Saúde

Brasil registra 526 mil casos de Covid-19

Rio anuncia reabertura gradual a partir de um plano de seis fases organizado pela Prefeitura

O Ministério da Saúde relatou que o número de mortes confirmadas por complicações da Covid-19 no Brasil chegou a 29.937 nesta segunda-feira (1). Ainda de acordo com o Ministério, o país registra um total de 526.447 casos confirmados, sendo que 211.080 pessoas já se recuperam da doença até o momento.

Com esta contagem de óbitos, o Brasil passa a ser o quarto país no mundo com o maior número de mortes causadas pelo coronavírus, ficando atrás somente dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Itália.

Fonte: Ministério da Saúde

LEIA MAIS: Governo muda tom da comunicação sobre Coronavírus

Apesar de não contar com um ministro oficial no comando desde a demissão de Nelson Teich nas últimas semanas, o Ministério da Saúde segue promovendo ações e campanhas para combater a pandemia no Brasil. Nesta segunda, foi inaugurado, na cidade de Manaus (AM), o primeiro hospital das Américas focado no atendimento exclusivo de indígenas com Covid-19.

Para garantir a transparência dos gastos com a pandemia, o Ministério da Economia publicará um relatório, a cada 30 dias, com os valores e o custo das operações de crédito realizados durante a vigência do estado de calamidade pública.

Reabertura gradual das atividades no Rio de Janeiro
O governo do município do Rio de Janeiro anunciou um plano de reabertura gradual das atividades na cidade, nesta segunda-feira (01). Com o intuito de promover aos poucos a volta do funcionamento do comércio e do lazer depois de um longo período de pandemia, o planejamento será divido em seis fases diferentes, cada uma com regras e permissões especificas que vão se tornando menos estritas de acordo com a diminuição de casos de Covid-19 no Rio.

“O afastamento social é importante para evitar contágio. Precisamos ter equilíbrio e contar com a colaboração de todos. Mas temos que nos preocupar com outras comorbidades. Estamos com pacientes graves de outras doenças que nada têm a ver com coronavírus, mas que, com medo de contaminação, deixaram de ir aos hospitais e estão morrendo. O isolamento social deixa por exemplo esses efeitos colaterais. Temos que nos atentar e preocupar com todos”, explicou o prefeito Marcello Crivela, no anúncio.

Plano da prefeitura para reabertura gradual do Rio em seis fases. Foto: Reprodução

A prefeitura também estabeleceu uma série de regras e recomendações que serão válidas para todas as etapas do plano. Denominadas como “Regras de Ouro”, elas estabelecem um conjunto de etiquetas que precisam ser implementadas no dia a dia do cidadão carioca afim de combater a transmissão do vírus do Covid-19.

LEIA MAIS: Coronavírus: brasileiros residentes na Europa falam sobre seu isolamento

De acordo com lista de “Regras de Ouro”, será necessário utilizar máscaras em locais públicos, exceto na hora de se alimentar; higienizar constantemente as mãos com álcool em gel, que também deve estar disponível em locais de grande circulação; respeitar uma distância mínima entre dois ou quatro metros quadrados entre as pessoas; evitar o uso de elevadores; equipes de limpeza deverão trabalhar com equipamentos de proteção individual e a higienização dos espaços deve ser feita a cada três horas.

A primeira fase da reabertura de atividades acontece no dia 8, quando a prática de atividades e esportes ao ar livre voltará a ser permitida – uso do calçadão e natação ou surfe no mar. Além disso, shoppings e centros comerciais poderão funcionar no período de 12h às 20h, desde que sigam os protocolos de prevenção determinados pela prefeitura.

Até o dia 21 de junho, está proibido a realização de aulas presenciais em escolas públicas e privadas, além do fechamento de cinemas, teatros, eventos com público, shows, casas de festas, passeatas e academias de ginástica. Cada prefeitura tem autonomia para fazer seu próprio decreto, e seguir ou não as recomendações do governador.

Para acompanhar diariamente as informações, fique de olho nas redes sociais do Ministério da Saúde.

LEIA MAIS: Aulas de meditação proporcionam bem-estar durante quarentena

Rhuan Bastos – 7º período

0 comentário em “Brasil registra 526 mil casos de Covid-19

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s