Cidade

Confusão em Copacabana: Motorista bêbada causa acidente e tenta fugir em carro sem roda

Vídeos da confusão viralizaram nas redes sociais. A motorista foi presa

A cena de um acidente de carros na noite da segunda-feira (03), por volta das 23h, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, deu origem a uma série de vídeos que tem repercutido nas redes sociais. Nas imagens, uma mulher aparece discutindo com pedestres, depois de ter batido o próprio carro em outro veículo, que estava estacionado na Rua Santa Clara.

Momento em que carro invade a calçada e pera uma das rodas dianteiras (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O que chamou a atenção não foi a colisão em si, mas a confusão subsequente. Após o acidente, a motorista continua a dirigir até que seu carro perde uma das rodas dianteiras ao subir na calçada da rua. A mulher, ao ser parada, nega que o pneu solto seja dela.

Imagem de pedestre que registrou a confusão em Copacabana (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A motorista flagrada foi presa logo depois do ocorrido, na noite desta segunda-feira. De acordo com a Polícia Militar, Bruna Tavares Guerra foi detida por agentes do 19º BPM (Copacabana). Ela pagou fiança e foi liberada, nesta terça-feira (04).

Bruna Tavares Guerra, a motorista do veículo (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Nos vídeos que circulam na rede, Bruna aparece tentando fugir do local do acidente,  em seu carro, mesmo batido e sem uma das rodas. Ela, que nas filmagens aparenta estar embriagada, afirma em um primeiro momento que seu carro já estava sem roda.

Carro após o acidente, com o farol e o para-choque danificados e sem uma das rodas (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Depois, ela diz que não viu o veículo em que bateu e que, mesmo assim, pagaria o prejuízo. Porém, a discussão continua até que Bruna entra de novo em seu automóvel e tenta fugir. Mesmo sem roda, o veículo consegue seguir pela Rua Santa Clara, até que ele para em um ponto mais a frente da via.

As pessoas que filmavam a cena e que discutiam com a mulher a seguiram até o local em que ela parou.

Ao analisar as imagens, o advogado, ex assessor jurídico do Detran RJ e professor de Direito Penal da UVA, Marcelo Nogueira, de 48 anos, afirma categoricamente que álcool e direção não combinam nunca.

Segundo ele, quem opta por beber e dirigir está sujeito a ações como a suspensão do direito de dirigir, multa e submissão de cursos. Em casos como o analisado, a punição também pode chegar a prisão. “O Código de Trânsito tem um capítulo que sujeita o condutor que é autuado em flagrante por dirigir embriagado e o submete a pena de 6 meses a 3 anos”.

Matheus Marques – 7° período

0 comentário em “Confusão em Copacabana: Motorista bêbada causa acidente e tenta fugir em carro sem roda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s