Orientando o subúrbio

No último domingo, dia 9, a Casa de Cultura João Nogueira – o Imperator –, no Méier, recebeu um evento muito especial para os fãs de rap e hip hop: o lançamento de “Yin Yang”, o segundo álbum de estúdio da banda Oriente, uma das mais conhecidas do gênero no cenário nacional. A apresentação foi iniciada por volta das oito horas da noite no teatro do centro cultural na Zona Norte do Rio de Janeiro. O público – como já era de se esperar – era composto, em sua maioria, por adolescentes e jovens adultos, e muitos casais – sem contar os casais que se formaram durante o show.

Além das composições inéditas do novo trabalho, o grupo também trouxe para o palco do Imperator faixas já conhecidas do grande público, como “Vagabundo Também Ama” – um de seus maiores sucessos entre os jovens. O quarteto aproveitou a oportunidade de relembrar grandes nomes na música nacional dos últimos anos. “Nós vamos interromper o nosso repertório para homenagear uma banda que a gente gosta muito, e acredito que todos aqui também gostem”, anuncia Nissin Instantâneo, um dos cantores. “O nome dessa banda é Charlie Brown Jr.”, declara, um pouco antes de iniciar a música “Zóio de Lula”.

img-20161009-wa0046

Chino e Rebeca Suawen. [foto: Daniel Deroza/ Agência UVA].

O show de lançamento do novo trabalho do Oriente contou não somente com altos riffs de guitarra, backgrounds intensos de violino e influências do reagge, mas também com a participação especial de Rebeca Sauwen – a “florzinha”, segundo o integrante Chino Vietcong – na canção “Linda, Louca e Mimada”; o artista ainda se juntou à plateia para dedicar a música à Rebeca. Mais tarde, durante a composição “O Vagabundo e a Dama”, China ousou e desceu do palco, indo cantar – literalmente – no meio do público, que logo se juntou em torno do ídolo, levando os seguranças à loucura. Enquanto isso, Nissin dizia palavras de empoderamento à arte de rua. “Um salve, sem demagogia, a todo mundo que faz cultura na rua! Skate, hip hop, grafite… Às minas do hip hop!”.

Já no final do show, os integrantes do Oriente agradeceram à Casa de Cultura João Nogueira pelo evento. “É uma honra lançar o nosso novo trabalho aqui. Muito Obrigado, Imperator!”, declara Chino. “E muito obrigado a todos que vieram aqui em um domingo à noite, com chuva”, completa Nissin, antes de mandar o último recado, falando que “o hip hop nacional é educação e é respeito. E, como disse Criolo, ‘criança não precisa ser criada no meio da patifaria’, então, pensem bem antes de votar, galera”.


Daniel Deroza- 4º Período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s