Arte ao alcance de todos

Há dezoito anos o Rio de janeiro vem sediando um evento internacional, que prestigia grandes nomes da música e conquista o público carioca, tornando possível para eles conhecerem a arte de museus e a música clássica na contemporaneidade. Em agosto, o projeto Música no Museu está de volta com o tema “Mês das Cordas” que ocorre todos os dias em diferentes localidades. No último dia 14, o pianista Breno Seifert encantou a todos com suas melodias.

O recital foi composto em duas partes com aproximadamente uma hora e meia de duração. Após um momento de concentração e uma breve explicação sobre o recital, o pianista tocou músicas de Lorenza Fernandes, compositora brasileira, e do alemão Max Rega. Depois de uma pausa de aproximadamente dez minutos, o músico retornou ao palco para dar continuidade ao concerto iniciando com a balada número 4, obra 52 de Chopin  e para finalizar sua apresentação, a peça francesa intitulada ‘Após uma leitura de Dante’.

Breno Seifert começou tocando piano com 5 anos, é formado pela escola de música da UFRJ, estudou no Seminário São José e se divide entre Brasil e Alemanha – onde é professor de piano. “Eu tentei vários instrumentos, mas o que tocava melhor, desde criança, era o piano. Com quatorze anos é que eu, com ajuda da minha professora, Lucila Cantarino, fui apresentado a grandes composições e comecei a ficar mais apaixonado pela música. Eu estudei na Alemanha, em Ludwig e em Treves, e toco profissionalmente há 14 anos”, contou o pianista.

musicanomuseu1

Mesmo com a casa cheia, a presença de duas pessoas em suas apresentações é sempre garantida: seus pais Ilma e Celso Seifert Macedo. O senhor Celso Macedo, de 76 anos, é músico e a senhora Ilma Macedo sempre apoiou uma formação que incentivasse o uso da música. Ambos foram de extrema importância na escolha de sua carreira. “O Breno é apaixonado por música, mas ele não é só musica! Ele também gosta muito de jogar xadrez, porque ajuda na concentração. Ele foi campeão mirim no Tijuca Tênis Clube” disse a mãe do músico.

“Pra mim, a presença deles é muito importante porque quando eu estou no Brasil eu preciso ensaiar e eles me ajudam muito. Eles ouvem o que eu estou tocando e estão sempre presentes no ensaio”, completou Breno. “A música não amadurece sozinha. Não adianta tocar sozinho, só adianta quando você toca na frente das pessoas. É por isso que é importante você estar sempre ensaiando. Quando você toca, precisa que algum professor veja você tocando pra marcar os tons.”

Com data prevista para partir do Brasil no mês de setembro, Breno já esta de malas prontas para a Alemanha, onde reside e irá apresentar-se em Treves, prometendo em breve seu retorno, quando fará uma nova temporada de apresentações. “Ele também da aulas na Alemanha”, nos conta a senhora Ilma comentando também sobre a pouca difusão das artes musicais no Brasil.

“Não é só lá na Alemanha não, no mundo todo a difusão é pequena”, completa o pai do pianista, logo complementado pela esposa: “Aqui tem espaços bons, tem a escola de música, a Academia Brasileira de Música, mas o governo atualmente acha supérfluo. O Baremboim (pianista e maestro argentino) diz que a música é muito importante para desenvolver a mente. Inclusive ela desenvolve um lado da mente que não é muito desenvolvido e ele reclama que hoje as pessoas estão estudando menos música.”

O evento Música no Museu é gratuito e conta sempre com uma estrutura muito bem organizada. Além disso, são várias as atrações que agradam o espectador. Sejam gaitas escocesas tocando sucessos brasileiros ou corais de vozes angelicais, o programa é certeza de deliciar quem estiver presente. Os lugares são limitados, mas o programa é garantia de enriquecer a cultura.

Por: Luana Feliciano e Luana Lopes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s