Saúde

Outubro Rosa alerta para a importância da prevenção do câncer de mama

No mês de conscientização sobre a doença, pesquisa indica que o número de mulheres que fazem mamografia diminuiu de 2017 para 2018

O calendário deste mês é marcado por ações do Outubro Rosa, movimento internacional, iniciado nos anos 90, que busca gerar conscientização sobre o câncer de mama. Este é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres tanto no mundo, quanto no Brasil, ficando atrás somente do câncer de pele não melanoma, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Durante este mês, além de informações sobre o assunto serem amplamente divulgadas por meio das mídias sociais, pontos turísticos, monumentos e outros espaços públicos são iluminados de rosa, cor que também fica evidente em campanhas publicitárias e em logotipos de empresas que aderem à causa.

Cristo Redentor ganha iluminação rosa para a campanha Outubro Rosa de 2018. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Apesar das ações deste movimento conseguirem ser bastante abrangentes, uma ação fundamental para prevenção da doença está deixando de ser feita: a mamografia. É o que indica uma pesquisa da Rede Brasileira de Pesquisa em Mastologia em parceria com a Sociedade Brasileira de Mastologia. O estudo mostra que a quantidade de mulheres que fazem o exame pelo Sistema Único de Saúde (SUS) está diminuindo. A causa apontada para esta queda é a distribuição irregular dos mamógrafos pelo país. Em 2017, a proporção de mulheres, entre 50 e 69 anos, que realizou o exame foi de 24,2%, já no último ano, esse número caiu para 22,3%. 

Equipamento para realizar a mamografia. (Foto: Reprodução/Pixabay)

A mamografia é um dos principais exames que permite a detecção do câncer de mama, por meio dele é possível encontrar tumores ainda em estágio inicial. A diretora pedagógica, Adriana Caldeira, de 48 anos, não deixa de fazer este exame anualmente. “Sempre tive a preocupação em me cuidar realizando os exames periódicos. A partir dos 45 anos, eu também iniciei o exame da mamografia que deve ser feito ao menos uma vez ao ano”. Ela ainda relata a importância de ir aos laboratórios mesmo com o dia a dia agitado, que é vivenciado por grande parte do público feminino.  “Sei que nós, mulheres, temos uma rotina diária muito acelerada com os cuidados com a família e o trabalho, mas é imprescindível que a gente tire um tempo para cuidar da nossa saúde, fazer o autoexame e os exames médicos”, completa Adriana.

A preocupação se justifica pela grande incidência da doença. Mundialmente, o câncer de mama corresponde a aproximadamente 25% dos novos casos que surgem a cada ano, enquanto no Brasil essa estimativa chega a cerca de 29%. Estima-se que em 2018, esse tipo de câncer tenha se manifestado em 59.700 pessoas e o número de mortes constatadas chegou aos 16.927. Apesar dos dados alarmantes deve-se ter em mente que quanto antes a doença for diagnosticada maiores são as possibilidades de tratamento e as chances de cura. 

Júlia Reis – 6º período

0 comentário em “Outubro Rosa alerta para a importância da prevenção do câncer de mama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s