Internacional

Cidade de Sydney, na Austrália, decide fazer lockdown durante duas semanas

Com o aumento de casos da variante Delta, a cidade decidiu fazer lockdown por duas semanas.

No último domingo, dia 27 de junho, a cidade de Sydney, na Austrália, tomou como medida para controlar o aumento de casos da variante Delta do Coronavírus, entrar em lockdown durante o período de duas semanas. Até agora, cerca de 110 pessoas desta localidade já sofreram contaminação. Já ao norte de Darwin, foi recomendado que as pessoas não saíssem de suas casas durante dois dias.

A Ministra do estado de Nova Gales do Sul, Gladys Berejiklian, através de uma entrevista coletiva na cidade de Sydney comentou que o governo australiano tem como possível previsão o aumento quanto ao número de casos referentes ao Coronavírus durante os dias que virão.

O país tem sido um dos mais eficientes no combate a Covid-19, superando até muitas regiões que possuem economias bem melhores. Desde que começou a pandemia em 2020, a Austrália chegou a contar 30.450 casos, com 910 mortes pelo vírus. Devido a isso o governo do país decidiu fechar as fronteiras, além de manter outras regras como o distanciamento social, provando que a população tem se comprometido em lutar de forma segura contra esse vírus mortal.

Máscaras e manter a higiene tem feito a população de Sydney ter números tão pequenos nos casos de Covid-19. (Foto: Unsplash)

Apesar de todas essas medidas, a Austrália tem sofrido bastante com o crescente aumento do número de casos durante os meses mais recentes. Por meio de rastreamento rápido de contato, isolamento de milhares de pessoas por vez ou lockdown rígido, tem se conseguido conter o aumento dos números. No último domingo, pelas 30 novas infecções encontradas em Sydney, fizeram com que os casos da variante Delta, que tem ligação com um cluster no bairro de Bondi, aumentassem para 110.

Vladimir Fernandes, professor do curso de Enfermagem da Universidade Veiga de Almeida, comenta sobre o grau de periculosidade da variante Delta, encontrada na Índia, e que pode apresentar múltiplas mutações, fazendo ser mais difícil o seu controle.

“A variante Delta apresenta uma possibilidade de transmissibilidade maior do que outras cepas. Estudos mostram que ela foi detectada em outubro de 2020, em Maharashtra, estado Indiano e se espalhou amplamente na Índia e em todo mundo. Trata-se de uma variante que pode apresentar múltiplas mutações, daí a sua dificuldade no controle. Ainda não é possível dizer se ela apresenta maior letalidade do que as outras cepas, mas ficamos na expectativa que a cobertura vacinal, seja eficaz contra esta variante também”, explica Vladimir.

O veloz aumento de casos e locais que foram expostos foram suficientes para que o governo tomasse as rédeas, fazendo um bloqueio, em que os cidadão só pudessem sair de suas casas para fazer compras, trabalho, educação, exercícios e cuidados médicos essenciais, sem exceções.

Leia Também: Novo feriado em homenagem ao fim da escravidão é comemorado nos Estados Unidos

Leia Também: Líderes da cúpula do G7 prometem doação de doses de vacinas para alguns países, com exceção do Brasil

Rafael Barreto – 8º período

1 comentário em “Cidade de Sydney, na Austrália, decide fazer lockdown durante duas semanas

  1. Pingback: Cidade de Sydney, na Austrália, decide fazer lockdown durante duas semanas – CURIOSIDADES NA INTERNET

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s