Esporte

No ‘Dia do Flamenguista’, torcedores falam de sua paixão

No dia do torcedor rubro-negro (28 de Outubro), a Agência UVA entrevistou rubro-negros loucos pelo time, incluindo o "Gabigol da Torcida"

O dia 28 de Outubro, que também é Dia de São Judas Tadeu, padroeiro do Flamengo, tem um significado especial para os torcedores rubro-negros, pois é comemorado o ‘Dia do Flamenguista’. A data especial foi decretada oficialmente pelo então Prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, no dia 15 de Outubro de 2007.

No ‘Dia do Flamenguista’, a Agência UVA entrevistou rubro-negros loucos pelo clube, acompanhou as declarações ao Flamengo nas redes sociais – e produziu um vídeo com melhores momentos do time (confira no fim da matéria).

Jeferson Sales, conhecido como “Gabigol da Torcida”, demonstra sua paixão pelo rubro-negro na forma com a qual se identifica com o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol. Ele ficou conhecido por sua semelhança com o atacante e já foi confundido várias vezes com o craque. Quando fala sobre o Flamengo, se emociona:

“O sentimento é inexplicável! É amor, paixão, toda vez que estou nos estádios e ouço a torcida cantando, é de arrepiar”, diz ele, que além de corte de cabelo e barba parecidos com os do ídolo, imita a pose e o gestual do jogador.

“Normalmente quando chego nos estádios, recebo muito carinho da torcida. Não só da torcida do Flamengo, mas de outros clubes. Isso me marca bastante, ainda mais quando crianças vêm correndo me abraçar e até pensam que realmente sou o Gabigol”, comenta o torcedor. O sósia de Gabigol ainda exalta a atual situação do clube carioca.

“A expectativa é sempre a melhor possível, ainda mais porque o Flamengo não está com um time, está com uma seleção. O Rafinha, o Felipe Luís, o Gerson se encaixaram bem! O time está jogando muito”, diz Jeferson.

Maryane Araújo é apaixonada pelo Flamengo. (Foto: Arquivo Pessoal)

Assim como Jeferson, a estudante Maryane Araújo (foto ao lado) é apaixonada pelo Flamengo. “Fazer parte dessa nação é incrível! Sou flamenguista por escolha própria, por amor! Foi algo que aconteceu naturalmente, por paixão! Ter esse amor todinho por essa nação é extraordinário!”, declara a estudante.

José Carlos Napoleão transmitiu o amor pelo Flamengo para os filhos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Outro torcedor que nutre uma paixão rubro-negra é o professor de história José Carlos Napoleão.

“Ser Flamengo é acordar no dia do jogo com o coração disparado na expectativa de que o jogo acabe bem. O Flamengo é maior do que talento, é vibração! Flamengo até morrer eu sou!”, comenta.

O docente, desde a infância, é apaixonado pelo Clube e transmitiu esse amor para os filhos Daniel e Mariana . “Não sei dizer o momento exato em que me tornei flamenguista. Quando dei por mim, já estava na rua correndo de um lado para outro, comemorando com os meus amigos o campeonato brasileiro de 1992. Quando percebi, meus filhos já estavam comigo na sala fazendo o mesmo que eu”, declara.

Nas redes sociais a torcida comemorou o dia. A hashtag #diadoflamenguista esteve em primeiro lugar entre os trends topics do Twitter.

Gabriel Murillo Monteiro e Tainá Valiati – 7º Período

0 comentário em “No ‘Dia do Flamenguista’, torcedores falam de sua paixão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s