Esporte

Flamengo tropeça na Arena da Baixada em jogo com polêmica

Após abrir 2x0, o rubro-negro carioca se perde em campo, cede ao empate no segundo tempo e perde a chance de encostar no líder Atlético Mineiro.

Athletico Paranaense e Flamengo se enfrentaram na tarde desta terça-feira (02) em jogo que havia sido adiado, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo terminou empatado em 2 a 2, com dois gols de Gabigol para o Flamengo, e de Renato Kayzer e Bissoli para o Athletico. A partida teve contornos dramáticos e intensos, e as confusões acabaram se estendendo até o vestiário dos clubes, com fortes discussões entre atletas e membros da diretoria.

No primeiro tempo, o time carioca sofreu nos primeiros 10 minutos de jogo, mas acabou conseguindo controlar a partida após o primeiro gol de Gabriel Barbosa, aos 17 minutos. Logo em seguida, aos 28 minutos, Gabi encobriu o goleiro Santos e fez um gol de placa na Arena, abrindo 2 a 0 para o Flamengo.

Gabigol na partida desta terça-feira (02) na Arena da Baixada, contra o Athletico Paranaense. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A partir daí, o Flamengo tomou o controle da partida e tudo poderia ter ficado mais tranquilo após expulsão de Renato Kayzer, atacante do CAP. Porém o árbitro foi chamado para rever o lance e voltou atrás do cartão vermelho do atleta. A decisão acabou causando muita discussão nas redes, e contou até com reclamação de Bruno Henrique, atacante do time carioca, que não jogou a partida de hoje, que depois foi apagada pelo atleta.

Na segunda etapa o Athletico, que parecia já derrotado, veio com tudo e deu início a um ataque para cima do Flamengo. O time de Curitiba começou a pressionar e parecia questão de instantes até achar o gol que colocaria o CAP de volta no jogo. Aos 19 minutos, surge a polêmica.

Renato Kayzer, atacante que havia sido expulso no primeiro tempo, e teve cartão anulado pelo árbitro de vídeo, marcou o primeiro gol do Athletico e iniciou a remontada do ‘furacão’ athleticano. Um minuto depois o CAP chegou a empatar em lance com Terans, mas o gol foi anulado por impedimento.

Os 25 minutos finais foram de pura pressão do Athletico pelo empate e, enquanto o CAP ia pra cima, o técnico do Flamengo Renato Gaúcho, ‘empilhava’ jogadores no setor defensivo do time carioca, que acabou pagando o preço. Aos 49 minutos de jogo, já nos acréscimos, o Flamengo levou um gol.

Ao final da partida, Éverton Ribeiro apareceu na zona de entrevista para falar sobre o tropeço do time carioca, que agora se distanciou do Atlético Mineiro na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro.

“No 1° tempo nós controlamos o jogo, mas no 2° fomos realmente abaixo, paramos de jogar. O Kayzer, que fez gol, também era pra estar expulso, mas enfim… Sabemos que ficou difícil para o título, mas vamos até o final”, afirmou.

Disse Éverton Ribeiro, meia do Flamengo

Já Bissoli, jogador do CAP, evitou as polêmicas e preferiu falar só do resultado. “Não era o que queríamos, já que buscávamos a vitória, mas jogar contra o Fla é sempre difícil. Acho que esse ponto foi importante e vai nos ajudar de alguma forma lá na frente”, afirmou o jogador.

Na saída para os vestiários, o técnico do Athletico Alberto Valentim, Gabigol e dirigentes dos dois clubes saíram discutindo e acabaram se estranhando, aumentando o clima de tensão. Apesar da distância para o Atlético Mineiro, o Flamengo agora vai a campo na próxima sexta-feira (05) às 21h30 no Maracanã, para cumprir mais uma partida atrasada, dessa vez contra o Atlético Goianiense, válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Athletico PR 2 x 2 Flamengo

Árbitros e Auxiliares: Marielson Alves, Leandro Ferreira Lima, Alessandro Alvaro da Rocha e Elicarlos Franco de Oliveira

Gols: Gabigol aos 17′ e aos 28′; Renato Kayzer aos 18′ (2°T) e Bissoli aos 49′ (2°T)

Cartões Amarelos: Terans, Thiago H., Kayzer e Nico H. do Athletico; Léo Pereira e Andreas P. do Flamengo

LEIA TAMBÉM: Com vitória no Maracanã, Flamengo respira no Brasileirão e volta a sonhar com o título

Gustavo Di Sarli – 1° período

Sob revisão de Bárbara Souza – 8° período

1 comentário em “Flamengo tropeça na Arena da Baixada em jogo com polêmica

  1. Pingback: Botafogo e Confiança se enfrentam com objetivos distintos na Série B do Brasileirão | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s