‘As barreiras que enfrentamos não são à toa’, diz o ator Lucas Drummond

Viver dos holofotes pode ser uma tarefa complicada. A vida de ator não é nem um pouco fácil. Demanda muito trabalho, disposição e tempo. Foi o que aconteceu com a vida do jovem ator Lucas Drummond, de 24 anos, que começou cedo na carreira que escolheu. Ele decidiu seguir o ramo ainda muito pequeno e teve que abdicar de muitas atividades que gostava de fazer.

Com apenas 12 anos entrou na escola de atores Tablado, na Lagoa, na Zona Sul do Rio, onde era seu sonho estudar. Seus pais trabalhavam muito para pagar a instituição, por ser muito cara. Lucas olhava os atores e atrizes no teatro e na televisão e desejava estar ali um dia. Mas tudo exigia esforço. Muitas vezes teve que cancelar o futebol, faltar à aula no colégio, ir no cinema com os amigos para estudar teatro. Com os passar do tempo, teve a oportunidade de fazer testes para televisão, cinema, peças e novelas, mas não conseguiu.

Após a reprovação nos testes, decidiu, com 18 anos, prestar vestibular para o curso de Jornalismo. Estudou o ano inteiro para fazer a prova e passou para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Durante o curso, ele viu que podia ampliar a área de Comunicação Social e voltar para o teatro. Foi aí que resolveu voltar a fazer testes.

Com 19 anos, estudou para entrar para o elenco do musical Gypsy, de Charles Moeller e Claudio Botelho, e passou. Sentiu dificuldade no início por não saber cantar, mas com o tempo e com as aulas de canto, foi aprimorando seu conhecimento musical. Desde aí, ele não parou mais. Viu que era isso que ele queria para a vida dele, fazer as pessoas felizes com seu trabalho.

63CDC8CE-F900-4CF5-ABEE-F7B1896F47C2

Em 2012 entrou para o elenco de “ Um violinista no telhado”, trabalhando com vários atores da sua idade. O musical falava sobre um violinista de uma aldeia ucraniana, que, junto dos habitantes de onde viviam, eram intimados a deixar seu país de origem. Lucas afirma que foi um dos papeis que mais gostou de fazer porque aprendeu bastante sobre a cultura da Ucrânia.

Também em 2012 teve a oportunidade de fazer o musical “Xanadu”, e foi quando atuou com a atriz Danielle Winits, que afirma que foi uma ótima professora para ele. “Ela me dava dicas de como passar a emoção para o público. E como era um musical muito importante, por ter origem nos Estados Unidos e ser interpretado por Olívia Newton John, eu tinha uma certa responsabilidade, mesmo não fazendo o papel dela”.

Lucas voltou aos palcos em 2013, quando passou no teste para “Shrek, o musical”, para interpretar o personagem Pinóquio. O jovem, que na época tinha 22 anos, declara que o papel foi um verdadeiro presente. “ Quando me deram a notícia de que eu tinha passado no teste e que iria interpretar o Pinóquio, fiquei extremamente feliz, porque a história fez parte da minha infância. Eu cresci vendo os filmes da Disney e nunca pensei em viver Pinóquio no palco”.

O mesmo ano foi de grande importância para o jovem, pois vivei seu primeiro trabalho no cinema e se formou na faculdade. Ele participou do curta “Desculpa por ter colocado a mão na sua vagina”.  Hoje Lucas é ator e produtor na empresa Nossa Cia de Atores, trabalha com o ator comediante Paulo Gustavo na peça “Online” e atua no espetáculo teatral “Tudo o que há Flora”. Segundo ele, todos os testes em que foi reprovado quando era menor não foram por acaso. “Lá atrás, quando eu chorava ao saber que tinha sido reprovado, não tinha noção nenhuma do que estava por vir pela minha caminhada. Acredito que todas as barreiras que vivemos não são à toa”, finaliza.


Reportagem de Isabela Lauriano para a disciplina Projeto Interdisciplinar de Jornalismo Impresso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s