Melhores surfistas do mundo estarão em Saquarema de 11 a 20 de maio

Surfe brasileiro vai dominando cada vez mais o Campeonato Mundial de Surf

A quarta etapa do Campeonato Mundial de Surf (WSL) acontecerá mais uma vez no Brasil. De 11 a 20 de maio, os melhores surfistas do mundo estarão na cidade de Saquarema, no Rio de Janeiro, para competir em alto nível nas melhores ondas da Praia de Itaúna. Para se manter bem no ranking da competição, muitos surfistas vão querer ganhar no campeonato no Rio de Janeiro, já que a Oi Rio Pro (nome dessa fase do circuito mundial) ocorrerá depois da última etapa ter sido suspensa por conta do ataque de um tubarão a um surfista local perto da praia de Margaret River, na Austrália.

A cidade de Saquarema tem muita história quando se trata de surfe. Conhecida como o Maracanã do Surf, o local recebe eventos de surfe desde a década de 1970, época em que o esporte começou a ser praticado com mais frequência no Brasil. A esquerda de Itaúna é famosa por ter longas paredes de água que quebram sem pressa e são bastante manobráveis. Quando os surfistas descobriram essa cidade da Região dos Lagos, o point ficou famoso e muitos se aventuravam para surfar ondas “perfeitas” e melhores do que as encontradas no município do Rio de Janeiro. Isso ajudou muito a aumentar o turismo em Saquarema. Com campeonatos e etapas mundiais, a cidade ganho reconhecimento e hoje lucra com o movimento.

Nesta etapa do Campeonato Mundial de Surf, é grande a expectativa de que um surfista brasileiro ganhe. Isso porque 2018 é o ano com mais competidores brasileiros no circuito: 12 homens no total. Entre eles, dois já foram campeões mundiais, Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho. O último é o atual campeão de Saquarema e tem grandes chances de levar o bicampeonato. O melhor ranqueado dos brasileiros é o Ítalo Ferreira, ganhador da segunda etapa de Bells Beach, também na Austrália, e que vem mostrando um surfe diferenciado esse ano. Atualmente é líder do ranking. Pelas mulheres, somente duas brasileiras participam do circuito: Tatiana Webbs e Silvana Lima, porém estão apresentando um bom surfe e tem chances de vencer no Brasil. Torcida para elas não vai faltar já que a Saquarema fica lotada nos dias do evento.

Gabriel Medina ano passado com um aéreo. Foto:  Daniel Smorigo / Divulgação / WSL

Gabriel Medina ano passado com um aéreo. Foto: Daniel Smorigo / Divulgação / WSL

Entre os torcedores estará o estudante de jornalismo Gabriel Torquato, 22 anos, que tem como hobby surfar de bodyboard (prancha menor em que o surfista fica deitado). Ele tem casa em Saquarema e mais uma vez acompanhará o evento neste ano: “Essa etapa tem tudo para ter altas ondas. Espero que dê Brasil novamente igual ano passado. A torcida brasileira estava incrível e com certeza dará mais um show nas areias neste ano.” Perguntado sobre quem leva esse ano, Gabriel não titubeia. “No momento, pelo que está vivendo, minha torcida vai para o Ítalo Ferreira, para ele continuar firme na liderança do circuito mundial. Ele que está surfando muito.” Confira aqui o ranking completo do WSL do masculino e feminino.

Estrutura do Campeonato Mundial de Surf de 2017 em Saquarema. Foto: Divulgação / Prefeitura de Saquarema

Estrutura do Campeonato Mundial de Surf de 2017 em Saquarema. Foto: Divulgação / Prefeitura de Saquarema

Para quem está curioso com o evento, a cidade do surfe fica a 100 quilômetros de distância do Rio de Janeiro e a etapa pegará dois finais de semana. A duração do evento é grande porque a etapa só acontece quando o mar está em condições boas. Somente no começo do dia que o público fica sabendo se vai acontecer ou não. E para quem quer ficar de frente aos ídolos do esporte, a liga vai lançar o WSL Surf Vip Experience para dar acesso às áreas exclusivas do evento. Comprando esses ingressos, o amante de surfe vai poder ficar nos melhores lugares para assistir a competição na praia de Itaúna, além de poder tirar fotos no pódio e com o troféu de campeão. Também terá direito ao open bar e lanches. Quem sabe você consegue uma foto com o Ítalo Ferreira, líder do ranking? Para saber mais sobre os pacotes que estão é só visitar o site onde estão sendo vendidos os ingressos para a Oi Rio Pro.

Ítalo Ferreira com seu troféu em Bells Beach. Foto: Divulgação / WSL

Ítalo Ferreira com seu troféu em Bells Beach. Foto: Divulgação / WSL


Kim Oliveira – 6º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s