Cidade Cultura

Todos a bordo: conheça o interior e a tripulação do Logos Hope

Embarcação possui uma equipe cerca de 400 voluntários de dezenas de nacionalidades e traz literaturas para todas as idades

Atracado no Pier Mauá desde a última quinta-feira (19), o navio-atração oferece mais do que um bom passeio pelos seus cômodos e uma ida à famosa livraria flutuante. Seu tamanho impressiona quando visto por fora, mas é do lado de dentro que é possível compreender a grandiosidade do Logos Hope, no que diz respeito à pluralidade e aos efeitos positivos da globalização.

O hall de entrada do Logos Hope conta a história do navio desde a sua criação .
(Foto: Victor Leal/Agência UVA)

Tripulantes de diversas nacionalidades atendem e interagem com os visitantes desde o início até o final do “tour”. Logo no início, o público assiste a uma curta apresentação de explicações sobre o funcionamento de cada setor do navio, pagamentos na livraria e etc. A responsável pelas orientações é Nathália Baltazar, de 24 anos, que iniciou este ano sua jornada como voluntária no Logos Hope.

Original de Petrópolis, Nathália fala como é a experiência de trabalhar no projeto e sobre as possíveis dificuldades em trabalhar dentro de um navio.

“Trabalhar e lidar com o público é algo que eu sempre tive identificação. Mas acho que melhor ainda é trabalhar ao lado de gente de vários países. Você aprende muita coisa sobre outras culturas, aprende palavras novas. Sobre o navio mesmo, achei que foi rápido para pegar o costume. Tem o balanço, o espaço um pouco apertado, mas não é nada muito assustador”, conta.

A famosa livraria é um pouco estreita, mas possui livros para todos os públicos, de enciclopédias a livros de colorir infantis.
(Foto: Victor Leal/Agência UVA)

Na conhecida livraria, há títulos em diversas línguas para praticamente todos as idades, com ênfase em livros que abordam religiosidade (pelo fato do projeto ‘Logos Hope’ ser iniciativa de uma associação católica), e com valores muito baixos. É neste espaço que atua Allena Didio, uma jovem alemã de 23 anos, que pela primeira vez está realizando um trabalho voluntário em território brasileiro.

“Está sendo incrível. O país é lindo e as pessoas são muito amigáveis. Esta manhã, vieram alguns alunos de escolas, muito animados e educados. Eu fico no navio, mas tem alguns (voluntários) que fazem ações em comunidades próximas daqui, não sei exatamente quais”, conta Allena.

Além da livraria, o Logos Hope possui também possui outros setores onde há pequenas apresentações teatrais, curtas sessões de cinema e uma singela lanchonete. Ao longo de todos esses espaços, há voluntários de diversas nacionalidades misturadas, portanto, é muito provável que, em algum balcão de informações ou caixa, o visitante se depare com alguém da Suíça, Colômbia, e de muitos outros lugares e culturas. É uma experiência incrível.

Os espaços dentro do Logos Hope são tão imersivos que às vezes é possível esquecer que você está dentro de um navio.
(Foto: Victor Leal/Agência UVA)

O Logos Hope ficará à disposição para visitas até o dia 8 de outubro, no Pier Mauá, e tem ingressos com o preço de apenas R$ 5. Dar preferência para visitar ao longo da semana pode evitar longas filas para a atração. Vale a pena embarcar nesse programa.

O passeio internamente dificilmente levará mais do que duas horas, e é possível repetir o ‘tour’ quantas vezes for conveniente antes de deixar a embarcação.
(Foto: Victor Leal/Agência UVA)

Victor Leal – 7º período

0 comentário em “Todos a bordo: conheça o interior e a tripulação do Logos Hope

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s