Programa do Viva Rio capacita jovens para o mercado de trabalho

Hoje, encontrar um espaço no mercado de trabalho é um desafio cada vez mais presente no Brasil. Para conquistar uma vaga de emprego, as empresas procuram um profissional qualificado que execute diversas funções. Pensando nisso, o Programa Impulsionando Talento (PIT), da Organização Social Viva Rio, desenvolveu um projeto com base na Lei da Aprendizagem, que busca capacitar os jovens do Morro do Cantagalo a se adequarem a essa nova realidade.

O programa tem um período inicial de três semanas e trabalha com diversos mecanismos que auxiliam os alunos a desenvolver habilidades e competências por meio de treinamentos. Entre eles, estão temas ligados ao processo seletivo, como dinâmicas de grupo, técnicas de estudo e concentração, além de técnicas como de apresentação, redação, português e elaboração de currículo.

Formatura contou com a participação de coordenadores e responsáveis pelo programa Foto Amaury Alves Viva Rio

A formatura contou com a participação de coordenadores e responsáveis pelo programa [foto: Amaury Alves/ Viva Rio]

Após a fase de treinamento, os jovens estão aptos a ser inseridos no mercado de trabalho e competir com pessoas já qualificadas. O programa também oferece um diploma que tem como objetivo certificar que todos tenham mérito para participar de qualquer processo seletivo, com base no conhecimento e na capacitação ofertada durante este período.

 

Alunos celebram a conquista do diploma recebido Foto Amaury Alves Viva Rio

Alunos celebram a conquista do diploma [foto: Amaury Alves/ Viva Rio]

A pedagoga do Viva Rio, Aurelita Vieira Rodrigues, ressalta que na última formatura realizada foi possível perceber que todos estão capacitados para o mercado de trabalho. “É uma ótima oportunidade de preparação, além de ser um momento de construção em que eles podem vivenciar esta prática e até mesmo gerar oportunidades”, explica.

Já o coordenador de Educação e Oportunidade do Viva Rio, Francisco Barreto Araujo, afirma que esse programa superou as expectativas e abriu portas para os alunos de diferente maneiras. “O PIT surge também com esse impacto mais subjetivo na autoestima e isso faz com que eles sonhem cada vez mais alto”.

Durante a cerimônia, os alunos se reuniram com a família para registrar o momento Foto Amaury Alves Viva Rio

Durante a cerimônia, os alunos se reuniram com a família para registar o momento [ foto: Amaury Alves/ Viva Rio]

Além de promover a experiência, o programa desenvolveu uma característica que muitos gestores prezam em um profissional: a segurança. A estudante de Relações Humanas Beatriz Freire, de 19 anos, conta que não esperava alcançar essa proeza em um curto prazo. “Lembro que após a minha formatura participei de três processos seletivos e fui contratada por uma empresa como jovem aprendiz. O PIT mudou minha vida”, comemora.


Carlos Brito e Larissa Lopes

*Reportagem realizada para o Projeto Interdisciplinar em Jornalismo I – Impresso.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s