Ciência

Startup belga pretende produzir oxigênio e água na Lua em 2025

Projeto faz parte de uma nova etapa da corrida espacial e será utilizado em expedição realizada pela ESA.

A startup belga, Space Application Service (SAS), tem desenvolvido um equipamento capaz de transformar materiais encontrados em solo lunar em oxigênio e água. O objetivo é enviar tal maquinário em uma missão espacial realizada pela Agência Espacial Europeia (ESA) em 2025. Para entender melhor os desdobramentos dessa pesquisa, a Agência UVA entrevistou especialista e populares, afim de apurar o tema.

O Doutor em Astronomia, professor do instituto de Física da UFRJ e pesquisador do Museu de Astronomia e Ciências Afins, Vladimir Jearim Peña Suarez, comentou sobre o propósito da expedição:

“O projeto da startup belga é colocar em operação estes métodos, que virão não apenas aprimorar o processo de produção de gás de oxigênio, como melhorar nossa compreensão sobre o efeito da gravidade reduzida na dinâmica de processos usados para a obtenção deste gás. Conseguindo uma implementação sucedida desta empreitada, aumenta também a viabilidade da futura exploração de Marte”, explica o Doutor.

Ao ser questionado sobre os fatores motivacionais para tal empreitada, Vladimir ressalta se tratar de uma nova forma de corrida espacial, ainda com objetivos militares, mas com a pretensão de, cada vez mais, ser associada a cidadãos que não possuem vínculos com o setor aeroespacial:

”A nova corrida espacial pode trazer oportunidades para desenvolvimentos tecnológicos mais audaciosos, que permitam aproximar a indústria aeroespacial dos cidadãos não vinculados com o setor. Contudo, os objetivos centrais da corrida espacial e destas empreiteiras continuam sendo projetos mais atrelados ao setor militar do que a setores como desenvolvimento humano ou à ciência básica”, elucida Vladimir.

O professor ressalva que o sucesso da empreitada seria capaz de criar um meio ambiente habitável, podendo servir de alternativa, caso a saúde do planeta Terra se deteriore ainda mais futuramente:

”O eventual sucesso da extração de oxigênio e de água poderiam ser a solução em um cenário quase apocalíptico, de falta de água e poluição do ar na Terra”, conjectura o pesquisador.

Segundo ele, a perspectiva de iniciativas como esta sugere um desenvolvimento tecnológico quase de “ciência ficção”, que de fato faz parte dos projetos de curto prazo de potências como a União Europeia ou os Estados Unidos. Porém, ele traz um questionamento:

“Contudo, convém perguntar se, além de buscar formas alternativas para obter recursos primordiais para a vida como a água, também não seria urgente endurecer as políticas de preservação ambiental e realizar a migração para matrizes de produção de energia mais sustentáveis?”, questiona Vladimir.

Para o estudante de Engenharia de Produção, Victor Lourenço, os esforços para se criar um ambiente saudável na Terra e desenvolver recursos para a obtenção de fontes de vida em outros locais são diferentes e não se anulam:

“Acredito ser fundamental o desenvolvimento, teórico e prático para a criação de condições de se habitar lugares impróprios para a vida humana. Entretanto, ainda é necessário resolvermos os problemas do nosso planeta, seja em termos sociais ou ambientais”, ressalta Victor.

Já o fotógrafo José Antonio Ciocca de Oliveira, de 66 anos, acredita que o futuro da humanidade passa pelo olhar atento das possibilidades de habitação extraterrestre: “É fundamental estarmos atentos aos outros astros, não apenas à lua”, alerta José Antonio.

LEIA TAMBÉM: Pesquisador do Museu de Astronomia (MAST) avalia perspectivas do programa espacial americano
LEIA TAMBÉM: Como a indústria de games se tornou uma das mais rentáveis em um mercado tão competitivo

Gabriel Figueiredo – 1º Período

0 comentário em “Startup belga pretende produzir oxigênio e água na Lua em 2025

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s