Geral

República brasileira completa 130 anos

Neste dia em 1889 era instituída a república por meio de um golpe militar comandado pelo Marechal Deodoro da Fonseca

Há exatos 130 anos o Brasil tomava uma decisão que poderia interferir até os dias atuais, no dia 15 de novembro de 1889 a Proclamação da República foi feita em solo Carioca pelos militares, tendo como principal nome, o Marechal Deodoro da Fonseca. Mas o que poucos sabem é que o Brasil se tornou república por intermédio de um Golpe Militar, já a população ficou em segundo plano neste evento importante para o futuro do país.

A questão são as razões pelas quais os militares se rebelaram contra a monarquia, diversos fatores os levaram a esta decisão. Um dos principais motivos era a insatisfação com os monarcas, especificamente após a Guerra do Paraguai, onde os militares lutaram e venceram. Mas com o retorno para o Brasil não se sentiram reconhecidos pela Família Real.

O ato da Proclamação da República foi pintada pelo a óleo por Benedito Calixto, em 1893. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Os historiadores e pesquisadores também afirmam que haviam conflitos quanto a sucessão de D. Pedro II, que estava mal de saúde e seria substituto pela Princesa Isabel, no entanto, não era comum mulheres no comando, por isso havia um grande possibilidade de seu marido, o francês Conde D’Eu, suceder o reinado. Mas além de não ter aptidão para administração, ele era conhecido como arrogante tanto pelos mais pobres, quanto com a alta sociedade da época. Fora que o Brasil estava em crise econômica por causa de dívidas motivadas, principalmente, pela guerra. Na época, o sistema de governo da monarquia brasileira já era considerado atrasado.

Tudo isso culminou com a Proclamação da República em 15 de novembro de 1889, no Campo de Santana, próximo à Central do Brasil. Na época, mais de 1000 militares participaram do ato junto com Marechal Deodoro da Fonseca. Já a população ficou sem entender o que estava acontecendo.

Dias depois à proclamação, o jornalista Aristides Lobo, que seria ministro da República, publicou no Diário Popular sua opinião em relação ao acontecimento e a população.

“O povo assistiu àquilo bestializado, atônito, surpreso, sem reconhecer o que aquilo significava. Muitos acreditavam seriamente estar vendo uma parada”, texto escrito por Aristides Lobo, publicado no dia 18 de novembro de 1889.

O historiador, Matheus Sampaio, conta que o processo de independência manteve a escravidão como mão de obra por quase toda a duração do Império brasileiro, “é importante ressaltar que a escravidão foi abolida sob pressão, que culminou na profunda desigualdade social que há no Brasil nos dias atuais. Pois não foram inseridos na sociedade brasileira dignamente, isso interfere no exercício da cidadania da população brasileira atual de inúmeras formas”, explica o historiador.

Matheus Sampaio também explica porque este dia deve ser lembrado pela população brasileira.

Acredito que esse dia deve ser lembrado como um dos inúmeros golpes que o Brasil teve, o que é muito grave. E a população deve entender que todas as mazelas que sofrem diariamente são resultado da falta ou pouca participação dela no jogo político. A República e a democracia necessitam de participação popular para se aperfeiçoarem. A atuação política dos inúmeros setores da sociedade brasileira deve ser constante para que as desigualdades sejam combatidas.

Tainá Valiati – 7° período

0 comentário em “República brasileira completa 130 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s