Cidade

Operação na Cidade de Deus dá origem a protestos

Carro do BOPE colidiu com casas de uma rua da Rocinha 2 e gerou confusão entre os moradores e a polícia

Na manhã desta terça feira (3), durante uma operação na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, um carro blindado do Batalhão de Operações Policiais (BOPE) ficou preso em fios elétricos e danificou algumas casas da região. Duas pessoas foram socorridas pelos moradores.

O incidente foi o estopim para que as população do local ficasse revoltada e fizesse um protesto contra a ação policial, tirando até lixo de caçambas da Comlurb para fazer uma barricada e prejudicar o fluxo de transportes. Eles tomaram as ruas Edgar Werneck e a Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, causando um grande congestionamento. A estudante Jéssica Parisio, de 23 anos, conta que a cena parecia um apocalipse.

“Os manifestantes estavam pegando ônibus, pneu, lixo e colocando no meio da rua. Quando eu vi, a polícia estava na contramão mandando todo mundo voltar. Tive que pegar outro ônibus e ir por outro caminho. Como tudo ao redor da Cidade de Deus fechou, eu peguei muito trânsito, mas no fim deu tudo certo e eu consegui chegar ao meu destino”, relata.

A partir das 9h30, a rua Edgar Werneck foi liberada na altura da Linha Amarela, melhorando o tráfego, mas ainda havia manifestantes em uma faixa da Estrada Marechal Miguel. A Polícia Militar (PM) garante que vai entrar em contato com os moradores e ressarcir os danos.

Anna Clara Magalhães – 6° período

0 comentário em “Operação na Cidade de Deus dá origem a protestos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s