Japão já respira ares olímpicos

Sayonara¹ Rio 2016, youkoso² Japão 2020. O encontro entre governantes das duas cidades sedes dos Jogos Olímpicos, a atual e a próxima, para falar sobre a passagem da bandeira olímpica aconteceu nesta sexta- feira (19). O Prefeito do Rio, Eduardo Paes, junto com a Governadora de Tóquio, Yuriko Koike, fizeram um balanço do evento em solo carioca e o apontaram pontos, idealizados pelo Comitê Brasileiro, que servirá como inspiração para a edição oriental. Paes ainda comentou a polêmica quantia destinada aos Jogos Paralímpicos, mês que vem.

A governadora garantiu que pretende, assim como aconteceu no Rio, fazer uma Olimpíada mais barata aos cofres públicos e que as arenas de competição não se tornarão “elefantes brancos”, como aconteceu na Grécia e em Pequim. O prefeito reforçou que 80% dos custos olímpicos saíram da iniciativa privada, diferente de Londres, que utilizou 80% do dinheiro público. O grande legado, do reflorestamento, também foi pautado por Yuriko como inspirador e que pretende levar a ideia para os jogos na terra do Sol Nascente.

2016.08.19-Coletiva-Flag-Handover-passagem-da-bandeira-olímpica-JM-Coelho-4

Foto: JM Coelho

  Sustentabilidade, aliás, é um assunto bastante discutido no Japão. Com grandes polos tecnológicos e indústrias, o país acredita que a edição japonesa só tem a acrescentar: “Gosto de pensar que os Jogos Olímpicos podem e devem contribuir na luta contra o aquecimento global”, revelou Yuriko. Para reforçar a ideia, a governante foi à coletiva usando um quimono, veste tradicional sustentável, pois costuma ser reciclado. A governadora disse que Paes, assim como ela, é um líder no combate às mudanças climáticas e na busca por uma sociedade com baixa emissão de carbono.

O prefeito aproveitou a ocasião para falar sobre duas recentes polêmicas. A primeira, dos nadadores, Paes disse ter pena e desprezo e que os atletas tem falha de caráter e não representam todos os esportistas americanos. A segunda, da verba de 150 milhões que a Prefeitura dará para a realização dos Jogos Paralímpicos, ele disse que o déficit é pequeno em relação ao custo das instalações esportivas para os dois grandes eventos. Afirmou ainda que esse dinheiro nada tem a ver com o ano eleitoral, já que é proibido por lei esse tipo de doação em época de eleição.

¹ sayonara: Tchau, em japonês

² youkoso: Bem- vindo, em japonês


Gabriel Brum – 5º Período

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s