Saúde

A cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo, segundo OMS

No mês da campanha do Setembro Amarelo, Organização Mundial de Saúde divulga os números globais do suicídio

Os números são assustadores. 800 mil pessoas morrem todos os anos por suicídio no mundo. Essa é a segunda principal causa de óbitos entre os jovens de 15 a 29 anos, sendo ultrapassada apenas pelos acidentes de trânsito. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o autocídio está entre as vinte principais causas de mortes no mundo, número maior que as mortes por malária, câncer de mama ou homicídio. No Brasil, 13.467 pessoas tiraram as próprias vidas em 2016.

No Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro, a OMS divulgou um relatório com dados globais que mostram que a taxa é maior entre os homens, sendo 13 suicídios a cada 100 mil habitantes, e que o número de casos é maior entre os países de alta renda. Ainda de acordo com a organização, os métodos de suicídio mais usados ​​são enforcamento, envenenamento voluntário por pesticidas e armas de fogo.

Lucas, que hoje está com 28 anos, poderia ter entrado para a estatística. Ele conta que sempre se sentiu sozinho e nunca conseguiu se abrir com a família.

“Tentei me suicidar duas vezes. Na primeira, com 17 anos, utilizei navalhas, mas não consegui ir até o fim. Já na segunda tentativa, com 22, ingeri uma cartela inteira de um medicamento. Nesta, perdi a consciência e fui levado pela minha família para o hospital”, relembra Lucas.

O suicídio pode ser evitado. Entre as formas de preveni-lo estão a restrição do acesso aos meios de suicídio; a sensibilização da mídia para denunciar suicídios com responsabilidade; a implementação entre os jovens de programas de habilidades para a vida, que lhes permitam enfrentar as dificuldades cotidianas, e a detecção precoce, gerenciamento e monitoramento de pessoas em risco de suicídio.

Os pensamentos suicidas permeiam a cabeça de muitos jovens por razões variadas. É o que conta Catarina, de 21 anos, que já tentou se suicidar diversas vezes após brigas familiares. Quando percebeu que seus problemas poderiam levá-la a tomar atitudes mais graves, passou a listar, em meio as crises, todos os motivos pelos quais ela precisava se manter viva. Com a ajuda de um profissional, já não tenta mais retirar a própria vida. “Independentemente da situação, não desistam. Conversar com alguém e buscar ajuda de um profissional é fundamental”, diz Catarina

Apesar dos números preocupantes, o relatório global aponta que a quantidade de países que têm estratégias nacionais para prevenção de suicídio aumentou para 38. Apesar disso, o número ainda é considerado baixo.

Os nomes dos dois entrevistados para esta matéria foram alterados a fim de preservar a identidade de ambos.

Gabrielle Laranjeira – 6º período

0 comentário em “A cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo, segundo OMS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s