Esporte

Brasileiros dominam lutas no UFC e Bellator

Demian Maia e Douglas Lima marcam fim de semana perfeito para o MMA brasileiro

Em uma das lutas mais aguardadas do segundo semestre, o veterano Demian Maia venceu o norte-americano Ben Askren na luta principal do UFC Cingapura, na manhã do último sábado (26). Já no Bellator, Douglas lima venceu o torneio dos pesos meio-médio levando para casa o cinturão e R$ 4 milhões como prêmio.

Na luta de Demian Maia havia um fator que gerava interesse e curiosidade entre o público: Tanto Maia como Askren são especialistas em luta agarrada. O brasileiro é faixa preta de jiu-jitsu, está entre os maiores finalizadores da história do UFC, e Askren é um dos atletas mais condecorados do wrestling americano, sendo 4 vezes um dos melhores lutadores do ano (All American), e com uma participação olímpica no currículo.

Mesmo com toda a habilidade no chão, os primeiros rounds da luta se desenvolveram em pé, estilo no qual Maia é muito superior. Askren é um grande wrestler, mas no kickboxing é praticamente um amador. Apenas no final do terceiro round a luta foi para o chão onde Maia rapidamente conseguiu impor seu jogo finalizando a luta com um estrangulamento de uma mão só.

O treinador de MMA Rogério de Freitas comenta sobre a luta: “Honestamente, achei que seria mais difícil para o Demian. Estava esperando uma disputa equilibrada no chão, mas a luta começa em pé, e o Askren em pé é um desastre, não tem a menor técnica, parece até ser mal treinado nesses fundamentos. O Demian aguentou bem em pé, tem um boxe bem decente, e fez a parte dele no chão”, comenta.

Douglas Lima faz história no Bellator

Na final do GP peso meio-médio do Bellator, o brasileiro Douglas Lima derrotou o canadense Rory MacDonald e recuperou o cinturão da categoria. Em janeiro de 2018, Douglas havia perdido o título para o próprio MacDonald. Com um novo formato de disputa, Douglas ainda precisou vencer outros dois adversários até conseguir sua revanche.

Sendo dominante por todos os cinco rounds da disputa, o brasileiro venceu com decisão unânime dos juízes. Douglas, além do cinturão, voltou para casa com um cheque de US$ 1 milhão, cerca de 4 milhões de reais como prêmio de campeão do GP. Ele agora se junta a outro brasileiro no hall dos campeões: Patrício ‘Pitbull’ Freire, dono do cinturão dos pesos leve e pena.

Douglas Lima conquista GP peso meio-médio do Bellator (Foto: Reprodução/Twitter)

Rogério de Freitas comenta também sobre Douglas e os brasileiros no Bellator: “O Douglas é um dos melhores lutadores brasileiros hoje. Às vezes, as pessoas pensam que um lutador, por não estar no UFC, não está entre os melhores, pelo contrário, tanto o Douglas como o Fabrício, hoje lutam contra qualquer um nos seus pesos”, afirma.

Daniel Fernandes – 8º período

0 comentário em “Brasileiros dominam lutas no UFC e Bellator

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s