet, além de novamente se referir a Lewis usando o termo “neguinho”, também usa expressão homofóbica ao comentar sobre o piloto. A gravação foi feita para o canal do YouTube chamado “Motorsports Talks”, que apagou o vídeo após a repercussão negativa dele na internet. 

Foto de Capa: Reprodução/Twitter

Anne Rocha (5º período), com revisão de Gabriel Folena (5º período)

LEIA TAMBÉM: Futebol brasileiro: crimes crescem dentro e fora do campo

LEIA TAMBÉM: Comissão para diversidade criada por Lewis Hamilton propõe mudanças no mundo do esporte

0 comentário em “Atletas mostram apoio a Lewis Hamilton após falas racistas de Nelson Piquet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s