Geral

STJ determina soltura imediata de Michel Temer e Coronel Lima

Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia concedido liberdade do ex-presidente na última terça-feira (14).

Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia concedido liberdade do ex-presidente na última terça-feira (14).

A juíza federal Caroline Vieira Figueiredo, da 7° Vara federal Criminal, ordenou, nesta quarta-feira (15), a soltura imediata do ex-presidente Michel Temer e de Coronel Lima. Temer é acusado de ser o suposto operador de um esquema que teria desviado R$1,8 bilhão nas obras da sina nuclear de Angra 3. A magistrada ainda determinou que os advogados de ambos os acusados apresentem os passaportes de seus clientes em até 24 horas.

A soltura foi decidida no dia anterior por unanimidade pela Sexta Turma do Superior tribunal de Justiça (STJ). Temer está preso na sede do Comando de Policiamento de Choque da PM em São Paulo.


Michel Temer foi preso em março pela Operação Lava-Jato Foto: Amanda Perobelli / Reuters

A decisão do órgão federal é provisória e os dois permanecem em liberdade até o fim do julgamento definitivo pelo habeas corpus. Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Néfi Cordeiro e Rogério Schietti são os ministros que participaram da votação.

Michel Temer e Coronel Lima são réus por corrupção, peculato e lavagem de dinheiro em uma ação penal que corre no Rio de Janeiro a respeito de supostos desvios na construção da usina nuclear Angra 3, operada pela Eletronuclear.

Breno Silva – 6° período

0 comentário em “STJ determina soltura imediata de Michel Temer e Coronel Lima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s