Agnes Pimentel fala da sua determinação no mundo da moda

Desde cedo ela surpreendeu a todos com sua beleza e seu talento para a moda. Nascida no Rio de Janeiro, moradora de Itaboraí, município do Estado do Rio, Agnes Pimentel, hoje com 21 anos, sempre demonstrou ser uma criança esforçada, dedicada e madura para sua idade.

Na adolescência, começou a se questionar sobre qual profissão seguiria para sua vida. Todos a sua volta se deslumbravam com sua beleza e a aconselhavam a seguir a profissão de modelo. Apesar de não ser algo concreto, ou pelo menos é o que parecia, sua intuição a conduzia dia após dia para isso.

Agnes Pimental

Mas nada na vida vem fácil, e os obstáculos tiveram que ser superados um a um. O fato de morar em uma cidade pequena tornava complicadas as rotinas de uma aspirante a modelo. Fazer books, ir às agências em busca de uma oportunidade eram situações complicadas e caras, mas por nunca desistir, sua hora chegou. Aos 15 anos, Agnes foi chamada pela dona de uma marca de grife para um desfile e nele ela foi vista por olheiros que começaram a chamá-la para fazer trabalhos referentes à modelagem. E assim começou sua nova jornada.

Mas ser modelo não é fácil, ser uma pessoa pública, muito menos. Você lida com pessoas diariamente que não a conhecem, querem dar palpite na sua vida e, muitas vezes, até destroem sua imagem. Agnes relata algumas dificuldades por que passou ao morar em um apartamento que dividia com mais cinco modelos. “Era pesado elas verem você saindo para trabalhar e elas não. A inveja nessa carreira rola demais”, diz.

Com essa porta de entrada na carreira, após ser vista pelo olheiro, foi convidada para muitos trabalhos, mas um, em especial, trabalhar no exterior, foi o “up grade” de que ela precisava. Uma menina de uma cidade pequena, que sempre sonhou em ser modelo, ser convidada para trabalhar três meses na Alemanha para modelar e sem possibilidades de levar seus pais, na época com apenas 17 anos, era um desafio. Ela, um pouco aflita com essa situação, esperou finalizar o Ensino Médio para por os pés na estrada, sem saber que seria a melhor decisão de sua vida. “O inglês no começo era bem fraco, não conseguia me expressar e nem entender direito, mas com o tempo venci isso ’’.

Agnes Pimentel Miami

Ao chegar lá percebeu que não só o idioma era diferente, mas tudo ao seu redor, e ela teve que aprender a se virar sozinha. Conciliar emprego, um apartamento com vários afazeres e a distância dos amigos e da família. “Hoje em dia já me acostumei, mas no começo sentia muita falta de família e amigos’’, diz Agnes. Mas tudo isso foi um grande aprendizado para ela. Por mais que tenha passado por várias dificuldades, ela conta que foi o melhor para ela. “Posso dizer que tudo que escolhi acrescentou um pouco em quem me tornei hoje. Seja pelo pouco conhecimento do inglês que eu tinha ou por ter que me virar sozinha ou até ter que me locomover por lugares que não conhecia muito bem’’.

Atualmente, ela tem mais de 42 mil seguidores no Instagram e mais de 280 fotos de publicidade profissionais, no Brasil e Exterior, o que pode ser considerado muito, mas para Agnes é só o início do reconhecimento do trabalho dela. “Eu me considero com poucos seguidores em comparação de algumas outras modelos, mas estou fazendo isso crescer mais e mais”. E para os próximos passos dela, ela pretende continuar focando na carreira de modelo, conhecendo novos países e abrindo portas para novos trabalhos.


Reportagem de Joana Senes Botinelly para a disciplina Projeto Interdisciplinar de Jornalismo Impresso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s