Comunicação Geral Participe da notícia

Templo: um espaço aberto a inovação e empreendedorismo

Ronaldo Porto estudava Design quando ouviu de um professor o que poderia ser uma ducha fria: você não vai ganhar dinheiro com design. Longe de criar obstáculo ao futuro profissional do então estudante, a afirmação do professor serviu de estímulo a Ronaldo Porto ser um vencedor na profissão que escolheu.

Essa história foi contada nesta quinta-feira, 14 de maio, no auditório da UVA, pelo próprio designer, hoje um pós-graduado em Administração de Negócios e sócio da empresa Templo, um espaço de cocriação onde empreendedores e donos se startups podem usar o local para dar vida às suas criações.

Com uma linguagem informal, a palestra do jovem empresário teve tom intimista de bate-papo. Ronaldo contou como se deu o início de sua carreira e explicou como o profissional de criação se envolve com a cultura inovadora e o empreendedorismo. Também deu informações preciosas para quem está começando e quer ter sucesso na carreira de empreendedor.

Aquele desestímulo do professor serviu para que reinventar o seu objetivo de vida profissional.  Viu no empreendedorismo uma ferramenta para que chegasse lá. Mesmo tendo tido pequenas experiências empreendedoras na infância, foi entre 2007 e 2008 que teve uma ideia que mudaria sua vida: escrever um blog sobre visões de mercado na área de design. A partir de então, trabalhou em mais duas empresas, Tecnopop e 99Canvas, até ser chamado para se tornar sócio do Templo.

“Foi um processo muito orgânico. Na verdade eu tinha um projeto de educação empreendedora, que era a área que eu trabalhava, e acabei me metendo aonde não fui chamado. Um tempo depois acabei virando um dos três sócios que estão à frente do templo”, explicou Ronaldo Porto

Ronaldo Porto ministrando palestra
Ronaldo Porto ministrando palestra

Transformando Hobbies em Negócios

Com a crise de 2008, muitos profissionais que se perderam os seus empregos precisaram se reconstruir. Se reinventar era uma opção para quem já não tinha tanto a perder. E por que não investir em um sonho ou um antigo hobby? Foi aí que muitos empresários viram uma oportunidade de colocar em prática esse sonho, mas de forma funcional, como, por exemplo, os apreciadores de culinária que abriram restaurantes ou foodtrucks.

Ronaldo tem a mesma forma pensar, e usou sua criatividade para criar o negócio. Apaixonado por boa comida se juntou a dois amigos e fundou o Brasa, plataforma de eventos gastronômicos, focada em churrasco e hambúrguer gourmet.

Para o empresário, empreendedorismo é “arriscar para ganhar valor”. Não importa qual seja o âmbito em questão. Um profissional que tem medo de arriscar não tem o perfil empreendedor. “Empreender é um exercício de resiliência e perseverança”, diz ele. E completa: “Falir é um processo natural. O que não pode é que se torne banal.”

Por: Marta Furtado e Iago Moreira

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Templo: um espaço aberto a inovação e empreendedorismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s