Fabio Azevedo: credibilidade e prestígio construídos ao longo de quase 20 anos de carreira

Jornalista com 18 anos de experiência em rádio, TV, jornal e internet, que gosta de contar histórias e conhecer os personagens do mundo da bola. É assim que Fabio Azevedo se descreve. O repórter e comentarista dos canais Fox Sports é considerado um exemplo de imparcialidade e credibilidade e busca continuar transmitindo essas qualidades da melhor maneira possível para seus mais de 560 alunos.

Apaixonado por esportes desde cedo, Fabio inicialmente queria ser jogador de futebol, assim como a maioria dos meninos, mas nunca teve o devido incentivo. A paixão pelo jornalismo começou com o rádio, ouvindo programas esportivos e narrando botão. Na hora de escolher a faculdade, havia certa pressão familiar para escolher o direito, devido ao seu poder de argumentação, porém nunca se interessou e decidiu seguir o jornalismo, se encontrando numa profissão de que realmente gostava, tendo como foco rádio e televisão.

Fabio Azevedo

Formado pela Facha em 1999 e no mercado há quase 20 anos, ele acumula passagens pelas rádios Tupi, Globo e Bradesco FM e pelo Jornal dos Sports. Também se destacou na TV Bandeirantes, apresentando o programa Jogo Aberto, como repórter/apresentador nos canais ESPN, além de trabalhar para o site do Fluminense Football Club, como setorista, e Chefe de Reportagem em segunda passagem pela Rádio Globo. Toda essa trajetória o levou para o FOX Sports, onde trabalha desde o início de 2017 e pretende continuar por bastante tempo: “Espero me aposentar na FOX, já troquei muita camisa, agora chega”, diz Fabio em tom descontraído.

Além de jornalista, Fabio também coordena um curso de Jornalismo Esportivo na Facha, junto com o também jornalista Francisco Aiello. Em 2003, quando trabalhavam na Rádio Globo, os dois sentiram necessidade de dar prática a quem entrava no mercado de trabalho, por meio de alguns estagiários que estavam na Rádio Globo, pois viram que vinham da faculdade com conhecimento, mas sem prática. Desde então são 15 anos de curso, com 28 turmas e mais de 560 alunos formados.

Entre os ex-alunos do curso, estão alguns nomes de sucesso, como Ivan Raupp, correspondente internacional do Globoesporte.com, Monique Danello, repórter do Esporte Interativo, Bárbara Coelho, apresentadora do Sportv, e Lucas Cappatto, jornalista do Fox Sports. “É gratificante ver ex-alunos crescendo profissionalmente e deslanchando na carreira”, afirma Fabio, que diz ser prazerosa a sensação de contribuir de alguma forma para a carreira de alguém no mercado de trabalho.

Ele ainda revela que outro prazer é ter alunos que não são oriundos do curso de comunicação, como engenheiros, administradores, árbitros e técnicos de futebol, além de ex-jogadores, pessoas que querem conhecer a carreira ou se preparar profissionalmente. Esse é o caso do ex-goleiro Getúlio Vargas, que fez o curso com a intenção de se preparar para uma carreira como comentarista esportivo, o que o levou a trabalhar nos canais Esporte Interativo em 2014, em que se encontra desde então.

Assim como outros jornalistas, Fabio não esconde seu time de coração, o Vasco da Gama, porém sabe separar o lado pessoal do profissional. Ele conta que depois de começar a trabalhar na área e ver como tudo funciona internamente, a paixão pelo clube vai diminuindo, apesar de nunca acabar: “Você começa a torcer pelo Fabio Futebol Clube. Se eu der um furo de reportagem sobre o Flamengo, vou vibrar como se fosse um gol do Vasco”, completa o comentarista, que trabalhou durante três anos no Fluminense.

Um caso marcante em sua carreira ocorreu em 2010, quando Ronaldinho Gaúcho voltava do futebol europeu para jogar no Brasil e diversos jornalistas davam como certa sua transferência para o Grêmio. Fabio, que na época trabalhava na Band, bancava a ida do jogador para o Flamengo, dando detalhes internos de reuniões e do contrato com o clube carioca. Até que ele anunciou de forma oficial a contratação, antes do Jornal Nacional, conseguindo um grande furo de reportagem, o que o levou a trabalhar na ESPN, que procurava pessoas bem informadas no Rio de Janeiro.

Reconhecido como um jornalista com credibilidade e fontes certeiras, Fabio Azevedo acumulou bastante prestígio em 18 anos de carreira. Imparcial e consistente nas informações levadas ao público, ele é um modelo a ser seguido pelos futuros e atuais profissionais da área do jornalismo esportivo.


Reportagem de Lucas César dos Santos para a disciplina Projeto Interdisciplinar de Jornalismo Impresso

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s