Vida longa ao Rei

kong - posterGrandes lendas da cultura pop nunca envelhecem. Depois de refilmarem o histórico Tarzan, o rei – humano – da selva, chegou a hora do Rei Gorila. “Kong: A Ilha da Caveira” volta aos cinemas trazendo toda fúria e determinação de um dos personagens fictícios mais marcantes da sociedade moderna. Recheado de referências, o filme ativa um sentimento nostálgico no espectador, mascarando um pouco o roteiro previsível.

Contextualizando, Bill Randa (John Goodman) – único sobrevivente de uma excursão à ilha amaldiçoada – convoca um time de cientistas, pesquisadores e soldados para voltar ao local do acidente e desvendar os mistérios da região. O problema é que, além de lindo, o lugar é extremamente perigoso e serve de morada para criaturas gigantes, pré-históricas. Determinados a explorar, de forma evasiva, o local, os “intrusos” se dão conta de que aquelas terras são protegidas pelo Rei Kong (King Kong, em inglês) e é aí que começa o problema.

O roteiro é extremamente simples e óbvio. Um grupo de pesquisadores que chegam a uma ilha e decidem explorá-la agressivamente. E assim como a trama, os plots também são muito previsíveis e não acrescentam em nada a experiência de ver o filme. O diferencial é o apelo à nostalgia. A todo momento, referências a outras histórias do Kong são jogadas na tela, acertando em cheio o coração dos expectadores.

No fim das contas, “Kong: A Ilha da Caveira” não é um filme surpreendente e tampouco histórico, todavia, a empatia que o personagem passa é tão grande, que o público já se identifica com ele quase que imediatamente. Chorando nos momentos de dor e sofrimento e vibrando nas lutas e vitórias. Isso é um rei. Isso é Kong.


Iago Moreira- 7º Período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s