Esporte

Brasileiro aparece entre os dez indicados ao Prêmio Puskás

Matheus Cunha, atacante do RB Leipzig é o único brasileiro presente na lista divulgada pela Fifa com os 10 gols que concorrem ao prêmio

A Fifa divulgou a lista dos dez indicados ao prêmio Puskás, oferecido ao autor do gol mais bonito do ano. O brasileiro Matheus Cunha, atacante de 20 anos do Red Bull Leipzig, da Alemanha, está entre os selecionados. Ele disputa, por exemplo, contra Lionel Messi, do Barcelona, e Ibrahimovic, do Los Angeles Galaxy.

O gol do paraibano Matheus Cunha, que iniciou sua carreira profissional no Sion, da Suíça, e defende as seleções de base do Brasil, entrou na disputa pelo golaço por cobertura anotado pelo Leipzig contra o Bayer Leverkusen, no dia 6 de abril deste ano, pelo Campeonato Alemão. Aos 38 minutos do segundo tempo, o atacante recebeu na esquerda da área, girou para cima de Wendell (outro brasileiro) e tocou de cavadinha sobre o goleiro Hradecky.

Clique aqui para ver o gol do brasileiro:

Matheus Cunha vai tentar conquistar o terceiro Puskás de jogadores brasileiros. Em 2011, Neymar foi o vencedor com o gol marcado pelo Santos diante do Flamengo, e em 2015, Wendell Lira faturou o troféu atuando pelo Goianésia. O prêmio, batizado em homenagem ao lendário jogador húngaro Ferenc Puskás, que morreu em 2006, foi criado pela Fifa em 2009.

Golaço de Matheus Cunha, do RB Leipzig, concorre ao Prêmio Puskás. (Foto: Reprodução/Twitter)

Já Lionel Messi, entrou na disputa por conta do seu terceiro gol na goleada de 4×1 do Barcelona sobre o Betis em março deste ano, pelo Campeonato Espanhol. Da entrada da área, o argentino deu um toque de cobertura sobre o goleiro para consagrar sua grande atuação. Não à toa, foi aplaudido de pé pela torcida adversária na ocasião.

Terceiro gol de Messi, do Barcelona, na goleada sobre o Betis também concorre ao Puskás. (Foto: Reprodução/Aitor Alcalde-Getty Images)

Clique aqui para ver o gol de Messi:

A lista também conta com Ibrahimovic e seu golaço no estilo “taekwondo” na derrota da sua equipe, o LA Galaxy, por 5 a 3 para o Toronto, em setembro do ano passado, pela Major League Soccer. Foi o gol de número 500 na carreira do atacante sueco.

Zlatan Ibrahimovic em ação pelo Los Angeles Galaxy. (Foto: Divulgação/Kirby Lee-USA TODAY Sports)

Clique aqui para ver o gol do sueco:

O estudante de jornalismo, Dorval de Lima, destaca a importância para o futebol brasileiro, de ter um jogador do país indicado para o Prêmio Puskás.

” Acho super importante, pois, dá ainda mais visibilidade ao nosso futebol. Apesar do Puskás não ser um prêmio tão importante como o de melhor jogador do mundo”, afirma.

A competição foi criada em 20 de Outubro de 2009, pelo então presidente Joseph Blatter, a fim de premiar o jogador que marcou o gol mais bonito do ano. Na visão do estudante de administração, Léo de Melo, a premiação pode atrair os olhares para muitos jogadores.

“Acho a premiação válida. Evidente que os prêmios “principais” sempre serão os mais visados pela imprensa esportiva e pelos fãs, mas a criação desse prêmio às vezes pode dar a oportunidade para que jogadores sem tanta visibilidade sejam mais conhecidos em todo mundo”, comenta.

Dorval relembra o caso do ex-atacante Wendel Lira, vencedor do Prêmio Puskás de 2015: “Lembro muito bem do apelo que foi no ano em que o Wendel Lira foi campeão. A mobilização nas redes sociais foi gigante em prol do voto para o atacante. A emoção dele ao ver que ganhou, por estar em uma premiação com Cristiano Ronaldo, Messi e outros craques. Foi lindo de se ver. Ele ainda deu show de humildade”, conta.

Opinião dos entrevistados de quem deve vencer esse ano:

Dorval de Lima: ” Esse ano temos o gol do Matheus Cunha que foi lindo. Deu um 360 no zagueiro e encobriu o goleiro na saída dele. Mas eu sou fã de gol de centroavante. Por isso, não tem como não votar no sueco Ibrahimovic. Aquela bola que vem e ele tira um giro acrobático deixando o goleiro sem reação dentro do gol. Maravilhoso de se ver”.

Léo de Melo: “Difícil decisão, mas fico com o gol do atacante Fabio Quagliarella”.

Os 10 gols foram escolhidos por especialistas da Fifa e respeitaram o período entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho de 2019. A votação que vai eleger os três finalistas é popular e estará aberta ao público até o dia 1° de setembro. Basta entrar no site da Fifa e votar.

Veja a lista dos concorrentes:

MATHEUS CUNHA: (Brasileiro), RB Leipzig – 6 de abril de 2019, contra o Bayer Leverkusen

ZLATAN IBRAHIMOVIC: (Sueco), LA Galaxy – 15 de setembro de 2018, contra o Toronto FC

LIONEL MESSI: (Argentino), Barcelona – 17 de março de 2019, contra o Betis

AJARA NCHOUT: (Camaronesa), Camarões – 20 de junho de 2019, contra a Nova Zelândia

FABIO QUAGLIARELLA: (Italiano), Sampdoria – 2 de setembro de 2018, contra o Napoli

JUAN FERNANDO QUINTERO: (Colombiano), River Plate – 10 de fevereiro de 2019, contra o Racing

AMY RODRIGUEZ: (Norte-americana), Utah Royals – 16 de junho de 2019, contra o Sky Blue FC

BILLIE SIMPSON: (Irlandesa), Cliftonville Ladies – 9 de agosto de 2018, contra o Sion Swifts Ladies

ANDROS TOWNSEND: (Inglês), Crystal Palace – 22 de dezembro de 2018, contra o Manchester City

DÁNIEL ZSÓRI : (Húngaro), Debrecen – 16 de fevereiro de 2019, contra o Ferencváros TC

Gols de todos os indicados:

Luhan Alves- 6º Período

1 comentário em “Brasileiro aparece entre os dez indicados ao Prêmio Puskás

  1. Pingback: Fifa anuncia os finalistas do prêmio de melhor do mundo | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s