Comunicação

Secom Conecta debate Agenda 2030 da ONU em três dias de conferência

Primeira edição online do evento contou com assessora da ONU, profissionais da comunicação e da biologia, e reuniu 4.500 pessoas

Na última segunda-feira (27), teve início a Semana da Comunicação, na Universidade Veiga de Almeida. Do tema, focado na Agenda 2030, ao formato, no qual cada tela de computador ou celular se transformou em auditório, a 16ª edição do evento aconteceu com muita de inovação e criatividade, requeridas para passar pelo momento de pandemia no qual se encontra o mundo.

Organizada por alunos de Comunicação Social — Jornalismo e Publicidade — a programação contou com 5 lives, que foram transmitidas pelo canal oficial do evento, no YouTube. Durante os três dia de conferência, a organização contabilizou 4.500 participações, que interagiram em tempo real com os palestrantes, por meio do chat da plataforma.

Primeiro dia (27/04)

A abertura, às 9:30h, contou com a idealizadora do evento, a professora Ana Rosado, apresentando o processo de produção da Secom para plataformas online. A coordenadora de Publicidade, Ediana Avelar, e o de Jornalismo, Luís Carlos Bittencourt, também marcaram presença no primeiro momento da conferência, que culminou no discurso de Bia Balena, reitora da UVA. Para ela, discutir a Agenda 2030 no meio universitário é de suma importância. A pandemia pela qual o mundo passa é fator de complemento para a reflexão. Através da Secom Conecta, “eu vejo que existe aprendizado em todos os momentos da vida”, conclui Bia Balena.

Idealizadora da Secom, coordenadores dos cursos de Publicidade e Jornalismo e reitora da UVA fizeram a abertura do evento.
(Foto: Reprodução/YouTube)

A primeira palestra do evento, “A Agenda 2030 e a Comunicação”, começou em seguida, dirigida pela Assessora de Comunicação da ONU no Brasil, Roberta Caldo. De forma lúdica, Roberta apresentou os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), trabalhando temas como sustentabilidade e cidadania. Em reação, os participantes do evento, majoritariamente alunos, interagiram com muitas perguntas, devidamente respondidas pela representante da Organização das Nações Unidas.

Alunos da UVA publicaram sobre o evento nas redes sociais durante toda a palestra. (Foto: Reprodução/Instagram)

Às 19h, o debate “Comunicação em tempos de Fake News” contou com a presença da jornalista Suzana Liskauskas, colaboradora do Valor Econômico, e Marcos Vinicius Guimarães, da bancada científica de biologia molecular. Durante a discussão, Suzana ressaltou a responsabilidade da grande mídia em traduzir a linguagem científica para toda as pessoas. Além disso, a jornalista defendeu que os meios de comunicação precisam mostrar a ciência para o público de forma simples e real.

“Nós, jornalistas, não devemos endeusá-la, como foi no início do jornalismo científico, nem demonizá-la. Precisamos mostrá-la de forma real, mostrando quem é o cientista e como é feita a pesquisa”, explica.

Suzana Liskaukas, a respeito da postura jornalística diante da ciência.

Em continuidade, o debate abordou o fenômeno das redes sociais, no qual todos querem ter um minuto de repórter. “Quando é o momento ápice da carreira do jornalista? O furo, ou seja, quem dá a notícia primeiro. Então, para as pessoas, nos dias atuais, o furo é quem dá a notícia primeiro no grupo da família”, comenta. Para verificar a veracidade de informações, Marcos sugeriu aplicativos e sites de checagem desenvolvidos por especialistas. O biólogo defende o diálogo empático para combater a disseminação de notícias falsas. “Acho que a pessoa fica muito mais aberta para ouvir. Eu sei que é difícil e que, muitas vezes, o outro não quer escutar o que a gente tem para dizer, mas acho que precisamos tentar”, orienta Marcos.

A jornalista e o biólogo abordaram as diferentes formas de informações falsas e o impacto destas na discussão científica.
(Foto: Reprodução/Youtube)

O primeiro dia de Secom terminou com um momento de perguntas e respostas. Os palestrantes agradeceram pelo engajamento dos alunos e professores. “Que bom que vocês estão perguntando. Sinal de que estão gostando do conteúdo”, finalizou Suzana Liskaukas.

Segundo dia (28/04)

O segundo dia do evento começou com a presença marcante de Fred Gelli, CEO da Tátil Design. A palestra, que rendeu mais de 500 visualizações, trouxe relatos da vida e da carreira do designer, listado entre os 100 profissionais mais criativos do mundo.

Fred sempre apostou em uma comunicação que desperte os sentidos do público, além do visual, e apresentou projetos como a identidade olímpica e paraolímpica da Rio-2016: “O projeto mais importante das nossas vidas. Você tem uma caneta e tem que representar uma cidade”, conta. Outras marcas com nomes globais, como Coca-Cola, Netflix, Natura e Danone também são clientes da Tátil Design. Para o publicitário, o segredo do protagonismo das marcas é saber e focar no seu lugar de potência.

O designer Fred Gelli, CEO da Tátil Design, aposta em futuro conciliatório entre desenvolvimento tecnológico e ecologia. (Foto: Reprodução / YouTube)

Pensando além das marcas, Fred Gelli apresentou ao público o “desafio evolutivo”, no qual a ideia é pensar em inovação e focar sempre na natureza e nos cuidados com o planeta, além de mostrar maneiras de como transformar uma companhia em “empresa verde”. Ao longo da palestra, ele focou em estratégias voltadas a preservação ambiental e trouxe exemplos de campanhas que trabalham com iniciativas ecológicas.

A palestra serviu de inspiração e incentivo para muitos alunos de Comunicação Social (Foto: Reprodução/Instagram)

O debate sobre a série “Cidades Possíveis”, com Eduardo Goldenstein, cineasta e diretor da série, e Evângelo Gasos, professor de audiovisual da UVA, encerrou o segundo dia da Secom. O encontro, totalmente virtual, contou com participação de 691 estudantes, que interagiram a todo momento com os palestrantes.

“Cidades Possíveis” coloca em questão novas possibilidades de vida nas cidades brasileiras por meio de práticas sustentáveis e criativas. Em conformidade, foram debatidos os desafios de atuar em prol da sustentabilidade diante dos contextos econômico, político, social, ambiental e demográfico atuais. Eduardo e Evângelo também abordaram a relação do Homem com a Natureza, de acordo com as propostas da Agenda 2030.

Documentário sobre sustentabilidade urbana pautou a 4ª palestra da Secom Conecta. (Foto: Reprodução/YouTube)

Terceiro dia (29/04)

O fotógrafo Bruno Itan foi o responsável pelo encerramento da Semana da Comunicação. Após três dias de transmissões online, a apresentação “Diário de um fotógrafo no Complexo do Alemão em tempos de pandemia” fechou o evento com chave de ouro. Em clima de despedida, a última palestra foi acompanhada por cerca de 200 estudantes e professores, que se emocionaram com os relatos do palestrante.

O pernambucano Bruno Itan veio ao Rio em busca de oportunidades e aqui descobriu a vocação para a fotografia. (Foto: Reprodução/Youtube)

Com sorriso no rosto e muita simpatia, Bruno Itan iniciou a palestra narrando as dificuldades que enfrentou como fotógrafo, sendo morador de comunidade. O pernambucano revela, emocionado, o sonho de compartilhar a verdadeira essência da vida na comunidade para o mundo, realizado através da fotografia. “Eu procuro sempre mostrar a visão do morador”, destaca. Os espectadores conferiram parte do portfólio, cada foto acompanhada de profundas histórias. Dos altos e baixos da vida na comunidade e dos sorrisos inspiradores das crianças até os momentos de desespero durante tiroteios, são esses os cenários captados pelas lentes de Bruno.

Por fim, ele detalhou a situação dos moradores da comunidade durante o isolamento decorrente da pandemia. Com vídeos e relatos, Bruno opinou sobre o descaso dos governos a respeito das comunidades e exaltou o papel da fotografia na missão de ajudar a trazer melhores condições de vida para os moradores de lá.

O olhar fotográfico de Bruno Itan atenta às realidades da comunidade na perspectiva dos moradores. (Foto: Reprodução/YouTube)

A primeira Semana da Comunicação online terminou com alunos e professores pedindo bis. Ediana Avelar, coordenadora do curso de publicidade, endossa: “A Secom Conecta é um marco na série histórica de todas as Semanas de Comunicação da UVA! Ela se reinventou, foi disruptiva, e levou aos alunos a mesma qualidade de conteúdo das demais edições, dentro de um formato que ainda não havia sido experimentado”, comenta.

O coordenador do curso de Jornalimo da UVA, Luís Carlos Bittencourt, acredita ainda que a Secom foi um marco na universidade e ressalta o alcance do evento. “Tivemos até a presença de estudantes de outras universidades, o que para nós é muito gratificante, porque mostra que a Semana de Comunicação da UVA é relevante e desperta a atenção de outras comunidades. O Conecta foi tão importante para nós que deverá se transformar em evento permanente. A pandemia é uma tragédia social, mas está mostrando que a videoconferência e a comunicação virtual fazem parte de uma experiência que está só começando. A Secom Conecta faz parte dessa evolução tecnológica no ensino”, conclui o coordenador.

O evento registrou 4.500 participantes no total e espectadores se manifestaram positivamente através de extensa interação com os palestrantes. Após três dias bem sucedidos desta experiência inédita, fica a expectativa de que, de uma solução criativa para os tempos difíceis gerados pela pandemia, a Secom Conecta se torne um legado definitivo para todos os anos seguintes.

Vale lembrar que é possível rever todas as palestras pelo canal da Secom 2020, no Youtube.

Colaboração Agência UVA e Assessoria de Imprensa Secom 2020

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

2 comentários em “Secom Conecta debate Agenda 2030 da ONU em três dias de conferência

  1. Pingback: Semana de Meio Ambiente começa abordando a relação entre Covid-19 e poluição | Agência UVA

  2. Pingback: Curso de Comunicação da Veiga de Almeida completa 25 anos | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s