Sociedade

Educação no trânsito é cidadania!

A falta de educação e responsabilidade no trânsito faz a cada dia mais vítimas fatais em todo o Estado. Resultado disso é a falta de conscientização que leva alguns motoristas a curtir somente a adrenalina de andar em alta velocidade desrespeitando todas e quaisquer sinalizações.

 

“Os motoristas só respeitam as sinalizações por medo de serem multados. Muitas vezes, já presenciei pessoas que só reduzem em cima dos controladores de velocidade e depois que passam por ele, voltam a correr novamente. Isso é uma verdadeira falta de educação, responsabilidade e conscientização. Afinal, ter uma boa conduta só depende de nós”, afirma o analista de sistemas que freqüentemente sofre com o trânsito carioca, Wilson Pinheiro.

 

Os radares que, na teoria, foram criados para tornar o tráfego menos perigoso tanto para o motorista quanto para o pedestre, na prática, não funcionam. Dados confirmam que, no Rio de Janeiro, 41% dos acidentes são causados por excesso de velocidade e os outros 59% por falta de atenção dos motoristas e por condutores que trafegam embriagados.

 

Com isso, o Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (DETRAN-RJ) iniciou, em todo o Estado, uma ação que visa a segurança e a educação de motoristas e pedestres. O objetivo é tornar o trânsito do Estado mais humano e transformar o ato de dirigir numa ação de respeito e cidadania.

 

“Outdoors e cartazes estão sendo espalhados por toda a cidade a fim de chamar a atenção das pessoas para uma direção defensiva. O objetivo dessas medidas é alertar os condutores sobre a importância de respeitar as leis e que isso, acima de tudo, é um gesto de cidadania e não uma questão de obrigação”, afirma a Assessoria do DETRAN-RJ.

 

Os jovens, que lideram as estatísticas de acidentes com vítimas, são o principal público-alvo dessa campanha. Segundo dados da coordenadoria de Estatísticas do departamento, 1800 jovens entre 15 e 20 anos se envolvem em acidentes automobilísticos, ora por excesso de velocidade, ora por dirigir sob efeito de álcool.

 

“A mistura de álcool e direção nunca deu certo. Mesmo sendo em pequenas doses, ele prejudica a percepção e a coordenação. Por isso, acho muito importante a mobilização pela educação e segurança no trânsito que o DETRAN-RJ está realizando. Isso prova para todos nós que é possível dirigir com cautela e responsabilidade”, afirma o taxista Alberto Corrêa.

 

Carolina Marques § 5º período § Jornalismo Digital (3/9/2008)

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Educação no trânsito é cidadania!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s