Da sala de aula

Fotógrafos encontraram uma maneira de capturar os melhores clicks durante o isolamento social com ensaios online

Criatividade no universo da fotografia reinventa forma de fazer registros

O que seria do ser humano durante a uma pandemia se não existisse tecnologia? Além de garantir a continuidade do trabalho por home office, possibilita realizar compras por aplicativo de celular, conectar-se com amigos e familiares, passar o tempo assistindo a filmes e curtindo lives e, sim, fazer ensaios fotográficos. Diante do atual cenário, fotógrafos tiveram de cancelar ou adiar ensaios agendados. Mas uma nova tendência surgiu e esses profissionais possibilitam que os clientes realizem sessões de foto via chamada de vídeo.

Digital Influencer Kéfera Buchmann. (Foto: Divulgação/Sergio Mota)

O fotógrafo Iude Richele começou publicando em seu Instagram uma foto tirada de Sabrina Sato via FaceTime. Reinventando seu estilo de fotografia, ele assina todas as suas publicações com a legenda “A distância de um click”. Foi o ensaio à distância da atriz que inspirou o fotógrafo Sérgio Mota, mais conhecido por Sermota, a voltar a trabalhar em meio à pandemia. “Não sabia se fotografando a tela do computador ia dar bons resultados, então convidei alguns Influenciadores da internet e amigos como Lore Improta, Marina Ferreira, Kéfera, Any Borges, Vitoria Bellato, Léo Santana, entre outros, para dar início ao meu projeto (Click Sem Fronteira)”, diz o fotografo alagoano de 24 anos.

Cantor Léo Santana. (Foto: Divulgação/Sergio Mota)

Sérgio destaca que pelo FaceTime, a qualidade diminuía muito por conta da conexão da internet, que por muitas vezes falha e distorce a imagem, e acrescenta: “Eu peço para as modelos gravarem um vídeo e enviar por e-mail. Depois dos vídeos prontos, passo para o meu notebook, fotografo da minha câmera profissional e utilizo alguns papeis para dar uns efeitos de reflexo”. Sermota conta sobre como faz a direção de modelo. “Eu direcionava as poses e elas filmavam com o celular mesmo, deixando apoiado em algum lugar, e ia mudando as poses para o resultado ficar o mais natural e tentar passar um sentimento por meio da foto”.

Para o fotógrafo, essa nova tendência é mais uma forma de entender que as limitações não o impedem de continuar fazendo seu melhor trabalho e descobrindo novos métodos para serem aplicados onde têm dado resultado positivo, mesmo em meio a uma pandemia. Em um vídeo publicado no IGTV, em seu Instagram, Sérgio diz que pretende deixar esse serviço permanente, pois muitos de seus seguidores e clientes têm o sonho de ser fotografados por ele, mas não têm condições de ir onde ele está, e isso é uma forma de realizar o seu trabalho, mesmo à distância.

Sergio Mota via IGTV. (Foto: Redes Sociais @sermota)

*Matéria produzida pelo aluno Rafael Alves da Silva para a disciplina Teoria e Técnica da Notícia, ministrada pela professora Maristela Fittipaldi.

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

1 comentário em “Fotógrafos encontraram uma maneira de capturar os melhores clicks durante o isolamento social com ensaios online

  1. Maristela Fittipaldi

    PARABÉNS, Rafael! Bj!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s