Agência UVA Economia

Recrutadores estão otimistas em relação às contratações de 2020, segundo estudo do LinkedIn

Reformas econômicas são apontadas como motivo para acreditar na melhora das taxas de empregabilidade

A maioria dos recrutadores brasileiros, estimados em 80%, acredita que a taxa de emprego irá ser mais favorável no próximo ano. É o que indica uma pesquisa da plataforma LinkedIn, rede social de teor profissional, que realizou o levantamento com cerca de 300 entrevistados do ramo empresarial durante os meses de abril e maio. O estudo constatou que 16% dizem não acreditar nesta melhoria para empregabilidade no país e 4% não souberam responder.

A reforma da previdência e outras reformas econômicas foram citadas como uma das motivações para esta confiança em relação ao aumento de vagas. A pesquisa ainda indicou, a partir dos entrevistados, que a área de TI teve a maior abertura de vagas do primeiro trimestre.

O estudo também revelou que 51% dos entrevistados acreditam que há priorização por candidatos com experiências profissionais. A consultora de comunicação e também professora da graduação e pós-graduação de jornalismo, Cecília Seabra, afirma que a multidisciplinaridade dos funcionários é fundamental no mercado de trabalho.

“Precisamos ter um olhar mais integrado e abrangente. Cada vez mais o profissional que for capaz de ter visão estratégica e saber quais são as influências da sua função nas outras atividades poderá contribuir para sua carreira e não só executá-la”, ressalta.

Aplicativo LinkedIn funciona como uma rede social com teor profissional
Foto: Reprodução/Forbes

Quem também aponta a importância de atuar de forma estratégica é o assessor de imprensa da Univeritas-RJ, Juney Freire. Para ele, ser estratégico é um modo que o profissional tem de demonstrar que detém conteúdo. O assessor, que conseguiu seu atual cargo por meio do LinKedIn, indica a relevância de estar conectado com os profissionais presentes nesta plataforma. “É importante fazer a conexão com pessoas que vão te agregar, fazer um networking online”, sinaliza Juney.

Ter uma estratégia está relacionado ao gerenciamento de carreira, segundo Cecília. “Quem contrata, observa o quanto o candidato quer estar na empresa. Se a pessoa não convence que quer estar ali, a empresa não vai perder tempo com ela”, diz a professora. Ela ainda informa atitudes que os profissionais que estão tentando se recolocar no mercado podem assumir.

“Buscar posições em linha com o que quer para a carreira, olhar para o currículo e ver onde há a pendência de qualificações são boas dicas. Existem cursos de especialização gratuitos. Essa é uma forma de mostrar que o candidato está procurando se manter atualizado. Assim, o profissional consegue valorizar sua experiência nos processos seletivos”, explica.

Júlia Reis – 6º período

0 comentário em “Recrutadores estão otimistas em relação às contratações de 2020, segundo estudo do LinkedIn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s