Cultura Show

Escolas de samba que desfilam na Sapucaí não receberão subsídios em 2020

Prefeitura não vai liberar recursos públicos para eventos que arrecadam ingressos

O prefeito do Rio de Janeiro anunciou na última sexta-feira (30) que as escolas de samba que desfilam na Marquês de Sapucaí não receberão recursos públicos para o Carnaval de 2020.

Essa não é a primeira vez que o prefeito se encontra em situação de tensão com esse evento símbolo do Rio. Após sua eleição, ele vem se pondo em rota de colisão com o carnaval, já tendo cortado duas vezes metade dos subsídios das escolas que desfilam na Sapucaí.

A estudante de administração Thayne Silva de Barros não considera o corte de verba como uma boa decisão. “Eu gosto do carnaval e acho que esses cortes podem afetar o evento, que atrai bastante turismo para o estado, mesmo sendo só na Sapucaí”, comenta.

Escolas que desfilam da Sapucaí não terão verba em 2020. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Também existem conversas e interesses de passar a gestão do carnaval no Sambódromo para o governo do estado, o que colocaria o evento sobre a tutela do governador Wilson Witzel. Nesse sentido, ainda não há nada concreto, somente negociações.

Lucas Teixeira – 7° período

0 comentário em “Escolas de samba que desfilam na Sapucaí não receberão subsídios em 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s