Blogs de moda: o poder da influência

É inegável a força que os criadores de conteúdo online estão alcançando, crescendo de forma contínua e influenciando fortemente o mercado criativo. Mais do que quantidades de clicks ou visualizações, os blogs de moda vem influenciando uma geração de apaixonados pelo assunto.

Usando uma linguagem informal e transparente, postando conteúdos diários e sempre integrados às redes sociais, o mundo dos blogs hoje acumula milhões de seguidores. Tais produtores de conteúdo ganharam credibilidade e tornaram-se formadores de opinião em massa, ajudando a promover de modo eficaz um relacionamento de parceria com as marcas de moda.

O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo em relação ao alcance de blogs. Cerca de 77,3% da população acessa mensalmente esses sites, buscando as mais variadas dicas sobre o mundo fashion. Os maiores blogs de moda do país possuem uma audiência fiel e engajada, que alimenta cada vez mais a economia criativa.

O jornalista de moda Samuel Bonafé e consumidor fiel desses blogs e fala um pouco mais sobre esse mercado em ascensão que dita as maiores tendências da passarela.

RAFAELA AGUIAR: Qual a principal influência que os blogs de moda apresentam na sua vida, tanto como consumidor quanto como profissional da área?

SAMUEL BONAFÉ: Os blogs de moda funcionam como vitrines virtuais em que podemos consumir, em apenas um clique, conteúdo de moda e lifestyle. É a plataforma perfeita para os consumidores se informarem sobre as tendências e os highlights do mercado, despertando o desejo de compra. Profissionalmente, é ainda um campo fértil a ser explorado. Através da disseminação de massa dos conteúdos veiculados na plataforma, eles vêm modificando a forma de se trabalhar com comunicação de moda.

De que maneira as novas plataformas digitais podem ajudar o consumidor a usar as tendências ao seu favor?

A palavra-chave é “acesso”, pois essas plataformas vieram para maximizar a influência da moda na população. Através da propagação em larga escala, o leitor acaba tendo contato direto com as tendências que são apresentadas nos principais fóruns de moda mundiais. Uma vez que o acesso à informação é facilitado, os leitores conseguem reinterpretar essas referências e trazê-las para o seu dia a dia.

Influenciando diretamente o poder de compra do consumidor, qual o impacto dos blogs de moda para a economia criativa?

Tendo a criatividade como matéria-prima, os blogs acabam fermentando a indústria têxtil e a economia em geral. Eles ganham papel estratégico no mercado e modificam a forma como consumimos e trabalhamos com moda. Sendo os blogs novas ferramentas para intensificar essa zona de influência no mercado, investir em soluções criativas contribui diretamente para o desenvolvimento do segmento. O que faz com que a criatividade gere valor econômico e os blogs se tornem negócios.

É possível descrever um perfil do blogueiro brasileiro?

Acredito que o perfil que vem sendo construído reflete diretamente ao fato de vivermos em um país multicultural. Esses blogueiros buscam produzir conteúdo que unem tanto referências brasileiras quanto as trends apontadas ao redor do globo. Com isso, inevitavelmente, é necessário procurar ferramentas para se diferenciar dentro do segmento, fato de suma importância para sobreviver nesse mercado.


 Rafaela Aguiar – 7º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s